Edmilson Teixeira
Edmilson Teixeira

Municípios

Postado em 28/10/2015 às 18:13

Economista alagoano é homenageado na Assembleia Legislativa de SP


Por Edmílson Teixeira

Presidente do Sindicato dos Economistas de Alagoas,  Marcos Calheiros que é natural da cidade de Capela, foi homenageado na segunda-feira, na capital paulista, com a “Medalha Ministro Celso Furtado”. O evento que ocorreu em Sessão Solene na Assembleia Legislativa foi promovido pelo Conselho Regional de Economia/SP, cujo deputado Ed Thomas foi quem comandou os trabalhos.

“A láurea é outorgada aos profissionais da categoria que, ao longo das últimas três décadas, tenham trabalhos em prol da profissão e da sociedade”, comentou Afonso Arthur Neves, presidente do Conselho, dando conta de que a Medalha foi instituída em 2012, e que nesta edição  contemplou 22 personalidades de diversas partes do Brasil, sobretudo que têm se destacado no cenário econômico regional.   

Marcos Calheiros já atuou como professor Universitário, presidente do Conselho Estadual de Economia e atualmente comanda o Sindecon/AL. “É gratificante ser reconhecido por uma entidade de peso nacional, principalmente composta por um seleto de profissionais de economia que têm acompanhado o dia a dia do que se passa no País”, disse Calheiros.

 

 


Postado em 28/10/2015 às 10:49

Chega ao final, greve da Educação que durou cinco meses


Por Edmilson Teixeira de Lima

Finalmente professores e funcionários da Educação de Penedo decidiram retornar suas atividades, depois de cinco meses com os braços cruzados, envolvidos num movimento grevista que não alcançou o seu objetivo; que era por um reajuste salarial de 13%. Porém, o desfecho de um trajeto de tanta  negociação ao longo desse período, foi dado nesta terça-feira, durante decisão que saiu em uma Assembleia Geral realizada no Sindicato dos Servidores Públicos do Município. É que os professores presentes aceitaram os 7% proposto pela Prefeitura, mediado pelo Ministério Público e aprovado no dia anterior, pela Câmara de Vereadores. A manifestação foi considerada a mais longa do gênero  em Alagoas, conforme disseram dirigentes do Sindicato da categoria.

Os servidores prometeram retornar somente na terça-feira, dia 3, visto que nesta quarta é o Dia do Servidor Público e segunda-feira, será feriado, Dia de Finados. Na realidade, o corpo da greve vinha fragmentado nesses últimos dois meses, visto que muitos professores e funcionários resolveram abrir suas escolas, num total de 23, das 30 existentes na rede municipal; entendendo as condições financeiras da Prefeitura, que enfrenta sérios problemas de caixa para garantir a máquina administrativa em pé, em face da crise econômica do País; sobretudo quanto a queda do repasse do FPM.   

No princípio o Sindspem, segundo o prefeito Március Beltrão, exigia reajuste salarial superior aos 13%, destinado para todos os servidores da Educação. O prefeito insistia em repassar apenas 7%, mas só para os professores. "Eu não estou maluco em conceder um aumento para todas as categorias da Educação, não é que elas não mereçam. É que a Prefeitura nesse período de crise não tem como arcar; sobretudo com as possíveis consequências que essa medida possa causar que é o efeito dominó; ou seja, todos os demais servidores dos outros órgãos vão exigir também", comentou o prefeito.   

 


Postado em 27/10/2015 às 17:49

II Circuito da Integração quer reunir ciclistas de toda AL


Por Edmílson Teixeira

Próximo  dia 15 de Novembro, o feriado da Proclamação da República que cai num domingo,  promete ser marcante para os ciclistas alagoanos que gostam de aventuras. É que a cidade de Anadia sediará o seu II Circuito Integração 2015. Simplesmente um percurso de 35 km entra na programação como o grande desafio para os participantes; cujo roteiro é mapeado por trilhas exóticas, culminando em seu final com um grande banho  na Reserva Ambiental da Usina Triunfo, já no município de Boca da Mata.

Os organizadores afirmam que esse evento visa  integrar os grupos ciclísticos de alagoas; proporcionar um dia de lazer e divertimento, fazer com que o esporte se torne popular e democrático para todas as classes sociais; divulgar as belezas naturais dos municípios participantes;  aumentar o ciclo social dos participantes; melhorar a qualidade de vida e saúde; fomentar a economia local. A taxa para participar é de apenas 10 reais- telefones para contatos: 99958 3678 e 99602 4536. 


