Laboratório Nabuco Lopes inaugura unidade em Arapiraca

Gonzaga Home Video Db8e57ea 9f8d 4e42 ad41 a60c40d59925 Gerente do Sebrae e anfitriã descerram placa

Embalados pela boa música da banda Dona Flô, imprensa e profissionais da área de saúde prestigiaram, na noite desta terça-feira (13), a recepção de inauguração da nova unidade do Laboratório Nabuco Lopes, no Centro de Arapiraca. A anfitriã da noite, a médica ​patologista ​e empreendedora Sofia Acioli recebeu pessoalmente cada convidado.

Localizado na Rua Fernandes Lima, o laboratório dispõe de uma área física de 580 metros quadrados, estacionamento para 15 vagas e total acessibilidade. A nova unidade do Nabuco Lopes alia o conforto das instalações físicas a um sistema de gestão premiado e reconhecido pela qualidade e tecnologia no ramo laboratorial.

Sofia Acioli agradeceu o acolhimento e ressaltou que a empresa vai se empenhar para prestar o melhor serviço laboratorial em análises clínicas da cidade.  “Nossa intenção é compartilhar. É crescer junto com Arapiraca e prestar um serviço de qualidade. Estou muito feliz. Senti-me muito acolhida em Arapiraca e espero retribuir, dando o melhor de nós”, explicou Acioli.

O gerente regional do Sebrae, em Arapiraca, Arestides Minervino, destacou a importância da chegada do laboratório em Arapiraca. “A cidade cresceu, nos últimos 13 anos, mais do que em 80 anos. Precisa de serviços de qualidade para atender bem à nossa população”, afirmou. Minervino lembrou ainda que a médica Sofia Acioli é reconhecida pela veia empreendedora, tendo sido contemplada com o Prêmio Sebrae Mulher de Negócios pelo trabalho à frente do Nabuco Lopes.

Durante a cerimônia, as instalações físicas receberam ainda uma bênção do padre Paulo, da Paróquia de São Pedro.

Serviço:

Laboratório Nabuco Lopes - Unidade Arapiraca

Rua Fernandes Lima, 531. Centro

Telefone: (82) 3026.9333

Atendimento de segunda a sexta-feira, das 6h às 17h; e no sábado, das 7h às 11h.

Texto: Assessoria/Laboratório Nabuco Lopres
Fotos: Gonzaga Home Video

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

"Suicídio é problema de saúde pública", aponta psiquiatra

Eef6dc35 5281 483e a905 eb475bbc86e8 Valfrido Leão

De acordo com pesquisa realizada pelas universidades Federal de Alagoas (Ufal) e de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal), Alagoas registrou 513 casos de suicídio, entre 2013 e 2015. O número chama a atenção para uma questão de saúde pública ainda pouco debatida: o suicídio.

Em entrevista, o psiquiatra Valfrido Leão de Melo Neto, graduado pela UFAL, com especialização, mestrado e doutorado pelo Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IPUB/UFRJ), esclarece diversas questões acerca do tema, bem como aponta orientações para prevenir o suicídio. 

Confira a entrevista na íntegra:

Blog: Há estudos acerca das razões que levam o indivíduo a cometer o suicídio? Se sim, o que motiva o suicídio?

Valfrido Leão: Na verdade existe toda uma corrente de estudo sobre o suicídio, chamada Suicidologia. O pai da Suicidologia, Shneidman, refere que o principal motivo pelo o qual alguém se suicida é para eliminar uma dor psíquica insuportável. O que leva a essa dor insuportável, no entanto, pode variar entre as pessoas. Problemas de relacionamento, perdas como as do status econômico, do emprego, do papel na sociedade, de um ente querido, podem motivar uma crise pessoal. É importante ressaltar que o suicídio é um fenômeno complexo e multifatorial.

O comportamento suicida envolve desde os pensamentos sobre morte, ideação suicida, tentativas de suicídio até o suicídio consumado. Alguns fatores de vulnerabilidade já foram identificados, como: maus tratos infantis (quanto mais grave o abuso, maior tende a ser a vulnerabilidade), história familiar de comportamento suicida, alto grau de impulsividade, baixa auto-estima, desempenho escolar ruim, entre outros. Estes fatores são especialmente importantes naqueles que sofrem de depressão.

