De brigadeiro alcoólico à chocotone, doceiras de Arapiraca inovam para agradar clientes

Chefa Sucesso 8f78b83a 5c2f 41a9 b0ad 69c681c90d80 Irresistíveis, os doces são obrigatórios na mesa de Natal

“Comida de alma é aquela que consola” escreveu, com propriedade, a escritora e colunista de gastronomia Nina Horta. Faz todo o sentido. Há aquelas comidas que nutrem o corpo, e aquelas que simplesmente confortam o espírito. São pratos que não necessitaríamos comer, mas que nos proporcionam uma saciedade emocional.

Em Arapiraca, é fácil encontrar essa sensação ao se comer um brigadeiro da Mari Medeiros, uma garfada dos bolos recheados da Rafaela Tenório ou uma marinas (biscoitos de nata com recheio de casadinho) da Ilana Melo. Delícias que ficam à venda durante o ano todo.

Durante as festas de final de ano, os cardápios das confeiteiras são incrementados por prazeres da época, como os panetones recheados que ganham generosas porções de chocolate cremoso, entre outros sabores de recheios que muitas vezes surpreendem.

No mercado há oito anos, Mari Medeiros (@iguarias_gourmet) oferece 40 tipos diferentes de brigadeiros, entre eles, o brigadeiro alcoólico, doces finos e ainda oferece o serviço de ceia completo com entradas, pratos principais e sobremesas. “Nessa época, temos muita correria. Inclusive, aumentei o número de funcionários para atender aos pedidos. Chego a finalizar alguns doces, como aqueles que levam frutas, durante a madrugada para garantir o sabor e a qualidade”, explicou.

Já a Rafaelle Tenório (@boletie), é enfermeira e há cerca de um ano destacou-se na cidade com seus bolos de pote recheados. Sua marca, a Boletiê, traz para este Natal chocotone recheados, estojo de docinhos e latinhas personalizadas, além dos bolos e demais sobremesas preparadas todos os meses do ano. Sobre o período natalino, ela também encara uma maratona. “Muita correria, mas graças a Deus com planejamento a gente consegue entregar tudo no horário combinado”, garantiu.

Desde 2013, ainda no ensino médio, a jovem Ilana  Melo (@chefasucesso), postou fotos em uma rede social dos seus cupcakes. Os pedidos foram imediatos. Desde então, ela concilia os estudos, agora  no curso de arquitetura na Universidade Federal de Alagoas, e a culinária. Seu carro-chefe, as marinas, surgiram como presente para o namorado. “Até hoje é meu produto mais pedido, e está se espalhado em pontos de venda pela cidade. Simples, mas delicioso e equilibrado. Modéstia à parte, me orgulho de ter criado”, revela.

A Chefa Sucesso, assim como as outras duas entrevistadas, montou um cardápio especial, além do tradicional, para o final de ano, com caixas personalizadas, brindes corporativos e sobremesas cremosas que podem ser montadas com ingredientes escolhidos pelo cliente. “Tem mousse de leite ninho, de ameixa, de geleia de morango... O cliente pode combiná-las com uma infinidade de brigadeiros, massas de bolo, frutas e chocolates. O resultado é uma sobremesa cremosíssima e deliciosa para encher os olhos e o paladar na ceia de natal”, destaca.

Com foco no uso de ingredientes de qualidade e preparo minucioso, elas angariam, fidelizam clientes e levam produtos únicos para a mesa do consumidor, uma vez que tudo é feito artesanalmente.

Para quem deseja levar para a família e convidados, pratos e doces para consolar o estômago e a alma, a verdade é que não faltam opções de qualidade na cidade. Basta conferir, escolher e garantir a vaga porque, unânimes, as cozinheiras ressaltaram: as encomendas são muitas.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Em grupo terapêutico, mulheres de Arapiraca fazem trocas e ganhos

Taísa Bibi Bd19aad8 419f 4e08 adb2 cb4facd0b398 Psicóloga desafia-se a unir mulheres no interior de AL

Compartilhar vivências, buscar soluções para questões particulares, mas comuns a cada uma, ampliar a visão acerca do papel social da mulher. O que, a princípio, pode parecer abstrato e distante da realidade, resume os encontros femininos, realizados em Arapiraca, para desenvolver o autoconhecimento das participantes e, assim, fortalecê-las para enfrentar questões do dia a dia, com mais confiança e clareza do impacto das decisões em seu bem estar.