Postado em 23/10/2015 às 10:53

Em Palmeira PSDB tá na mira de se rachar por briga de poder


Por Edmilson Teixeira de Lima

Um verdadeiro racha pode acontecer a qualquer momento no bloco político liderado pelo prefeito de Palmeira dos Índios, James Ribeiro (PSDB) no que visa a formação da chapa majoritária para a eleição de 2016. James encabeça esse grupo contando diretamente com a participação do deputado Val Gaia (PSDB). Pois aí é onde está a questão: o prefeito tem a simpatia de lançar o nome de Verônica Medeiros, a famosa médica que foi sua vice na gestão passada; enquanto que o deputado planeja colocar o pai, o conselheiro aposentado que leva seu nome, ou o irmão, Rodrigo, que hoje comanda a Secretaria de Obras lá no município.  

Informações dão conta de que a família Gaia não tem simpatia alguma com a Dra. Verônica, sobretudo pelo fato dela ter uma forte ligação política com o grupo do ex-deputado Fernando Toledo. Foi por conta desse clima dentro do PSDB municipal, que o vereador Júlio Cezar que também planeja chagar a Prefeitura como prefeito, caiu fora do grupo. Sentia-se descriminado e sem espaço algum de avançar para obter seu objetivo. Cezar se atrelou agora no PSB, justamente com o propósito de acabar com hegemonia política existente entre os Gaia & Ribeiro.   

Outro partido grande também está em estado de erupção lá em Palmeira. Trata-se do PMDB. A agremiação hoje conta com os vereadores Roberto Cândido, Sérgio Passarinho, Marta Gaia e Tales Targino, mas esse está caindo fora. Só que agora entraram duas lideranças: Joelma Toledo, a mulher que não é secretária, mas é quem manda na Secretária de Saúde e Pedrinho Gaia, o garoto que manda no Hospital, que o pai Pedro Gaia é provedor. Pois bem, essas duas figuras já estão causando uma verdadeira ciumeira dentro do partido. É que segundo informações, a dupla é quem está agora traçando os planos do partido; ou seja, colocando as cartas na mesa.


Postado em 22/10/2015 às 10:33

Vereador detona prefeita e diz que tá hora do Fantástico retornar a cidade


Por Edmílson Teixeira

Vereador detona prefeita e diz que tá hora do Fantástico retornar a cidade

Matéria de Luzamir Carneiros publicada na noite desta quarta-feira, 21, no site JG Notícia, afirma que o vereador, único declarado oposicionista, Dionísio Bonifácio, o Nino da Pimenta, foi à Tribuna da Casa para detonar a prefeita Ana Genilda, que esta semana anunciou a demissão em massa dos cargos comissionados, como forma de assegurar o andamento de sua administração. Em meio a isso, Nino da Pimenta cobra da gestora as cópias dos processos de licitações de janeiro até agora, isso sobre medicamento, combustível e produto alimentício. Cobra também, a questão das estradas vicinais que em pleno esse período de estiagem estão em péssimas condições, se a Prefeitura tem máquinas exclusivas para esse tipo de serviço.

 

Nino da Pimenta fez questão de engrandecer o prefeito afastado Toinho Batista seu aliado, que por motivos de falcatruas na Prefeitura recebeu um cartão vermelho da Justiça. “Quando o Toinho não honrava com seus compromissos, ou não fazia nada pelo município era chamado de preguiçoso; e hoje, com essa situação que vive a prefeita, onde falta tudo, não se faz nada, de que ela deve ser chamada?" questionou o parlamentar.

O polêmico vereador reforçou o que já tinha dito em outra oportunidade: “já está na hora do Fantástico da Rede Globo voltar a Joaquim Gomes, a fim de procurar as procedências do dinheiro público”. Tocou no questionamento mostrado pelo Fantástico, quando apresentou a situação do transporte de estudantes, que era em ‘Pau de Arara’ e o prefeito na época era chamado de “preguiçoso” e incompetente. "E hoje, a situação continua a mesma e ainda pior, porque os ‘paus de araras’ agora nem recebem, e como deve ser chamada a prefeita?" Ironizou.