Observa-se que pelo menos 90% daqueles que se suicidam apresentam algum transtorno mental, sendo a depressão o mais comum. Outros transtornos como o Transtorno Bipolar, Esquizofrenia e Dependência Química, além dos Transtornos de Personalidade também apresentam papel importante nesse fenômeno. Costuma-se dizer que o transtorno mental é uma condição necessária, porém não suficiente, para explicar o suicídio, tendo influência dos fatores de vulnerabilidade principalmente a história pessoal de tentativas prévias de suicídio. Assim, não podemos afirmar que exista um motivo específico para o suicídio, mas uma soma de fatores desde transtornos mentais a eventos de vida estressantes, baixo suporte social, sensação de desespero e desesperança que levam a uma dor psicológica insuportável, para a qual o suicídio parece, para a pessoa que o comete, como uma solução. Porém, como diz o Jornalista Andrew Solomon em seu premiado livro "O demônio do meio-dia", o suicídio é uma solução permanente para um problema temporário.

 

Blog: Falar sobre suicídio ainda é um tabu em nossa sociedade? Por quê?

Valfrido Leão: Sim, muito provavelmente porque as pessoas não sabem como abordar o tema, se sentem desconfortáveis falando sobre esse assunto, temem estimular o suicídio daqueles que precisam de ajuda ou envolvem questões de julgamento moral ou religioso sobre o suicídio. Alguns receiam perguntar, pois pensam que, se o sujeito responder que tem vontade de se matar, não saberá como agir e se sentirá responsável pela vida dessa pessoa.

Blog: Em que idade os suicídios são mais frequentes?

Valfrido Leão: Historicamente os suicídios costumavam ser mais comuns entre os idosos, do sexo masculino, sem companheira(o), com doenças crônicas e depressão. Contudo, dados recentes da OMS apontam que o suicídio se tornou a segunda principal causa de morte em jovens abaixo dos 25 anos de idade e a principal causa de morte entre garotas adolescentes.

Blog: A família e os amigos podem ajudar potenciais suicidas? Como?

Valfrido Leão: Sim. A família e os amigos podem ter um papel crucial na prevenção do suicídio. Ao contrário do que se imagina, conversar sobre suicídio não estimula o ato, aliás, costuma trazer um grande alívio para quem está pensando em se suicidar. Sentir que alguém realmente se importa com ele e demonstra interesse em ajudar, pode trazer esperança para o potencial suicida. Também, é através de uma conversa aberta, franca e sem julgamentos, que o sujeito com risco de suicídio pode passar a se sentir compreendido e assim aceitar ajuda especializada.

Esta pode ser adquirida tanto em serviços públicos como Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e Emergência Psiquiátrica (Hospital Portugal Ramalho), como no setor privado, em serviços ambulatoriais, consultórios. Também, pela internet, como através do Site do Centro de Valorização da Vida: www.cvv.org.br, no qual tanto pode se falar por chat ou email, como por uma linha direta.

Blog: Como identificar que um indivíduo pretende cometer suicídio?

Valfrido Leão: Relatos de que a pessoa sente que sua vida perdeu o sentido, que seria melhor morrer ou sumir, ou ainda que pensa em colocar um fim à própria vida dão um bom indício do risco. Encontrar mensagens ou cartas de adeus também podem ser uma sugestão. Pessoas que vinham muito angustiadas e de repente parecem tranquilas como se tivessem encontrado uma solução para a sua angústia, merecem atenção. Também, quando observamos que as pessoas parecem se preocupar em tomar providências para proteger seus entes queridos, como fazer testamentos ou seguros de vida e organizar documentos.

Blog: O que pode ser feito para prevenir o suicídio?

Valfrido Leão: Apesar de ser um problema de saúde pública, o suicídio pode ser prevenido. Este é um esforço que deve ser compartilhado com toda a sociedade. Costumam ser fatores de proteção: manter bons laços afetivos, bom relacionamento com amigos e familiares, alimentação saudável, dormir bem, evitar uso de álcool e outras drogas e praticar exercícios físicos, entre outros. Também se faz importante identificar as pessoas expostas a fatores de risco como: abuso emocional, físico ou sexual, violência doméstica, instabilidade familiar, falta de suporte social, bullying, isolamento social, desemprego, aposentadoria, entre outros. A partir daí, investigar o estado emocional dessas pessoas e encaminhar para ajuda especializada as que se mostram em sofrimento. Dificultar acesso a meios que possam levar ao suicídio, como impedir o acesso a armas de fogo ou venenos. Também, com ajuda especializada, diagnosticar o mais rápido possível qualquer transtorno mental, a fim de tratá-lo e evitar complicações como o comportamento suicida. O tratamento pode envolver medicamentos, psicoterapia e em alguns casos internação.

Blog: Há hoje políticas públicas voltadas para prevenir o suicídio? Elas funcionam?

