Coluna Labafero

PF encerra inquérito da Lava Jato sem encontrar provas contra Renan Calheiros

Foto: Framephoto Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Renan Calheiros

A Polícia Federal (PF) encerrou a investigação de um dos inquéritos da delação da Odebrecht sem encontrar provas para incriminar o senador alagoano Renan Calheiros e o governador do estado Renan Filho. A informação foi divulgada pelo jornal O Globo.

Segundo os delatores, o Renan Calheiros e Renan Filho teriam ajudado a Braskem-empresa do grupo Odebrecht– no Congresso, aprovando uma lei que permitiu renovar contratos de concessão de energia. Em troca, ambos teriam recebido propina como doação eleitoral.

Caso a Procuradoria Geral da República (PGR) venha a concordar com a PF e, assim, pedir o fim do processo, este será o nono inquérito contra Renan Calheiros a ser arquivado no Supremo Tribunal Federal (STF). O senador tinha 18 inquéritos que o investigava no âmbito da Lava-Jato.

Ciúme entra em campo após suposta pré-candidatura de “influencer” azulino

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Uma pretensa pré-candidatura no pleito eleitoral de 2020 já está causando dores de cabeça a um azulino conhecido nas redes sociais, o engenheiro Alan Lima, responsável pelo perfil @coracaoazulino, com mais de 26 mil seguidores.

Espécie de “porta-voz” da torcida, além de elogios, apelos, questionamentos e reclamações, o perfil também costuma publicar cobranças e críticas ácidas à diretoria do clube.

Conforme pessoas ligadas a Alan Lima, o fato de o nome dele ter sido ventilado como possível pré-candidato a vereador por Maceió, no próximo ano, causou ciumeira nas altas esferas do clube, gerando uma série de ataques supostamente coordenados contra o azulino.

Segundo as fontes, o que antes era levado na “esportiva”, com o perdão do trocadilho, agora virou ofensa pessoal. 

Será?

Subprocurador pede que STF receba denúncia contra Renan Calheiros

Foto: Reprodução / TV Senado Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Renan Calheiros

O subprocurador-geral da República, Juliano Villa-Verde, defendeu no Supremo Tribunal Federal (STF) o recebimento integral de denúncia contra o senador Renan Calheiros (MDB-AL) por corrupção e lavagem.

Segundo informações, Renan é acusado de desvios na Transpetro, subsidiária da Petrobras.

Conforme o site Estadão, Renan negou irregularidades e disse que foi à estatal "uma única vez”.

Jornalista Geraldo Câmara assume presidência da Abrajet

Cortesia Arlindo Tavares Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Geraldo Câmara

O jornalista Geraldo Câmara deu mais um passo importante na sua carreira. Agora, Geraldo assume a presidência da Abrajet – Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo (seccional Alagoas) com a missão de revolucionar a entidade com muitas ideias para o turismo.

Jornalista, publicitário, escritor e apresentador de TV em Maceió – Alagoas, Geraldo Câmara, reúne, em sua trajetória de vida, diversas condecorações e prêmios. Dentre as homenagens estão: O Título de Cidadão Campinense (Campina Grande – PB), o Título de Cidadão Maceioense e o Título de Cidadão Alagoano.

Chapa Ronaldo Lessa e Heloisa Helena para a prefeitura de Maceió?

Plinio Nicácio - Agencia Focus Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Vários correligionários de Ronaldo Lessa não escondem que o ex-governador sonha com uma chapa para a Prefeitura de Maceió formada por ele e a ex-senadora Heloísa Helena como vice, um repeteco da primeira vitória de Lessa como prefeito de Maceió.

Apesar de ter dito que não participará mais de política como candidata, Heloísa publicou um #tbt com uma foto dela e de Ronaldo quando os dois eram prefeito e vice de Maceió. A publicação teve centenas de comentários com pessoas elogiando a antiga gestão e pedindo para a senadora aceitar o convite de Ronaldo para ser vice na sua chapa.

Hoje, além do desejo de Lessa, não existe nada de concreto sobre a colocação da chapa como opção para o eleitorado alagoano. Mas você maceioense? O que acha desta opção?