 


Postado em 19/10/2015 às 17:40

Prefeito anuncia 400 demissões e sua reeleição depende do chefe do TJ/AL


Por Edmílson Teixeira

O reflexo da crise econômica do país começa a mostrar sérios sinais na Prefeitura de Piranhas. É que o prefeito Manoel de Audálio  disse que está sendo forçado agora, a demitir cerca de 400 servidores comissionados. A medida segundo o gestor é para garantir fluxo de caixa, uma vez que o repasse do FPM, muito mal tem dado para bancar a folha dos servidores. “Essa medida eu já deveria ter tomado há quatro meses, porém evitei demitir as pessoas, ciente de que a situação iria melhorar, o que não foi o caso” disse Manoel de Audálio, revelando seu sentimento em agir dessa forma, sobretudo porque vai afetar muitos pais de famílias, o comércio local, e por não dizer a economia da região.    

Piranhas- eleição 2016

Sobre reeleição, Manoel de Audálio disse que está aguardando uma posição de seu grupo político, liderado pelo presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, Washington Luiz de quem voltou a se aliar. Deixou bem claro, que se o deputado Inácio Loiola (irmão de Washington) decidir  entrar na disputa, ele abre mão da reeleição. O curioso é que como vice-prefeito, Manoel chegou ao poder, graças à renúncia do titular, Dr. Dante Salatiel, no dia 3 de fevereiro último, cuja dupla teria vencido a eleição de 2012, acabando com a hegemonia política da família do presidente do TJ/AL, naquela Prefeitura. 


Postado em 16/10/2015 às 09:02

Giro político por: Maribondo, Pilar, Capela, STa. Luzia, Boca da Mata, Barra e Estrela


Por Edmilson Teixeira de Lima

Maribondo

“A política não se faz apenas discursos, festas populares e canções; ela também se faz com princípios e atitudes”. A frase está estampada na página do Facebook  do empresário Serginho Marques, que se filiou no PRTB, a fim de disputar a Prefeitura de Maribondo no ano que vem. Na cidade, cerca de seis nomes vêm sendo cogitados para concorrer ao tão cobiçado cargo de prefeito; porém o de Serginho é o que oferece publicamente maior resistência de enfrentar o batente. “Não abro nem para um trem; sou candidatíssimo, sobretudo pela força que tenho recebido de familiares, amigos, além do apoio do meu partido por meio de seu presidente estadual, Adeilson Bezerra”, disse, enaltecendo seu espírito de vontade para atual em prol do desenvolvimento de Maribondo.

Pilar

O bloco partidário do prefeito Carlos Alberto Canuto (PMDB) ganhou um grande reforço nesta quinta-feira. Trata-se do líder da região, Marcelo Fortes, cuja família entrou nesse embalo também. É que Fortes se filiou no PSC, partido que agora  vem sendo dirigido em Alagoas, por Maurício Bulgarim, genro do prefeito pilarense. “É um nome de respeitabilidade que chega para somar em nosso grupo”, comentou Canuto.

Capela- festa

A população capelense começa nesta sexta-feira, a vivenciar mais um feriadão de final de semana. É que hoje a cidade faz festa para celebrar os 125 anos de emancipação política do município. Prefeito Eustaquinho passou parte do dia de ontem com sua equipe, entregando obras, num total de 11. O destaque para hoje, será o desfile escolar à tarde, com diversas bandas fanfarras de Alagoas, culminando em seguida, com um grande show em Praça pública, envolvendo três atrações musicais: Márcia Felipe, Badallada e Banda Convidada.

Santa Luzia do Norte

Prefeito João Pereira ao que parece se contaminou com a tática de seu partido, o PT, oferecendo vantagens para seus adversários, como forma de se manter no poder. Em Santa Luzia do Norte, o veterano JP, que até há poucos dias tinha revelado abandonar a política,  decepcionado com a coisa, agora resolveu permanecer na dança. Olha o que ele aprontou: ofereceu todas as secretarias ao opositor Márcio Cavalcante, a fim de convencê-lo a entrar como seu vice na eleição que se aproxima. É que pesquisas encomendadas internamente por lá, colocam Márcio Lima na dianteira.  