Valfrido Leão: A OMS lançou um plano de ação, cujo objetivo é reduzir em 10% os números de suicídio até 2020, no mundo. No Brasil, o Ministério da Saúde instituiu as Diretrizes Nacionais para a Prevenção do Suicídio, a partir da portaria No. 1.876, de 14 de agosto de 2006 e lançou manuais para capacitação de profissionais da saúde mental. Ainda assim carece de executar um trabalho de restrição a meios de suicídio, redução do estigma, treinamento de profissionais de saúde além de bombeiros, professores, policiais, entre outros e de orientações para a mídia, de modo maciço e sistematizado. Ainda é necessário ampliar acesso a serviços de saúde mental, abordar mais efetivamente os que sofrem por abuso de álcool e outras drogas, manter um programa especial de avaliação e acompanhamento daqueles que já tentaram suicídio, além de melhorar as políticas de qualidade do trabalho e apoio aos desempregados, entre outras ações.

Blog: Qual o panorama dos casos de suicídio no mundo e em Alagoas?  

Valfrido Leão: A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que a cada ano cerca de um milhão de pessoas morre por suicídio, sendo este um problema de saúde pública. No mundo, uma morte a cada 40 segundos ocorre por suicídio, que representa a décima quinta maior causa de morte no planeta. Na América Latina, o Brasil lidera o ranking de mortes por suicídio em números absolutos, tendo registrado 11.821 casos em 2012.

Uma pesquisa realizada em parceria entre as Universidades Federal de Alagoas (UFAL) e de Ciências da Saúde de Alagoas (UNCISAL), pelos cursos de pós-graduação de Medicina e Enfermagem, constatou que entre 2013 e 2015, em Alagoas, foram registrados 513 casos de suicídio. Sendo 3 vezes mais casos de homens que de mulheres. Os casos ocorreram em pessoas entre 10 e 87 anos de idade. Quarenta e dois por cento dos casos ocorreram na faixa dos 30 aos 49 anos, seguida da faixa dos 15 aos 29 anos, com 31%. As cidades com mais registros foram: Maceió (141), Arapiraca (44) e Palmeira dos Índios (18); porém as cidades com as maiores taxas por 100.000 habitantes foram: Major Isidoro (19,4/100.000 habitantes), Coité do Nóia (18,3/100.000 habitantes) e Mar Vermelho (18,2/100.000 habitantes), com taxas semelhantes às dos países do leste europeu. Vale ressaltar, contudo, que os registros no Brasil, inclusive em Alagoas, podem estar subestimados devido à deficiência no preenchimento dos dados dos serviços de saúde em geral e da dificuldade em se tipificar algumas mortes como decorrentes de suicídio.

O suicídio é um problema de saúde pública e seu número vem crescendo no Brasil, nos últimos anos, o que tem motivado a Associação Alagoana de Psiquiatria a fazer um trabalho de conscientização junto à população com o intuito de frear o avanço dessas taxas.

Desde 2003, a OMS passou a celebrar o dia 10 de setembro, como o dia mundial de prevenção ao suicídio.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Botox, selagem ou escova? Como escolher o tratamento ideal para os cabelos

2ff0679f 8277 4d8f 9ee7 909c158a6128 Profissional precisa ser capacitado

Decidir qual tratamento fazer para deixar as madeixas alinhadas não é tarefa fácil. A variedade de produtos disponíveis no mercado é enorme e, nem sempre, são dde qualidade. O maior risco está nos cosméticos com formol acima do nível permitido pela Anvisa que podem causar danos aos cabelos e também para a saúde.

Por isso, antes de escolher, é preciso saber que produto será utilizado pelo profissional e qual  a sua composição química. É importante, principalmente, ter certeza da competência e da responsabilidade de quem vai realizar o serviço.

Em Arapiraca, a empresária Elizabete Carvalho, à frente do Palazzo – Centro de Beleza e Spa, explica que utiliza três tipos diferentes de processos para deixar os cabelos das clientes lisos, saudáveis e alindados: o botox capilar, a blindagem dos fios e o realinhamento térmico. Todos possuem a mesma finalidade, mas diferem nas fórmulas e na intensidade dos resultados.

Elizabete ressalta que há o procedimento ideal para cada tipo de cabelo. No Palazzo, é realizado o diagnóstico e indicado aquele que melhor atende ao desejo da cliente e que seja adequado para os fios.  “Temos vários tipos, um pra cada tipo de cabelo. Desde os cabelos finos até aqueles com fios mais grossos. A proposta é ter cabelos alinhados, sem frizz e com brilho”, afirma.

