Bolo caseiro da Vila Aparecida entra no Programa de Alimentos da Conab

Cortesia 699d93f0 bfa7 4f83 9030 55c03e279061 Boleiras foram incluídas no PAA da Conab

Mulheres empreendedoras da Vila Aparecida, na Zona Rural de Arapiraca, participaram, nesta semana, de uma reunião para traçar a metodologia do projeto de produção e distribuição de bolo caseiro por meio da associação comunitária local em parceria com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).  

Segundo o presidente da Associação Rural da Vila Aparecida, Thiago da Brita, o encontro também serviu para apresentação do manual de operação da Conab, no qual as mulheres estão se organizando conforme o volume de produção e foram informadas sobre qual a forma de participação no projeto. 

De acordo com o técnico responsável, Mamede Vitório, o projeto é realizado pela Conab por meio da política pública de governo chamado de PAA (Programa de Aquisição de Alimentos) com doação simultânea. O investimento é do governo federal, mas quem executa é a Companhia Nacional de Abastecimento. 

O programa contará com cerca de R$ 50 mil e vai beneficiar 13 mulheres da Vila Aparecida que vão produzir mais de 5 mil quilos de bolos por mês, de forma organizada e artesanal. Por sua vez, moradores da comunidade Frei Damião (antigo Valentim) receberão as cestas básicas completas.  

Por sua vez, a presidente da Associação de Moradores do Frei Damião, Celiane Maria da Conceição, garante que os bolos da Vila Aparecida serão entregues a toda comunidade carente (devidamente cadastrada) do conjunto.   

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Prefeito de Palmeira dos Índios resgata orgulho da população e promove Natal de Luz

Assessoria/Palmeira dos Índios 9fca8e87 69aa 4dd5 8800 f22f4e892c97 JC durante lançamento do Natal de Luz

A prefeitura de Palmeira dos Índios, administrada desde o início deste ano pelo jornalista Júlio Cezar (PSB), está devolvendo a Magia do Natal aos palmeirenses, por meio do resgate das celebrações do nascimento do menino Jesus numa programação especial desde o dia 9 de Dezembro até 6 de Janeiro de 2018.   

A ideia é compartilhar sonhos e espalhar o clima natalino por toda a cidade, além de disponibilizar uma vasta programação de eventos que incluem apresentações musicais e de corais, espetáculos teatrais, saraus, movimentos folclóricos, celebrações religiosas, música ao ar livre, além de iluminação especial em pontos estratégicos. 

Natal iluminado

O Natal de Luz de Palmeira dos Índios foi idealizado pelo prefeito Júlio Cezar junto aos secretários de sua gestão e com apoio da iniciativa privada, possibilitando que a celebração Natalina não fique em branco, como em anos anteriores. Segundo o vice-prefeito Márcio Henrique, “o objetivo é plantar no coração de cada um dos palmeirenses a semente do amor, que terá como meta o fortalecimento de todas as famílias”. 

Já o prefeito Júlio Cezar agradeceu a todas as pessoas que de forma direta ou indireta trabalharam para que o sonho do Natal de Luz fosse possível. Ele parabenizou sua equipe de trabalho e todos os servidores pelo empenho e união para que este primeiro ano de gestão já pudesse mostrar importantes resultados para que a cidade reencontre o caminho do desenvolvimento

“E tudo isso graças ao dinheiro dos nossos contribuintes, que pagam os impostos. Este é um momento feliz e especial. Convidem os amigos e parentes, de longe e de perto, e venham celebrar com a gente a festa mais importante da família cristã e que remonta o nascimento de Jesus Cristo”, destacou o prefeito Júlio Cezar.
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

"Os idosos devem saber que não precisam pagar IPTU", diz vereador de Arapiraca

Cláudio Roberto B0afe085 0971 443f a26c 767fd651ab91 Fábio Henrique, vereador de Arapiraca

O vereador Fábio Henrique (PCdoB) cobra que haja uma campanha educativa, por parte da prefeitura de Arapiraca, para que os idosos, com mais de 60 anos, sejam informados que são isentos do pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), tanto da Zona Urbana como Rural do município. 

A proposta foi aprovada, nesta semana, na Câmara Municipal e conta com a co-autoria do vereador Léo Saturnino (PMDB). Num vídeo gravado para as redes sociais, Fábio Henrique pede que o prefeito, Rogério Teófilo (PSDB) solicite a assessoria de comunicação para que elabore esta campanha com teor educativo.  

“Você sabia que o idoso não paga IPTU? Hoje aprovamos um requerimento meu e do vereador Leo Saturnino, para que no próximo ano (2017) o prefeito Rogério Teófilo venha fazer uma campanha educativa para todos os idosos - que só tem uma casa e ganham um salário mínimo - que não precisam pagar o IPTU. É um direito garantido, conforme a Lei 2.342/2003. Agora cabe ao Executivo fazer a sua parte”, destacou Fábio Henrique.  