Boca da Mata

Centenas de trabalhadores foram demitidos  nesta quinta-feira  da Usina Triunfo. A gigante indústria só não demitiu os eletricistas, num total de 12, que vão se manter no cargo garantindo toda segurança da parte elétrica da empresa. Quanto ao setor Agrícola, foram demitidos 60% das pessoas que atuam com tratores, máquinas pesadas, caminhões entre outros. Informações dão conta de que a empresa está endividada até o eixo com os fornecedores de cana; e seu fechamento é fruto de uma briga entre o grupo familiar que administra a Usina. Existem remotas possibilidades da Usina Triunfo retomar suas atividades no próximo ano.   

Barra Santo Antônio

Prefeito de Paripueira, Abrahão Moura vem se sentindo como um grande cidadão político do vizinho município da Barra de Santo Antônio. Desde o começo do ano montou uma estratégia de trabalho, lançando o nome da esposa, Emannuela como candidata naquele município. O curioso é que Moura chegou a convencer praticamente toda bancada Legislativa, para se agregar  em seu time. Por sua vez, o prefeito Rogério Farias, diz que não vai para a reeleição, alegando desgaste político, por conta da crise econômica que tem lhe impedido de tocar obras e até pagar os servidores em dia.    

Estrela de Alagoas

A convite do ex-governador Téo Vilela, o advogado Marcos Ribeiro acaba de assinar sua ficha partidária no PSDB, na qualidade de grande representante da agremiação no município de Estrela de Alagoas. Os planos visam estruturar a oposição com vista à eleição de 2016, onde o grupo é encabeçado pela ex-vereadora Geralda Ferro, hoje no PMDB.  Toda essa armação política foi articulada com a participação do prefeito de Palmeira, James Ribeiro e do deputado estadual Val Gaia.  

 


Postado em 14/10/2015 às 17:09

Briga familiar emperra Usina moer este ano. Mais de 400 desempregados


Por Edmílson Teixeira

Briga familiar envolvendo questão administrativa, vem impedindo o funcionamento este ano da Usina Triunfo, tida como uma das maiores do Nordeste. “A indústria era para ter iniciado a sua moagem 2015/2016, há cerca de um mês, mas não aconteceu por causa de briguinhas entre os irmãos Tenório”, comentou uma pessoa ligada à família que pediu para não revelar sua identificação.

A pessoa, que preferiu não se identificar, contou  que a família está aguardando o gerente da indústria Givago Tenório (suplente do Biu, senador) que se encontra nos EUA, para participar de uma reunião que está sendo agendada entre eles, onde provavelmente vão selar  o compromisso de colocar a Usina para moer somente no próximo ano. “De uma coisa é certa; vão demitir mais de 400 operários”, revelou.  

Segundo o Sindaçúcar-AL, a Usina Triunfo está entre as 22 que estiveram em operação na safra passada e foi a que apresentou o maior  crescimento em comparação a safra 2012/2013, com uma variação positiva de 17,4%. Passou de 1,2 milhão de toneladas de cana, para 1,4 milhão de toneladas; quantidade que a deixou no quarto lugar, perdendo para Coruripe, Santo Antônio e Caeté.

As consequências do fechamento da Usina Triunfo ainda esse ano, prometem complicar ainda mais a situação econômica de Boca da Mata, sobretudo porque o município, assim como os demais do país, atravessa sua pior crise financeira, por conta da queda do FPM; onde lá o prefeito Gustavo Feijó já demitiu vários cargos comissionados e enfrenta problemas para manter a folha.

A Usina gerava emprego e renda, além da farta receita de impostos que injetava mensalmente nos cofres da Prefeitura, por comercializar durante oito meses de moagem, açúcar, álcool, bagaço e até a palha da cana.    


Postado em 09/10/2015 às 17:16

S. Luís, Cacimbinhas, Estrela, Barra, Capela e Maribondo


Por Edmílson Teixeira

 

São Luís de Quitunde

Moradores do município lamentam a triste situação vivenciada pela administração pública nesses últimos anos. Prefeitura mergulhada em dívidas e sem crédito na praça, servidores com salários atrasados, constantes mudanças de prefeitos e tantas outras broncas a serem resolvidas perante a Justiça. Tudo isso têm ocasionado uma verdadeira estagnação na máquina administrativa. Em resumo; podemos dizer que São Luís hoje está abandonado, sem perspectiva alguma de uma recuperação em um médio prazo de tempo.  