Segundo a empresária, além das profissionais capacitadas, o salão não dispensa o controle de qualidade dos produtos utilizados. “Usamos marcas reconhecidas no mercado que respeitam o consumidor e a legislação”, garante.

Pós-tratamento
Os cuidados pós-alisamento também são importantes para fazer a selagem durar mais. A recomendação é utilizar xampus e condicionador sem sal, o que faz com que os cabelos mantenham o aspecto liso e saudável por mais tempo.  Não se esqueça de consultar o profissional que realizou o tratamento acerca dos produtos mais adequados para o seu tipo de cabelo.

Em caso de dúvidas, a cliente também pode consultar um dermatologista.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Um ano de Blog da Clau Soares. Pausa para agradecer

Valdeir Góis 783ca855 81c7 4fda a43e c46aa8e540b7 Um ano!

Há um ano, teve início uma nova etapa da minha vida profissional: nasceu o Blog da Clau Soares, com espaço no cadaminuto.com.br, um dos maiores sites de notícias no Estado.

Um grande motivo para celebrar. Minha ideia inicial era apenas dividir um bolo com café com amigas mais próximas que, de uma forma ou de outra, motivaram-me a seguir nesta jornada que, não é tão fácil quanto parece.

O que era para ser um pequeno encontro, transformou-se em uma festa, em um piscar de olhos: o Escritório Comedoria cedeu o espaço e comidinhas; a Kely da Realizar’t fez o cerimonial; Santo Brownie, Valentina Brigadeiros e Mari Medeiros presentearam-me com as guloseimas doces: brownie, brigadeiro e bolo glamouroso.

A JB Flores cedeu os belos arranjos; a Prado Impressão Digital, os cartões de visitas com glitter; a SIG Outdoor, o backdrop; as caixinhas da lembrancinha vieram do ateliê Mãos Talentosas. Dona Flô cantou; o fotógrafo Valdeir Gois do Shows Arapiraca fez as fotos. Minha irmã e assessora, a administradora Patricia Soares, auxiliou em todas as etapas.

De repente: uma noite linda, graças a amigos que vieram com o blog e o apoio incondicional da minha família!

Restou-me a conclusão óbvia: o maior presente, em todas as ocasiões, é estar rodeada por pessoas especiais. Não deu para chamar cada leitor, cada seguidor, cada amigo, mas cada pessoa presente, nesta quinta-feira (25), no encontro de amigas, em Arapiraca, representou uma parte do meu coração: família, amigos, parceiros, leitores. E são para vocês - e por vocês - que mantenho este Blog da Clau Soares. 

Por tudo isso, meu coração é só amor e gratidão! Muito obrigada!

Confiram as fotos da noite: http://www.showsarapiraca.com.br/coberturas/aniversario/primeiro-ano-do-blog-clau-soares

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

NN: Quando um meio de comunicação muda a cultura de uma cidade

A22fec9c 98b9 4784 b116 5a45e1ed4c2b Nelson Filho nos estúdios da NN

(Dedico esta matéria a Jarbas Lúcio, grande comunicador de Arapiraca que faleceu na madrugada deste domingo).

Em 1922, a primeira transmissão oficial de rádio no Brasil era realizada, no Rio de Janeiro, na época, capital do País. Mais de cinco décadas depois, em 20 de agosto de 1976, o meio de comunicação chega à Arapiraca, com um gostinho de vitória diante de tantos entraves durante o processo de liberação pelo Governo Federal. A Rádio Novo Nordeste, na ativa há 40 anos, tornou-se “A Pioneira”, abrindo o caminho para veículos e profissionais da área.

A história da chegada do rádio ao Agreste alagoano é contada no livro “A Saga da Rádio Novo Nordeste: A pioneira”, de Judá Fernandes de Lima e Almira Gouveia Alves Fernandes, publicado em 2013. Na obra, os autores revelam, entre tantos outros detalhes, que Arapiraca sequer estava no Plano Básico de Canais do Ministério de Comunicações.

Segundo os autores, na época uma comitiva foi formada por empresários e autoridades locais a fim de garantir a liberação de um canal para a região. Os pedidos chegavam insistentes ao Ministério, a ponto do ministro confessar em uma conversa que só faltava “Nosso Senhor Jesus Cristo” solicitar o canal de rádio para Arapiraca.

A chegada da Rádio Novo Nordeste virou um marco e uma referência, proporcionando diversas mudanças culturais e contribuindo diretamente para o desenvolvimento local.

Revelando profissionais

Em seus estúdios, grandes nomes da comunicação foram revelados. Entre eles, o radialista Nelson Filho que, mais que comunicador, tornou-se um símbolo da cidade e, principalmente, do ASA de Arapiraca.