Isenção  

Fábio Henrique lembra que de acordo com a Lei, a gratuidade do IPTU para os idosos com mais de 60 anos, parte da necessidade de facilitar e melhorar a vida das pessoas no que se refere à moradia. Para ele, a prefeitura deve abordar este tema publicamente e na mídia para que todos tomem conhecimento desta isenção.  

“Esta medida ajuda significativamente aos que mais necessitam e que já deram uma vida inteira trabalhando e pagando impostos. Parece pouco, mas não é. No caso do idoso isso representa mais uma despesa num orçamento já comprometido com outros gastos como medicamentos, alimentação, entre outros”, disse. 

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Presidente da Uveal cobra esclarecimento sobre assassinato do vereador Neguinho Boiadeiro

Cláudio Roberto Db792207 17e2 421b a802 53e9eb3f53af Fabiano pede esclarecimento de crime

O presidente da União dos Vereadores de Alagoas (Uveal), Fabiano Leão (PMDB), vai pedir providências da secretaria de Estado de Segurança Pública, para elucidar o crime e punir os responsáveis pelo assassinato do vereador de Batalha Adelmo Rodrigues de Melo (PSD), o Neguinho Boiadeiro, que completou um mês no último sábado (09).

Boiadeiro foi vítima de um atentado na porta da sede do Poder Legislativo de Batalha no dia 9 de Novembro de 2017. Segundo a comissão de delegados que investiga o caso, o vereador, de 61 anos, havia acabado de deixar a Câmara de Vereadores do município sertanejo, após mais uma sessão plenária, quando foi surpreendido pelos criminosos. Boiadeiro chegou a ser socorrido para uma unidade de saúde da cidade, mas não resistiu aos ferimentos. 

“Após mais de um mês do assassinato de Boiadeiro, as investigações continuam sem visível avanço. Horas após o homicídio, a secretaria de Segurança Pública divulgou que tinha informações sobre suspeitos de executarem o vereador, mas até agora a única certeza concreta é de que o inquérito policial, que tinha 30 dias para ser concluído, foi prorrogado”, disse Fabiano Leão.

Segundo o parlamentar arapiraquense, amigos e correligionários do vereador assassinado se reuniram com a família num ato de protesto pedindo justiça. Fabiano garantiu que vai protocolar um pedido pessoalmente ao governador do Estado, ao secretário de Segurança Pública e a comissão de delegados da Polícia Civil (PC) para pedir celeridade na elucidação deste caso.  

“É preciso que as autoridades de segurança deste Estado deem a resposta para este caso que envolveu um parlamentar alagoano. A polícia tem o dever de prender os criminosos e mostrar à sociedade que ninguém está acima da Lei. A família espera por uma resposta e clama por justiça”, frisou o presidente da Uveal. 

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Encontro em Maceió discute obrigatoriedade dos Portais de Transparência das Câmaras de Vereadores

Cortesia Ff70addd 77de 4d67 87d5 76f4c2401d29 Presidente da Uveal com vereadores na AMA

O Ministério Público do Estado (MPE/AL) em parceria com a União dos Vereadores de Alagoas (Uveal) promoveu, na tarde desta terça-feira (12) no plenário da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), mais um encontro com o intuito de alertar aos presidentes das Câmaras de Vereadores para a implantação do Portal da Transparência de suas Casas Legislativas.  

De acordo com o presidente da Uveal, vereador Fabiano Leão (PMDB), este foi o segundo encontro neste sentido. O primeiro foi no dia 27 de Novembro em Arapiraca com vereadores do Agreste e Sertão.

A audiência “Transparência no Poder Legislativo dos Municípios de Alagoas” tem como objetivo primordial, conscientizar e cobrar dos presidentes das Câmaras Municipais a criação e aprimoramento dos seus respectivos portais da transparência. Na ocasião, foi assinado um protocolo de intenções com o compromisso de se adequarem ao que preconiza a Lei de Acesso à Informação (LAI) e a Lei de Responsabilidade Fiscal. (LRF). 

Segundo último levantamento do MPE, apenas 23% das Câmaras de Alagoas produziram seus portais. O procurador-geral Alfredo Gaspar almeja que todas as Casas Legislativas consigam seus resultados mais rápidos, eficientes e concretos possíveis.

Fabiano Leão também lembra aos edis sobre a aplicabilidade das penalidades contra as Câmaras de Vereadores, em caso de descumprimento. “Os presidentes das Casas de Leis devem ficar atentos para que os portais entrem 'no ar' no máximo em dois meses, seguindo orientação do Ministério Público Estadual”. 