Cacimbinhas – eleição

Vereador e presidente da UVEAL, Hugo Wanderley tem procurado toda uma estratégia, a fim de manter a Prefeitura de Cacimbinhas nas mãos da família. O garoto que é filho do famoso cardiologista José Wanderley, o que foi vice-governador de Téo, está em plena campanha, para suceder o tio, Roberto, que vem de dois mandatos seguidos. Filiado ao PMDB, Hugo conta com o amplo aval do senador Renan Calheiros.

Cacimbinhas – 2012

Com uma administração acanhada, sobretudo pelas dificuldades financeiras que tem passado a Prefeitura nesse período de crise nacional, o prefeito Roberto Wanderley tem deixado muito a desejar no comando municipal. Para se reeleger em 2012, o veterano Roberto passou arrastado pelo Dr. Jorge; seu adversário que perdeu por uma diferença de apenas 25 votos, cuja eleição foi tida como a mais acirrada de Alagoas naquele ano.   

Estrela de Alagoas

A oposição de Estrela de Alagoas tende a ficar fragilizada no ano que vem. Isso porque  Geralda Ferro, hoje no PMDB do senador Renan Calheiros, está sendo sondada, a fim de se atrelar  na formação de uma chapa ao prefeito Arlindo Garrote. Os dois se enfrentaram na eleição passada, quando Garrote venceu o pleito com uma diferença de 254 votos. Segundo o jornalista, Berg que faz assessoria da Prefeitura, toda uma articulação vem sendo feita com a alta cúpula do PMDB em AL, no sentido de selar esse casamento politico.   

Barra de Santo Antônio

Prefeito Rogério Farias vem sofrendo o pão que o diabo amaçou no comando da Prefeitura. A situação crítica econômica do país, desestabilizou as finanças  do município, provocando  atraso  salarial de muitas categorias. “Mesmo demitindo muitos cargos de comissão no início do ano e reduzindo algumas secretarias, além de outros cortes, a situação continua difícil para assegurar a máquina funcionando”, disse.  Garantiu que todo um esforço vem sendo feito, no sentido de equacionar todo esse problema até o final do ano, com possiblidades de pagar até o 13º salário dos servidores.   

Capela

Mesmo com a crise brasileira, Capela vem tocando obra como pode. Esta semana, por exemplo,  o prefeito Eustaquinho Moreira acompanhou vários trabalhos de urbanização nos pobres bairros do Caboge e São Sebastião.  Tais como: colocação de postes e energia elétrica, construção de casas e nova tubulação de rede de esgoto e UBS, além de outros serviços de drenagem e pavimentação que seguem em andamento no município. Espera tão logo contar com a liberação de recursos via emendas parlamentares, a fim de continuar garantindo melhorias na cidade, aliadas a geração de emprego e renda.     

Maribondo

Começa neste domingo, a grande festividade religiosa de Nossa Senhora Aparecida, que acontecerá no povoado Mata Verde. Uma vasta programação vai tomar conta do evento, que culminará na segunda-feira na cidade, onde a partir das 8h, ocorrerá pela 10ª vez, a tradicional procissão do vaqueiro seguida de uma missa campal em louvor a padroeira do Brasil, comandada pelo padre Cícero Cavalcante.  

 


Postado em 08/10/2015 às 11:22

Enfermeiros comemoram conquista salarial


Por Edmilson Teixeira de Lima

 

Enfermagem fecha  acordo com Cajueiro que dá mais qualidade de  trabalho Depois de várias rodadas de negociação, a enfermagem de Alagoas obteve uma vitória importante no município de Cajueiro. As reivindicações da categoria foram atendidas e dizem respeito ao pagamento do incentivo salarial assegurado por lei municipal e ao transporte dos profissionais de saúde que moram em Maceió.

Com a presença da presidente do Sineal, Rosimeire Machado Barbosa e do assessor jurídico, Neilton Queiroz, além da representante do sindicato dos médicos, Edilma de Albuquerque Lins Barbosa e do sindicatos dos odontólogos, Roberta Calheiros da Silva que também foram acompanhados das suas assessorias jurídicas, foi finalmente fechado o acordo entre a prefeitura do município de Cajueiro, representada pela secretária municipal de saúde,  Marta Varallo Corte.

A partir do pagamento da folha salarial deste mês de outubro, o incentivo salarial regulamentado pela Lei Municipal nº 655/2012,  será pago com os reajustes atualizados pela IPCA de acordo com planilha já elaborada e aprovada e que contempla os índices de acumulações nos períodos de abril de 2012 a  março de 2015.