Nelson Filho lembra que trabalhava em uma rádio, em Sergipe, sua terra natal, quando foi convidado para narrar um jogo entre ASA e Sport Clube Recife, em 1977. Ele só tinha 18 anos de idade. “Eu era principiante”, disse. Foi a primeira vez que ele esteve em Arapiraca e, antes do final daquele ano, Nelson se mudava, definitivamente, para o município alagoano. De lá para cá, passaram-se 39 anos. Dos quais, somente um não foi trabalhando na Novo Nordeste.

O radialista conta que, apesar de não ter formação na área, descobriu a vocação ainda na adolescência. “Sou um autodidata no rádio. Não fiz nenhum curso para ingressar na radiofonia esportiva. Fiquei fã de rádio porque tinha um irmão que era radialista. Acompanhava muito o trabalho dele, dos outros profissionais”, explica.

Sobre a sua relação com a Novo Nordeste, Nelson declara: “nossas vidas se confundem. Nunca me imaginei fora desse convívio da rádio Novo Nordeste, apesar de que um dia vou ter que me afastar, por um motivo ou por outro. A rádio Novo Nordeste é, profissionalmente, intimamente, a minha vida”.

Nelson Filho: 12o jogador do ASA

Conhecido como a “explosão do rádio”, Nelson Filho é singular nas narrações dos jogos nos quais o ASA está em campo. A emoção vai além das ondas sonoras e contagia os ouvintes. “Alguém já disse antes e eu concordo: a narração do Nelson Filho é o 12o jogador do ASA”, destaca a jornalista Mariana Lima, pernambucana, torcedora do time arapiraquense.

Mariana Lima costuma assistir aos jogos do ASA, pela rádio Novo Nordeste, com o pai, arapiraquense, Benigno Nascimento, e explica que a narração de Nelson Filho é indispensável de tão “característica”. “Tem que ter nervos pra acompanhar. Tem hora que ele narra, tem hora que ele torce e a gente não sabe o que esperar, sofre junto. Aprendemos com nossos tios, víamos a agonia de painho, foi uma coisa que aprendemos a "conviver" desde que passamos a acompanhar o ASA”,  diz.                

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Criador do Arapiraca do Deboche investe em canal Youtube

Humor está sempre presente 4dddf71e f8a3 42d2 9c34 16a925f54c88

Prestes a fazer 25 anos, o estudante de publicidade e propaganda, João Paulo Tenório, tem faro para a criação de perfis de sucesso na internet. Arapiraquense, ele é o criador da fanpage Arapiraca do Deboche, que hoje conta com mais de 77 mil fãs no Facebook e quase 70 mil seguidores, no Instagram, que satiriza o cotidiano da cidade de Arapiraca. Seu novo desafio é o canal no Youtube Bobéisso com vídeos que trazem informações diversas com muito humor e criatividade.

Como típico membro da Geração Y, João Paulo tem intimidade com as redes sociais. Mas, ao contrário da maioria dos usuários, ele encara as plataformas digitais como uma oportunidade de colocar projetos em prática. Antes do perfil Arapiraca do Deboche, ele tinha criado dois sites. Um dos quais, o Mundo ASA, abriu portas para ele trabalhar em site local de notícias. Ele revela ainda que já teve até blog, o Humor sem Graça. Estes trabalhos, porém, acabaram ficando de lado com a ascensão das novas mídias.

Com o Bobéisso, João Paulo quer compartilhar informações sobre Arapiraca, Alagoas e o Nordeste. A proposta é levar conhecimento ao público, de forma divertida. “Quero que o canal acrescente”, afirma.

 As gravações são feitas, a portas fechadas, no estúdio improvisado, na casa dos pais, onde passa o final de semana. “Meu pai é meu maior fã”, revela João Paulo que conta com o apoio da família, principalmente na hora de divulgar o seu trabalho nas redes.

É o próprio João Paulo quem faz as pesquisas, os roteiros e edita os vídeos. “Eu sou curioso. Gosto de saber, de passar (informações)”, explica. Em três meses de canal, ele já postou nove vídeos. O primeiro deles, o “Cuscuz de Mundiça”, ultrapassou a marca das 10 mil visualizações. No vídeo, João Paulo relembra uma atração de Arapiraca que fez sucesso entre as crianças arapiraquenses, na década de 1990. Impossível não rir com as sacadas do futuro publicitário.