Comandado pela psicóloga Glauce Kelly Lima Costa, graduada pela Universidade Federal de Alagoas em psicologia e também bacharel em direito, o grupo terapêutico para mulheres tem encontros semanais, totalizando dez sessões, nos quais são explorados temas que vão da interação pessoal até a ansiedade e questões pessoais, caso as participantes se sintam à vontade para compartilhar.

Questões como violência doméstica e as repercussões das leis brasileiras voltadas a este crime, bem como a rede de apoio para o atendimento à mulher em situação de violência, também são abordados durante o encontro, demonstrando que o bem-estar feminino vai muito além dela mesma. 

 

“Escolhi trabalhar com as mulheres por causa das experiências enriquecedoras que tive nos grupos anteriores. No grupo, elas possuem a oportunidades de trabalhar diversos temas de interesse comum de todas, formam novos vínculos e percebem que tem outras pessoas que já passaram por situações parecidas e encontraram mecanismos para melhorar”, explica a psicóloga.


O primeiro grupo teve início em abril e foi encerrado em julho. O segundo grupo está em curso e deve ser encerrado ainda em dezembro. No total, mais de 20 mulheres participam da iniciativa. A psicóloga adianta que será iniciado um terceiro grupo, em janeiro de 2018, com encontros na sede da empresa Zap Consultoria, no Centro de Arapiraca.

A empresária Marília Freire Cerqueira Mota ressalta que o grupo terapêutico a fez refletir acerca da própria rotina. “A terapia me ajudou a parar, a ter um momento para mim. Lá, a gente consegue olhar mais para dentro da gente por que nesta loucura que vivemos, não conseguimos nem nos perceber. Ajudou na minha autopercepção e principalmente a lembrar que a gente precisa ter esse tempo, além das novas amizades”, avaliou.

Glauce Costa ressalta que a terapia em grupo é baseada em estudos científicos e, por isso, gera resultados satisfatórios ao permitir que os participantes façam o tratamento terapêutico, ao mesmo tempo que obtêm um suporte por meio da troca com outras pessoas, em menor tempo do que no atendimento individual.

Prestes a concluir a série de encontros, a representante comercial Sirlene Bispo afirma que valeu a pena frequentar o grupo, nas noites de sexta-feira. “Para mim, está sendo fantástico. Conheci pessoas diferentes e costumes, ideias. Normalidades que, aqui em Arapiraca, eu achava que não tinha. Estou amando”, disse.

Mais informações sobre como participar no site www.zapconsultoria.com.br ou pelos telefones 3522-7369 ou 99904 – 1834. A iniciativa tem convênio com os planos de saúde: Cassi, Saúde Caixa, Smile Saúde, Geap e Postal Saúde.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Alagoas terá o I Encontro de Maracatus de Baque Virado em novembro

784d7f78 a097 4739 bffc 48c6a2c48884

Em 2017 completa-se 10 anos do ressurgimento da manifestação cultural maracatu no Estado de Alagoas e para celebrar este marco, atendendo uma demanda crescente de retomada da identidade afro-alagoana, o grupo Maracatu Baque Alagoano realiza o Encontro de Maracatus de Baque Virado – Maceió 2017. De 18 a 20 de novembro, estarão reunidos Mestres, batuqueiros, estudiosos e ainda o público em geral, interessado em conhecer e aprender mais sobre maracatu, a história e cultura negra no estado.

 

Serão dois dias – 18 e 19 de novembro – de apresentações, vivências, oficinas, debates e reflexões sobre a manifestação artístico-cultural maracatu, abrindo espaço também para outros folguedos alagoanos, na Praça Multieventos, Praia de Pajuçara, integrados à programação do Mês da Consciência Negra no estado. No dia 20 de novembro, o Encontro de Maracatus de Baque Virado sobe a Serra da Barriga para celebrar o Quilombo dos Palmares e a resistência negra ao longo dos séculos, em um dos lugares mais icônicos desta história.