 Ficou acordado ainda que o retroativo  de abril de 2015  a setembro de 2015 será pago em parcelas mensais a partir da folha  de novembro de 2015. Já o retroativo de  de abril de 2013  até março 2015,  será requerido pelo sindicato das categorias junto a prefeitura municipal de Cajueiro. Outro ponto acordado foi com relação ao transporte dos servidores que moram em Maceió. Ficou definido que a secretaria municipal de saúde de Cajueiro tem até o próximo dia 12 de outubro, para informar aos sindicatos e Promotoria de Justiça, a decisão de colocar um veículo, para os transportes dos servidores.

“É mais uma vitória dos profissionais de saúde que trabalham nos municípios alagoanos e nós da enfermagem estamos firmes e centrados na luta por melhores condições tanto salariais como no nosso ambiente de trabalho. Onde houver um profissional da enfermagem trabalhando sem as condições mínimas para a sua segurança, para o desempenho das suas funções em consonância com o que estabelece a legislação, o SINEAL estará presente para defendê-lo", finalizou Rosimeire Machado.

 

 


Postado em 06/10/2015 às 17:56

Prefeita dribla a crise pensando forte na reeleição


Por Edmilson Teixeira de Lima

Em Major, a prefeita Santana Mariano não descarta a possibilidade de entrar na disputa pela sua reeleição, mesmo diante das dificuldades que tem enfrentado com a crise que assola o país. É notório na cidade, que seu forte adversário deve ser alguém da família Amaral, grupo que impera por décadas na esfera política daquela região; porém o nome do empresário Daniel do Leite tem sido cogitado, apesar de ser um assunto restritamente voltado para as conversas de mesas de bar. “Se houver um terceiro nome nessa jogada, será bem melhor para o nosso time disputar a eleição de 2016”, comentou entusiasmando um assessor da prefeita Mariano.

“Recebemos nesta terça-feira, o resultado de uma pesquisa interna recomendada por nossa equipe, que nos coloca numa ótima posição; o que é coisa rara de ser alcançada por boa parte dos prefeitos alagoanos, sobretudo pelas dificuldades financeiras que atravessam a maioria de suas Prefeituras; com obras paradas e salários atrasados. Portanto a nossa rejeição nesse levantamento é de apenas 14,5%, enquanto que cerca de 60%, nos coloca no patamar de bom e ótimo” disse o secretário César Campos. Ressaltou que os salários rigorosamente vêm sendo pago em dia e as obras dentro da medida do possível vêm sendo alavancadas continuamente.  

 


Postado em 05/10/2015 às 18:39

Greve já passa dos 4 meses em cidade ribeirinha


Por Edmilson Teixeira

Parte dos professores da rede municipal de ensino de Penedo continua com os braços cruzados. Eles participam de um movimento grevista que já passa de quatro meses. São 30 escolas, mas desse total, 23 decidiram abrir suas portas e os professores voltaram  as suas atividades. Na última quinta-feira, houve  outra reunião, desta feita, entre Câmara, Sindicato e Prefeitura. Quando tudo parecia que ia se findar, visto que a proposta de 7% de reajuste oferecido pelo prefeito Március Beltrão, já estava sendo selada, surge um impasse.

 “Nós apresentamos o que tinha de mais viável em termos de condições financeiras da Prefeitura; só que quando tudo estava para se concretizado, o Sindicato exigiu que esse valor fosse acrescido retroativo ao mês de maio. Eu não aceitei, visto que eles passaram quatro meses paralisados, no entanto todos receberam seus vencimentos em dia”, disse Március Beltrão. Deixou claro, que a partir desta semana tomará as medidas cabíveis junto a Justiça, na espera de alcançar um desfecho sobre essa novela que vem comprometendo o ano letivo dos alunos.   

No princípio o Sindspem, segundo o prefeito Március Beltrão, exigia reajuste salarial superior aos 13%, destinado para todos os servidores da Educação. O prefeito insiste em repassar apenas 7%, mas só para os professores. "Eu não estou maluco em conceder um aumento para todas as categorias da Educação, não é que elas não mereçam. É que a Prefeitura nesse período de crise não tem como arcar; sobretudo com as possíveis consequências que essa medida possa causar, que é o efeito dominó; ou seja, todos os demais servidores dos outros órgãos vão exigir também", comentou o prefeito.