Apesar de comunicativo nos vídeos, João Paulo jura que se esforça para disfarçar a timidez. Ele lembra que, no início, foi convidado para conceder uma entrevista em uma rádio local, mas não foi porque ficou envergonhado. Ainda assim, ele demonstra desenvoltura e muito humor nos vídeos. “Eu gosto da resenha”, confessa.

Para quem ainda não conhece o canal, basta acessar: https://www.youtube.com/watch?v=9oK4n4kOmNI

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Adolescentes aprendem a empreender em Arapiraca

Clau Soares 900ac539 91ce 4e91 8eba edcc90296803 Instrutora supervisiona atividades

O barulho do impacto do martelo sobre o prego denuncia que ali há trabalhadores. Ao entrar na sala, a cena é incomum: adolescentes concentrados e disciplinados trabalham em harmonia, com um pedaço retangular de madeira, linha, prego e martelo, em pleno sábado. Essa é a visão da turma do curso de empreendedorismo para jovens, em Arapiraca, da organização não governamental Junior Achievement.

Cerca de 30 estudantes do ensino médio participam do programa, somente em Arapiraca, que visa despertar o interesse para a abertura de novas empresas que possam ofertar produtos, gerar empregos e incrementar a economia local, de forma ética e responsável.

Nos encontros, que ocorrem aos sábados, os participantes, entre 14 e 16 anos, aprendem a criar e manter uma empresa, com orientações que vão desde a questão legal até a gestão dos recursos humanos. A estudante Suzimilly dos Santos, 16, demonstra empolgação ao falar sobre o curso. “A gente ganha conhecimento em economia e negócios, preparando-se para o mercado de trabalho”, explica.

A tutora voluntária, a empresária Any Laryssa da Silva, explica que, durante o programa, os alunos vivenciam, de fato, uma empresa, inclusive com a definição de salários para cada cargo e função. Ao longo da experiência, a turma desenvolve a empresa e, ao final, os lucros ou prejuízos são compartilhados entre os membros – todos sócios da Sociedade Anônima (modalidade de empresa com ações). “O programa mostra realmente como uma empresa funciona”, destaca Laryssa.

Nesta edição, das propostas apresentadas pelos grupos da própria sala, a confecção de quadros com String Art foi a vencedora. O String Art é uma técnica manual que permite a criação de desenhos com linhas, sobre uma base de madeira, e que são utilizadas, normalmente, para decoração.

Atualmente, a Quadrart S.A está em plena fase de fabricação e, a partir da próxima semana, serão iniciadas as vendas. Cada quadro, que demora em média 40 minutos para ficar pronta, será vendido com valor entre R$ 18 e R$ 25. Os impostos, que, na realidade, seriam recolhidos pelos órgãos fiscais, serão destinados a uma instituição de caridade do município.

As aulas tiveram início em junho e devem ser concluídas em dois meses. Os trabalhos da turma de Arapiraca, único município do interior de Alagoas que conta com a iniciativa, serão apresentados em um shopping, em Maceió, onde também será realizada a formatura.

No agreste alagoano, os tutores voluntários são do Grupo Coringa, Sistema Pajuçara de Comunicação, Araforros e Valentina Brigadeiros. O apoio de empresas privadas é fundamental para a realização do programa que, este ano, foi reduzido em Alagoas, em virtude da falta de patrocínios locais.

Para quem ficou interessado em adquirir os produtos da Quadrart, seguem os endereços nas redes sociais. Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100012839115317&fref=ts e Instagram: @quadrart_

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Ciclo de palestras sobre casamento esclarece dúvidas de casais em Arapiraca

Foto: Pixabay 930e32a1 a0a6 4fe3 a49c 972e943b0329

Os casais de noivos costumam ficar cheios de dúvidas quando o assunto é organizar o casamento. Desde a cerimônia religiosa até a festa, as possibilidades são tantas que há grandes chances de fazer escolhas equivocadas. Para facilitar e esclarecer dúvidas, será realizado o Encontro de Noivos, no próximo domingo (31), às 15h30, no espaço de festas Oásis, em Arapiraca.

Serão ministradas as palestras Planejando o casamento. Por onde começar, com a cerimonialista e relações públicas Kely Aline Gomes; Casamento Civil: Tipos, procedimento e documentação necessária, com o advogado José Carlos Nunes de Lima Júnior; e A importância dos exames pré-nupciais, com a biomédica Janine Loz.

Após realizar uma consulta com algumas noivas, a organizadora do ciclo de palestras, Kely Aline Gomes, descobriu que o maior interesse dos casais é conhecer os fornecedores de produtos personalizados para a cerimônia. “Conversei com alguns parceiros e montamos a estrutura para receber noivos e noivas, além de pessoas interessadas no tema”, explicou.