 

O Encontro de Maracatus de Baque Virado – Maceió 2017 também vem para disseminar o Maracatu de Baque Virado por meio da agregação espontânea de grupos em rede, utilizando como ferramentas de socialização a musicalidade, a estética artística e a história do maracatu, a exemplo de eventos similares que ocorrem em outros estados, destacando Alagoas neste cenário.

 

Coordenado pelo Maracatu Baque Alagoano enquanto também um evento que celebra seus 10 anos de fundação, o Encontro reúne aqueles que estudam e vivenciam o maracatu, suas histórias e seu aspecto de resistência, já que o maracatu é uma das manifestações culturais mais antigas registradas na cultura afro-brasileira.

 

As inscrições para o Encontro de Maracatus de Baque Virado serão abertas em breve – as vagas são limitadas para 200 participantes. Para acompanhar as informações e novidades do evento, basta acompanhar o Maracatu Baque Alagoano em seu blog (maracatubaquealagoano.blogspot.com.br), Facebook (facebook.com/baquealagoano) e Instagram (@baquealagoanomaracatu).

 

Fonte: Mariana Lima/ assessoria 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Assistência à pessoa com deficiência transforma vidas em Arapiraca

Clau Soares Ab5aebf1 8178 4b8f 905b 759cca519e5b Pestalozzi celebrou 21 anos de atuação em 2017

Ter um filho com deficiência, seja ela física ou mental, é um desafio ainda hoje para qualquer família, independente da classe social na qual esteja inserida. Agora, voltemos no tempo 20 anos e imaginemos que tal família resida no interior de um estado, no Nordeste brasileiro e necessite de serviços que proporcionem a assistência mínima necessária para o bem-estar e desenvolvimento do indivíduo.

Há duas décadas, diversos pais encaravam esse cenário, em Arapiraca, quando, finalmente, chegou ao município a Associação Pestalozzi, em 1996, motivada pelo nascimento de Luiz Felipe Alves Pereira diagnosticado, à época, com hidrocefalia, cuja família se mobilizou para oferecer melhores condições ao garoto.

Em 21 anos de atividade, a entidade já realizou 400 mil atendimentos, em serviços que vão da fisioterapia a atendimento educacional especializado. “Começamos oferecendo apoio às famílias. Em seguida, iniciamos a escola especial e o atendimento de fisioterapia e terapia ocupacional”, explicou a presidente da Pestalozzi, Zelia Azevedo.

Para Vilceia Bezerra dos Santos, mãe de Gabriel, 18, um dos usuários dos serviços, a entidade foi um marco na vida da família. Ela revela que, durante anos, teve “preconceito” com o trabalho realizado pela entidade. “Eu achava que o trabalho da Pestalozzi era para quem tinha deficiências graves e que meu filho não se adaptaria”, lembra.

Embora tenha estudado, desde a infância, em escolas particulares, Gabriel, que tem traços de autismo e um déficit severo de atenção, sempre foi retraído, não participava das atividades escolares e teria ido para o primeiro ano do ensino médio, mesmo sem ser alfabetizado. Foi o estopim para a mãe mudar sua concepção acerca da atuação da Pestalozzi.

Há um ano, Gabriel começou a frequentar e ter acesso aos serviços da organização. “A Pestalozzi é uma bênção na minha vida. Na Pestalozzi, ele participa de tudo. Este ano, foi o noivo na quadrilha junina”, revelou, orgulhosa.

Segundo a mãe, Gabriel passou a se sentir à vontade entre os novos colegas, o que ela percebeu que não acontecia na escola tradicional, além de apresentar significativas melhoras no comportamento.

Com a grande demanda, a instituição cresce, apesar dos recursos serem insuficientes. “O maior desafio é a nossa autossustentabilidade. Temos que criar condições para nos manter. À medida que a instituição cresce, requer mais recursos. Precisamos ampliar nossa estrutura física; melhorar nossos processos de gestão; proporcionar melhor condição de trabalho para nossos colaboradores e adequar a nossa estrutura tecnológica. Precisamos que os governos sejam mais sensíveis a nossa causa”, ressalta a presidente Zelia Azevedo.

Aprendizado

Zelia Azevedo está na gestão do projeto desde o início, tem três filhos adultos, quatro netos, e, embora sua família não tenha necessidade dos serviços da Pestalozzi, ela frisa que, em todos esses anos, a experiência tem sido um grande aprendizado.