Também prestigiaram o encontro o promotor de Justiça e diretor do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça (CAOP), José Antônio Malta Marques, o promotor de Justiça e coordenador do Núcleo de Defesa do Patrimônio Público, José Carlos Castro, e os promotores e procuradores de Justiça que atuam nessas regiões. 

Lei de Acesso  

A Lei de Acesso Informação existe desde 2013 e diz que todos os poderes públicos são obrigados a ter portal da transparência. O próximo passo é que haja a celebração de um termo de ajustamento de conduta com os promotores de justiça de cada cidade estabelecendo prazo para tal implantação ou melhoria nos portais.
 

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Ex-prefeita de Traipu confirma que vai apoiar Breno Albuquerque para deputado

Cortesia B6b74dcd 4a71 45d8 8828 1f75059957df Conceição abraça pré-candidatura de Breno Albuquerque

A ex-prefeita de Traipu, Conceição Tavares, confirmou, nesta segunda-feira (11), que não vai disputar a eleição em 2018, como havia sido comentado nos bastidores políticos da região Agreste. 

Na oportunidade, Conceição fez questão de declarar que dará apoio ao jovem empresário Breno Albuquerque (PRTB), que vai entrar na disputa por uma vaga na Assembleia Legislativa (ALE). Ela mesma fez questão de pedir para fazer este registro fotográfico que marca este laço (compromisso) político.  

A presidente do diretório municipal das mulheres do partido Democratas (DEM/Traipu), Conceição Tavares, passa a reforçar o leque de políticos que estão abraçando a pré-candidatura do jovem arapiraquense. Em outras visitas pela região, Breno tem formado grupos qualificados importantes para a campanha eleitoral do ano que vem.   

Breno é filho do ex-deputado Dudu Albuquerque e nos últimos dias recebeu outros apoios de lideranças políticas do interior alagoano, como o ex-vice prefeito de São José da Laje, Henrique Valença, que acredita na importância da renovação da política. 

“É preciso se renovar o quadro política de Alagoas, principalmente da Assembleia Legislativa tirando os dinossauros da casa Tavares Bastos criando assim um novo tempo com Breno Albuquerque e é a gente que faz apoiando essa turma nova”, disse.   

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Téo Vilela e Rodrigo Cunha podem formar dobradinha 'puro sangue' para o Senado

Cortesia C4d05494 b474 4550 acb1 a2dcf2cc0059 Téo e Rodrigo, homens fortes do PSDB

Com a provável candidatura de Rui Palmeira ao governo de Alagoas, pela já apelidada ‘Frente de Oposição’, dois nomes do PSDB aparecem como possíveis candidatos ao Senado: Teotônio Vilela Filho (ex-governador) e Rodrigo Cunha, atual deputado estadual. 

Téo Vilela já disse que (só) será mesmo candidato a Senador, cargo que já ocupou por três vezes (1987-2006), antes de ser eleito e reeleito governador de Alagoas (2007-2014). Já Rodrigo Cunha fala mesmo em candidatar-se a reeleição de deputado estadual, mas é tido como nome forte tanto para deputado federal como também para o Senado. 

Neste contexto, Rodrigo aparece na condição de encarar a campanha de senador caso haja alguém empecilho na candidatura de Téo Vilela. Fato que voltou a ser amplamente comentado, após investigações da Polícia Federal (PF) apontarem que o ex-governador recebeu mais de R$ 2 milhões em propina pelas obras do Canal do Sertão quando administrava o Estado. 

Outra possibilidade favorável ao deputado Rodrigo Cunha é que o PSDB poderia lançar dois candidatos ao Senado, numa casadinha ‘puro sangue’, já que essa condição também já é amplamente discutida no ambiente do PMDB que estaria costurando os detalhes para lançar Renan Calheiros e Marx Beltrão (deputado e ministro do Turismo) em 2018. 

Duas vagas

Em 2018, Alagoas (assim como os demais Estados) terá direito a duas vagas, hoje ocupadas por Renan Calheiros (PMDB) e Benedito de Lira (PP), ambos candidatos a reeleição. Já o senador Fernando Collor (PTC) tem mandato até 2022 e apenas vai assistir ao pleito de camarote ou deve apoiar o filho, Arnon de Mello Neto que já admitiu ter interesse em disputar uma cadeira na Câmara dos Deputados. 

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Vereadores cobram pagamento de parte das férias aos servidores de Porto Real do Colégio

Aqui Acontece 68c17615 8b9e 49f4 960c c6a0bf98f60e sede do Legislativo de Porto Real do Colégio

Os vereadores Alan do Fórum (PTdoB), Ricardo de Léo (PSDB), Thiago das Flexeiras (PMDB), Reinaldo dos Santos, o Rei (PHS) e Isabelita Enfermeira (PSDB), todos da cidade de Porto Real do Colégio, no interior de Alagoas, denunciam que os funcionários públicos estão com 1/3 (um terço) das férias vencidas desde o mês de Outubro de 2016. 