Collor diz que vê risco de impeachment de Bolsonaro: "Não vejo como este governo possa dar certo"

Foto: Poder 360/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Fenando Collor

O senador Fernando Collor de Mello, em entrevista ao Globo, fez uma avaliação do governo do presidente Jair Bolsonaro. Segundo Collor, Bolsonaro comete os mesmos erro que levaram a seu impeachment.

Para Collor, “continuando do jeito que está, não vejo como este governo possa dar certo”.

“São erros primários. Bolsonaro esteve na Câmara por 28 anos, viu como se forma um movimento numa casa em que o chefe do Executivo não dispõe de maioria”, afirmou.

“Ele tem que entender algo fundamental: o presidente da República é o líder político da nação. Como líder, ele tem que fazer política. E política se faz por intermédio dos políticos e dos partidos”, finalizou.

Em forma de protesto, moradores riscam muros e pedem saída de prefeito

Foto: Redes sociais Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Em forma de protesto, moradores riscam muros e pedem saída do prefeito Kil

O prefeito da cidade de União dos Palmares, Areski do MDB, popularmente conhecido como Kil, foi ovacionado de uma maneira não tão positiva

Imagens que circulam nas redes sociais mostram que algumas paredes na cidade foram pinchadas com a frase, “Fora Kil”.

Segundo populares da região, em forma de protesto, pelo menos dois muros foram riscados.

Ainda segundo moradores, a autoria dos fatos é desconhecida, mas há quem diga que possam existir motivos para a insatisfação de alguns.

Morre o ex-deputado estadual César Malta

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Faleceu na madrugada desta quinta-feira (14), o ex-deputado estadual César Malta em decorrência de problemas de saúde. O comunicado foi feito pelo filho do ex-deputado, o vereador Samyr Malta, através de suas redes sociais.

“Perder um pai é conhecer uma dor sem igual. É ver partir um pedaço grande e importante da nossa existência. É descobrir uma saudade que nunca mais terá fim. Após tanta batalha, perdemos a luta, e dói muito saber que aquele que tanto amamos e admiramos fechou para sempre os olhos”, escreveu o vereador.

César Malta foi eleito deputado estadual em 1986 e reelegeu-se em 1990 e 1994. O sepultamento será no Parque das Flores, às 16h.

PEC da 2ª instância: debate só ideológico é ridículo, diz Marx Beltrão

Agência Câmara Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Marx Beltrão

Um forte discurso do deputado federal Marx Beltrão está repercutindo nas redes sociais. O deputado, que afirmou ser favorável à proposta de emenda à Constituição (PEC) que prevê a prisão de condenados em segunda instância, reafirmou sua posição pela aprovação da proposta e condenou o debate ideológico que contaminou a discussão sobre a PEC. Com razão, Marx bateu “pesado” e disse que reduzir a discussão sobre o tema a disputa ideológica entre direita e esquerda é simplesmente “ridículo”.

“Como disse na tribuna, sou favorável à prisão em segunda instância pois acredito ser uma forma de dar respostas mais rápidas no combate à impunidade. Afinal, nesses casos já houve condenação em dois julgamentos. E, sobretudo, porque nas quatro instâncias do nosso sistema alguns processos são quase intermináveis. E as penas prescrevem em muitos casos. É assim que vejo a questão, racionalmente. Mas essa polarização entre direita e esquerda, que sequestrou o debate, só tem prejudicado nosso país. Precisamos superar essa guerra de ideologias que tem retirado o foco nas pautas que realmente são importantes para o nosso povo. O debate tem que ser democrático. Essa radicalização não contribui em nada com o Brasil. Muito pelo contrário!” afirmou Marx Beltrão.

Pagamento antecipado do 13º salário para servidores é anunciado pelo governador

Foto: Daniel Paulino/CM Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Governador Renan Filho participou de entrega de novos equipamentos para a Segurança Pública

O governador Renan Filho (MDB) anunciou que irá realizar o pagamento da parcela do 13º salário de forma antecipada, como ocorreu no ano passado. A data, aguardada por muitos servidores públicos, ainda continua incerta.

Segundo Renan Filho, a previsão da data será discutida com o secretário da Fazenda, George Santoro, mas que essa antecipação ocorre para fortalecer o comércio em todo o estado.

A remuneração do 13º salário será feita aos servidores ativos, inativos, pensionistas e/ou aposentados e serão liberados mais de R$ 300 milhões.

 

Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com