“O mais importante foi compreender que fazer o bem é a melhor obra de uma vida. Promover melhoria na vida dessas pessoas é a minha maior recompensa. Depois, eu compreendi o valor do amor incondicional com as mães dessas pessoas. Esse é um amor sublime.  Com essas mães, eu aprendi a enfrentar meus problemas pessoais com mais leveza”.

Fica a lição. 

Fotos da galeria: Mônica Nunes/Live Comunicação

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Wesley Safadão e Léo Santana desembarcam dia 29 em Arapiraca

3a01a3d7 fb58 4eb3 a1a1 2df9f3d85b64

O show mais aguardado de Arapiraca, a Farra Chique 2017, está confirmadíssima para ser realizada dia 29 de outubro, no estacionamento do Arapiraca Garden Shopping, e traz Wesley Safadão, Léo Santana, Gil Mendes e Wallas Arrais como atrações da programação.

Em sua sexta edição, o evento está marcado no calendário da região agreste do estado e já está marcado como “A maior Farra de todas” pelo público arapiraquense. Uma super-estrutura será montada e o público poderá desfrutar do show em quatro ambientes: pista, frontstage, camarote e tapete vermelho. 

Além do fenômeno Wesley Safadão, o baiano Léo Santana, que tem viajado todo o País, é a grande aposta da música baiana na atualidade. Wallas Arrais, por sua vez, é um nome em ascensão no cenário musical e também estará na programação com seu repertório que não deixa ninguém ficar parado. A mulher  poderosa do time, Gil Mendes, promete que todos irão aprovar seu repertório e se divertir muito com seu show. 

Os ingressos podem ser adquiridos na Loja Via G (Arapiraca), no Acesso Vip (Garden Shopping e Parque Shopping Maceió) e no Viva Alagoas (Maceió Shopping) ou através do site e app da Farra Chique (disponível para iOS e Android). Para mais informações basta ligar (82) 9 9943-0909 

 

Serviço: Farra Chique 2017

Atrações: Wesley Safadão, Léo Santana, Gil Mendes e Wallas Arrais

Quando: 29 de OUTUBRO de 2017

Onde: Arapiraca – Alagoas às 18 horas

Vendas Online: http://farrachique.com.br/event/8382

Realização: Farra Chique Entretenimento e Barrera Produções

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

C&A apresenta nova coleção com PatBo

Fced6619 272a 4b59 915f 298665c404c8

Fonte: Assessoria

Patricia Bonaldi está de volta ao mundo C&A trazendo de novo seu espírito sofisticado e exuberante à marca. Pela terceira vez, a estilista imprime as cores e estampas que fizeram de seu trabalho sinônimo de feminilidade e apresenta uma coleção com toda a fluidez para um verão leve e romântico.

O branco é a cor chave da temporada e ganha destaque em looks de algodão com detalhes em laise para tardes suaves. Estampas tropicais vintage, com flores e folhas sobre fundos em azul atlântico e rosa queimado ou preto, surgem em jaquetas bomber, tops cropped, blusas, saias A, minis e vestidos curtos de alças ou longos com amarrações estratégicas.

São mais de 20 modelos com comprimentos ideais para dia e noite, decotes e recortes estratégicos aliados ao estilo inconfundível de PatBo de misturar tons e padrões com delicadeza de contrastes.

A Collection PatBo e C&A chega à loja virtual (cea.com.br), no dia 26 de outubro e em lojas selecionadas do Brasil, a partir do dia 31 de outubro.

Fotógrafo: Gustavo Zylbersztajn

Modelos: Linda Helena e Alexia Bellini

Make e Hair: Robert Estevão

Stylist: Daniel Ueda

Fotos Still: Lu Prezia 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Doulas promovem encontro gratuito para debater parto humanizado em Arapiraca

Arquivo pessoal: Rayane Oliveira 971f58a4 9ddb 4b19 a71c 5aa7f2a6698f

Três mulheres que se aproximaram a partir da maternidade agora, se unem, para compartilhar informações, experiências e apoio com outras mães, em Arapiraca. A educadora perinatal, Cris Ribeiro, a fisioterapeuta Suzane Oliveira e a psicóloga e Rayane Oliveira são mães, doulas e idealizadoras do projeto “Bem Gestar, Bem Nascer” que realizará o primeiro encontro no domingo (15), às 14h, no Arapiraca Garden Shopping. O evento terá como convidada especial a enfermeira obstetra, Claudjane Cavalcante.