Os valores, não revelados, correspondem ao pagamento do período de férias dos servidores da área de Saúde, como agentes comunitários de saúde e agentes de endemias, entre outros.

Somados aos valores de 1/3 das férias de 2017, já são 2/3 acumulados e não há nenhuma previsão de pagamento, de acordo com os vereadores. 

“A administração alega não ter dinheiro para pagar o que é um direito dos servidores municipais de Porto Real do Colégio. Um absurdo e um descaso com o funcionalismo”, diz a vereadora Isabelita. 

Prerrogativa

Os cinco vereadores citados nesta matéria já se posicionaram, por diversas vezes, nas reuniões (sessões) da Câmara Municipal de Colégio, cobrando o pagamento dos atrasados aos servidores da Saúde, porém não obtiveram resposta alguma do Poder Executivo.   

E pra piorar, de acordo com os edis colegienses, o prefeito Aldo Popular (PMDB) teria autorizado a liberação dos valores em aberto apenas para alguns servidores, escolhidos de acordo com critério único e exclusivamente pessoal, caracterizando ação prerrogativa, quando privilegia um ou um grupo.  
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

PMDB aumenta seu número de filiados em Alagoas e vai desbancando PSDB

Márcio Ferreira 8f79052b 31eb 498b b214 c6488fcb8edc Renan em recente encontro com prefeito de Pilar

O PMDB de Alagoas segue ‘desmontando’ o PSDB com vistas a fortalecer seu grupo político para as eleições 2018.

O mais novo peemedebista é o prefeito de Pilar, Renato Filho, que estava sem partido desde março deste ano, mas que fora eleito em Outubro de 2016 pelo PSDB. 

O objetivo do PMDB, por mais que a verdade dos fatos jamais apareça, é enfraquecer o principal adversário que tem como eventual candidato ao governo o prefeito de Maceió, Rui Palmeira.

Por mais que o partido do senador Téo Vilela tente proteger o ninho tucano, a indefinição da candidatura de Rui só deixa a ninhada enfraquecida. 

Ressaca

Atualmente, dos 17 prefeitos eleitos em Alagoas pelo PSDB, na eleição do ano passado, oito já abandonaram a legenda e outros nomes podem abandonar o navio até o Carnaval. Os efeitos da Folia de Momo podem ser ainda mais desastrosos para as pretensões dos tucanos em formar um bloco coeso para o pleito do próximo ano. 

Segundo uma ‘fonte palaciana’ a meta é filiar os prefeitos que estavam ou estão em partidos de “oposição” ao PMDB. Os prefeitos são puxadores de votos e podem ser fundamentais numa eleição majoritária, em tese. Até o prefeito de Arapiraca, Rogério Teófilo, já teria sido sondado neste sentido, mas o interlocutor ouviu um sonoro ‘não’.  

Vira casaca

Os outros nomes que abandonaram o ‘Bloco Azul’ até agora foram: Henrique Vilela, prefeito de Porto de Pedras; Paula Santa Rosa, prefeita de Belém; Joãozinho Pereira, de Teotônio Vilela; Aldo Popular, de Porto Real do Colégio; Flávio Rangel, de Feira Grande; Manuilson Andrade, de Colônia Leopoldina, que se filiaram ao PSC – partido da base do governador Renan Filho. Já Pauline Pereira, de Campo Alegre, também deixou o PSDB, mas foi para o PMB.
 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Vereador de São Braz pretende deixar PDT e culpa deputado Ronaldo Lessa

Arquivo pessoal 08f68ab1 c239 461e a409 8ff6cb0dca5c Vereador está insatisfeito com PDT de Lessa

O vereador da cidade alagoana de São Brás, na Região Agreste, Jaelson dos Santos Silva, mais conhecido por Mima (PDT) deve deixar a presidência do diretório municipal da legenda por insatisfação dentro do próprio partido, comandado em Alagoas pelo deputado federal Ronaldo Lessa. 

Segundo pessoas muito próximas ao vereador de São Brás, Mima já tentou, várias vezes, se reunir com o deputado Lessa para discutir assuntos relacionados à administração de São Brás, mas o deputado não responde as mensagens e ligações do parlamentar.   

Em outra versão, a insatisfação de Mima seria por estar sofrendo perseguição política da gestão municipal. Informações dão conta de que a prefeitura não teria autorizado o uso de um trator para recuperar o trecho de acesso ao Povoado Sucupira, um dos redutos eleitorais do vereador.

Vale lembrar que Mima, mesmo deixando a sigla, vai apoiar a reeleição do Governador Renan Filho (PMDB), no município de São Brás.  

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.
Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com