Assim, o público poderá ainda prestigiar a exposição de produtos personalizados, degustar produtos e curtir a música ambiente que ficará por conta do músico Alexandre Cordatto e do DJ Felipe.

Solidariedade

A organização do evento destacou que a entrada é um quilo de alimento não  perecível. Todos os gêneros alimentícios doados serão destinados a um senhor, residente no bairro Planalto, em Arapiraca, pai de sete filhos, que perdeu a casa e está passando por dificuldades financeiras.

Parceiros e expositores

Buffet La Maison, Fabiana Gondim- cabine de fotos; Cachaçaria A Cabana; Erivelton Tequileiro; Mari Medeiros; T Gourmet; Sweet Cakes Design; Mãos Talentosas; Mimos da Rafa; Luanny Personalizados; Gilmar Lira Fotógrafo; Maria Clara Queiroz personalizados; Alexandre Fotografias; AeL Brindes  e Oásis Espaço de Festas.

Mais informações:
82 9 8140-1848 – Kely Aline

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

O Boticário lança linha inovadora de cuidados faciais

Divulgação 81c746f4 8b37 453d 9514 4847f14f7e91 Linha completa para rosto

A marca O Boticário dá um largo passo na inovação ao lançar uma linha completa de cuidados faciais que foca em soluções por necessidade, e não por tipo de pele ou idade. É o fim do 30+, 45+ etc. Ao todo, são 10 produtos divididos em três fases – tratamento (com a exclusiva tecnologia Skin Adapt®), pré e pós-maquiagem. Detox com vitamina C pura, multiprotetor com FPS 50, primer antioleosidade com efeito Blur e demaquilante micelar são apenas algumas das muitas novidades. Make B. Facial já está disponível nas lojas, no e-commerce e com as revendedoras do Boticário.


Serviço:

Make B. Nutridetox-C Noturno

Preço sugerido: R$ 69,99
 

  • Possui tecnologia Skin Adapt® que garante hidratação superior e controle de oleosidade ao longo do dia por até 8 horas
  • Dois produtos em 1: vitamina C pura isolada em silicone e complexo especial de vitaminas que promove detox celular, estimulando a produção de colágeno e elastina
  • Não há necessidade de preservar a vitamina C refrigerada
  • Uso binário (duas ampolas ao mesmo tempo)
  • Previne o envelhecimento precoce e permite uma pele mais firme, iluminada e com tom uniforme em 5 dias.


    Make B. Hidratante Multiprotetor Diurno

Preço sugerido: R$ 69,99

  • Possui tecnologia Skin Adapt® que garante hidratação superior e controle de oleosidade ao longo do dia por até 8 horas
  • FPS 50, proteção UVA, UVB e IV (contra raios infravermelhos)
  • Ativos antioxidantes que previnem o envelhecimento precoce da pele
  • Toque seco
  • Opção na versão tonalizante
     

Make B. Sérum Anti-Idade Diurno

Preço sugerido: R$ 94,00

  • Possui tecnologia Skin Adapt® que garante hidratação superior e controle de oleosidade ao longo do dia por até 8 horas
  • Contém Ômêga 3 e 6, ácido hialurônico e peptídeos que ajudam na produção de colágeno
  • Profunda ação anti-idade
  • Atua diretamente na firmeza e elasticidade da pele
  • Promove efeito lifting e preenchimento imediatos
  • FPS 30

Make B. Mousse de Limpeza Tonificante 2 em 1

Preço sugerido: R$ 48,99

Preço sugerido refil: R$ 37,99

  • Garante a remoção de impurezas e a tonificação da pele
  • Proporciona toque suave por meio de espuma macia e refrescante
  • Deixa a pele com aparência radiante, profundamente limpa
  • Evita obstrução dos poros

Make B. Primer Antioleosidade

Preço sugerido: R$ 63,99

  • Efeito Blur (disfarce imediato de imperfeições e linhas de expressão)
  • Efeito mate e toque seco
  • Controle de oleosidade ao longo do dia (até 8 horas)
  • Reduz o tamanho e quantidade de poros
  • Hidrata e forma um filme sobre a pele

Make B. Primer Clareador

Preço sugerido: R$ 63,99

  • Possui ativos especiais que atuam na uniformização do tom da pele, como Extrato de Tangerina Japonesa, Niacinamida e Extrato de Palmaria
  • Pode ser utilizado de dia (não contém ácidos na formulação)
  • Mantém a pele hidratada por até 24 horas

 

Make B. Peeling de Cristal Nutriesfoliante

Preço sugerido: R$ 49,99

  • Reduz o excesso de oleosidade e remove as células mortas sem agredir a pele
  • Deixa a pele com uma agradável sensação de maciez e suavidade
  • Esfoliação Inteligente que permite dois níveis de limpeza. A seco, a esfoliação é profunda, mas em contato com a água o produto transforma-se em uma leve loção hidratante para esfoliação suave.