“O Bem Gestar, Bem Nascer é um projeto que nasceu da nossa vontade de acolher e ajudar no empoderamento materno e paterno para gestação, parto, puerpério, amamentação e tudo relacionado a esse universo (do planejamento familiar à educação infantil). Uma vez por mês, teremos um encontro presencial, com palestras/rodas de conversa sobre temas específicos”, explica psicóloga Rayane Oliveira.

Defensoras do parto humanizado, o trio pretende fortalecer a cultura do parto humanizado, independente de que este ocorra em casa, na água, no hospital, ser natural ou cirúrgico.  O importante, segundo elas, é que a mulher tenha o protagonismo em todo o processo gestacional, no parto e no puerpério (pós-parto). “A humanização do parto é todo o movimento para devolver o lugar de protagonista da mulher e respeitar os desejos dela, pautados nas evidências científicas. A proposta é que o profissional respeite a mulher”, reitera Rayane.

Primeiro encontro

No domingo (15), o trio abordará três temas: Como identificar o trabalho de parto? Qual o momento de ir para o hospital?; as boas práticas na assistência do parto e os direitos da mulher; e puerpério e a importância da rede de apoio.

O evento é gratuito e as inscrições podem ser feitas pelo e-mail bemgestarbemnascer@outlook.com ou pelo direct do perfil no Instagram: @ bemgestarbemnascer.

Sigam o blog no Instagram: @blogdaclausoares

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Ana Carolina retorna a Maceió nesta sexta-feira

Divulgação 45783bde 5e12 4bf0 a82e 878072378ecb

Após 10 anos sem se apresentar em solo alagoano, a cantora Ana Carolina sobe ao palco do Ginásio do SESI, no Trapiche da Barra, nesta sexta-feira (22). Desta vez ela retorna com o show “Grandes Sucessos”, que resume sua carreira, em uma grande celebração com seu público que tem oportunidade de reviver todas as fases de sua trajetória.

Além de cantora, Ana Carolina é compositora, arranjadora, produtora, artista plástica, poeta,instrumentista e musicista. Ela já vendeu mais de cinco milhões de CD e DVD. Seu primeiro disco foi lançado em 1999 e,atualmente, sua carreira já inclui 12 álbuns e seis DVD. Seu último lançamento foi o EP Digital “Ruídos Brancos”, baseado nas poesias cantadas do seu livro homônio.

Ela está em fase de produção do seu novo álbum, que ainda não tem nome e nem data para ser lançado. Mas para manter o ritmo, Ana tem viajado a várias capitais do Brasil com o este show que leva ao público os maiores sucessos de um dos maiores nomes da música brasileira. A voz inconfundível e a intimidade que tem com o violão é de surpreender até hoje. Seu talento proporcionou que diversas músicas, se tornassem trilha sonora na vida de muitos brasileiros.

O evento contará com o show de abertura do cantor Heberth Azzul, que sobe ao palco do Ginásio do SESI, às 20 horas. Os ingressos estão disponíveis no Acesso Vip (Parque Shopping e Unicompra Farol) e Viva Alagoas (Maceió Shopping), variando de R$ 64 a R$ 500. Para mais informações (82) 9 9943-0909.

Serviço:

O que: Ana Carolina – Grandes Sucessos

Quando: 22 de setembro

Onde:Ginásio do SESI

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Projeto voluntário incentiva participação de adolescentes no atletismo

367f6e48 40cd 490e b73e c764dec95842

Incentivar crianças e jovens a participarem, e se manterem, ativos nos esportes até a vida adulta. Esta é a proposta do projeto Correndo para o futuro, coordenado pela professora de educação física Karlla Emanuelle Ferreira Lima Paiva, e desenvolvido com cerca de estudantes das redes pública e privada de Arapiraca.

Iniciado em 2013, o projeto começou com quatro estudantes e, hoje, conta com cerca de 40. Além de manter uma rotina de treinos, os jovens também participam de competições em todo o País. Eles já estiveram em Maceió (AL), Natal (RN), Recife (PE), Uberlândia (MG), Belo Horizonte (MG), Fortaleza (CE), Cuiabá (MT) e João Pessoa (PB).