Make B. Demaquilante Bifásico 4 em 1

Preço sugerido: R$ 42,99

  • Remove efetivamente a maquiagem comum e à prova d’água
  • Nutre a pele por meio de fórmula com vitaminas
  • Formulação oil free
  • Possui Pantenol que promove ação hidratante
  •  

Make B. Demaquilante Fluido Micelar

Preço sugerido: R$ 42,99

  • Pode ser utilizada durante o banho
  • Suas micelas absorvem os resíduos removendo a maquiagem e as impurezas sem agredir a pele
  • Contém extrato de violeta, Pantenol, Vitamina E e Bisabolol de efeito calmante

 

Aparelho Facial Elétrico 3 em 1

Preço sugerido: R$ 42,99

  • Potencializa os resultados dos produtos de Make B. Facial
  • Três escovas específicas: esfoliante, para aplicação de hidratantes e séruns e massageadora
  • Dois níveis de vibração
  • Tamanho compacto (7cm de altura x 6cm de largura)
  • Feito em ABS e silicone
  • Funciona com pilhas AA (não inclusas)

Fonte: Assessoria de Comunicação

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Assistente social vira empresária com culinária fitness em Arapiraca

Igor Castro 361fe9c0 905e 4fb1 b509 a3459c10221e

Ao decidir mudar seus hábitos alimentares, em 2015, Iza Castro não imaginava que isso também se tornaria um bom negócio. Assistente social, ela sempre gostou de cozinhar, mas foi somente quando a hipertensão se tornou preocupante que ela decidiu adotar uma rotina mais equilibrada e saudável. Daí para o início do delivery de culinária fitness, Madame Castro, bastou apenas o incentivo da família.

A princípio, as refeições elaboradas com ingredientes integrais, menos sal, ervas para dar sabor e com mais verduras e legumes eram feitas separadas da comida “normal” da família. “Comecei a pesquisar e treinar receitas”, lembra. Em pouco tempo, o sabor conquistou mais adeptos dentro de casa e a cunhada de Iza sugeriu que ela passasse a vender os pratos fitness.

Segundo Castro, tudo aconteceu muito rápido e, em pouco tempo, a empresa Madame Castro era uma realidade. Apoiada pela família, Iza passou a elaborar o cardápio semanal, com as orientações da nutricionista Juliana Bernadino, e a enviar as quentinhas saudáveis diariamente para os clientes. Em pouco tempo, ela conseguiu uma boa cartela de consumidores em Arapiraca, Penedo, Batalha, Delmiro Gouveia e até Maceió.

Além do almoço e do jantar ofertados no cardápio tradicional, que muda toda semana, a empresa também elabora pratos adequados para dietas personalizadas. “Fazemos para o método 5S e para cardápios recomendados pelo nutricionista do cliente”, explica.

Hoje, a Madame Castro possui três funcionários e a expansão está nos planos da empresa. Iza Castro revela que não pensa em criar um ponto fixo, mas ampliar a variedade de produtos ofertados para atender a diferentes segmentos. “A gente tem que se reciclar o tempo todo”, leciona, lembrando que em agosto estará em São Paulo para participar de um curso na área de alimentação saudável. “O cliente tem que ser conquistado todos os dias”, frisa. Por isso, as pesquisas não param.

Com a empresa caminhando, a vida de Iza Castro teve inúmeros ganhos, entre eles, a perda de 18 quilos em menos de um ano. As atividades físicas foram aliadas à alimentação saudável e o resultado foi a melhora na saúde da assistente social. O mesmo retorno ela recebe dos consumidores que costumam compartilhar com a empresária a normalização das taxas sanguíneas, após a realização de exames.  

Com a finalidade de auxiliar os clientes na mudança de vida, a Madame Castro mantém parceria com estúdio de circuito funcional, fisioterapeuta, psicólogo e nutricionista, em Arapiraca. Deste modo, além de consumirem alimentos saudáveis, os clientes ganham ainda descontos para a prática de atividades físicas e acompanhamento profissional adequado.

Para viagem

As refeições enviadas para clientes de outras cidades são entregues, com prazo de validade de 30 dias, e podem ser congeladas e esquentadas no micro-ondas na própria embalagem da entrega.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.
Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com