O foco do projeto é o atletismo. “Participamos de todos os campeonatos alagoanos realizados pela Federação Alagoana de Atletismo (FAAT), bem como de corridas de rua em nosso Estado. Nestas competições, com frequência, ocupamos as primeiras colocações em todas quase todas que participamos”, destaca a coordenadora.

Alysson de Araújo Lima, 21 anos, graduando em educação física, está no projeto há mais de um ano. “O projeto me possibilitou participar de competições estaduais e nacionais. Sempre tive um sonho de ser atleta, porém nunca tive oportunidade ou alguém que me orientasse e direcionasse, até a professora Karlla me aceitar no projeto”, revelou o jovem que tem conquistado resultados expressivos.

O projeto conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Arapiraca e de empresas privadas, como a Fórmula Academia, onde quatro jovens atletas treinam duas vezes por semana, como qualquer aluno da empresa. “A Fórmula cede o espaço – com acesso a todas as máquinas, e o professor para o treinamento de força dos meninos”, frisa o coordenador Christian de Andrade.

Para o estudante Matheus Ferreira de Lacerda, de 17 anos, participar do projeto foi a porta de entrada para a prática esportiva. “Através do projeto conheci o esporte que mudou a minha vida, o atletismo”, afirma. E ele ainda ganhou o apoio de empresas e profissionais locais, como a Fórmula Academia, nutricionista Renata Marinho e Muscle Suplementos, além do patrocínio da Oops Telecom e Serdil. 

Matheus, que hoje está incluído em um projeto autônomo de carreira, continua focado nos treinos na Fórmula Academia. “Para se manter preparado para competir não tem segredo, você tem que treinar e é por isso que ao invés de estar na rua ou em casa jogando vídeo game, estou treinando e ocupando minha mente”, filosofa.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Zé Lezin apresenta novo show em Arapiraca no feriadão

Divulgação B8ef77bb 7ab0 42f7 91be 7a9e2c5ee871

Com informações da assessoria de comunicação

O comediante Zé Lezin  estará em Arapiraca, na próxima sexta-feira (8), com o seu espetáculo de stand-up “Um matuto na lava jato”. A apresentação acontecerá no Ginásio João Paulo II, às 20h30. O humorista embarca para uma aventura em um dos maiores escândalos da política brasileira e não mede esforços para fazer humor com os políticos.
 

O paraibano falará sobre a situação em que o país se encontra com muito humor e irreverência. Alfinetando os políticos e também os eleitores, afinal o matuto não consegue negar fogo a ninguém. Ele ganhou destaque nacional após participar da “Escolinha do professor Raimundo”, em 1998, onde interpretava o Zé Paraíba, logo depois o programa global transformou-se na “Zorra Total” e o artista alterou o nome do seu personagem para Zé Lezin, e mantém até hoje mesmo não fazendo mais parte do programa.
 

Nos palcos, carrega um sotaque típico nordestino e interpreta personagens simples, sem o excesso de adereços, conquistando seu público país afora. Intitulado como “especialistas em piadas de matutos”, tornou-se referência no cenário humorístico por não abandonar suas raízes. Em outubro de 2016, apresentou “Em ano político o show é só fuleragem”, no Teatro Gustavo Leite, em Maceió com duas sessões esgotadas.
 

Este ano ele apresenta o show que marca seus 30 anos de sua carreira. O DVD deste projeto foi gravado em Recife, no Teatro Guararapes e será lançado em breve. 
 

A primeira cidade do estado de Alagoas a receber o novo show do humorista será Arapiraca e ainda não existe previsão para o show ser apresentado em Maceió, capital do estado.
 

Os ingressos estão disponíveis no Acesso Vip (Arapiraca Garden Shopping), Loja Via G e Oficina do Smarthphone. Além do aplicativo da produtora, que está disponível para iOS e Android, para download basta procurar por Farra Chique. Para mais informações: 82 99943-0909.

 

Serviço: UM MATUTO NA LAVA JATO – ARAPIRACA

Quando: 8 de Setembro 

Onde: Ginásio João Paulo II, em Arapiraca

Horário: 20h30

Realização: Farra Chique Entretenimento

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.
Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com