"Rosnou, depois miou. E me ataca culpando-me pela renúncia”, diz Renan sobre Janot

Foto: Reprodução Fdccff5a e76b 4254 848b c24d934646aa Renan Calheiros

Em mais um embate contra o ex-procurador-geral da Repúlica, Rodrigo Janot, o senador Renan Calheiros divulgou um novo vídeo onde, em tom de deboche, diz que depois de ameaçar com candidatura ao Conselho Superior do Ministério Público, “para vigiar Rachel Dodge”, Janot recuou e desistiu. “Rosnou, depois miou. E me ataca culpando-me pela renúncia”, ironizou Renan.

O senador ainda compara Janot ao clássico personagem Simão Bacamarte, da obra o Alienista, de Machado de Assis, e em tom de sarcasmo o chama de louco. “Estimo suas melhoras, Rodrigo Simão Bacamarte Janot”, finalizou.

Confira o vídeo:

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

“Problema de Renan é com as leis”, rebate Janot

Foto: Agência Brasil 57b26ccb 3290 4c0b aca6 a92a01b57066 Rodrigo Janot

Ao anunciar a desistência de concorrer a uma vaga no Conselho Superior do Ministério Púbico Federal (CSMPF), o ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, também rebateu as críticas à candidatura feitas em vídeo pelo senador Renan Calheiros (MDB).

 

“Após atacar-me covardemente, o senador mostra-se preocupado com os efeitos da minha candidatura sobre os destinos do MPF... Infelizmente, não posso tranquilizá-lo em suas preocupações. Mesmo com minha desistência, a corrupção não terá trégua, se depender do MPF”, declarou Janot.

 

“Quanto ao conhecido senador, estou certo de que ele, para seu desespero, será surpreendido negativamente nas obscuras expectativas que acalenta... Desconfio que o sr. Calheiros não vai demorar a entender a qualidade do caráter dos membros do Ministério Público brasileiro, nem que o seu verdadeiro problema não é Rodrigo Janot, mas a Constituição e as leis do País”, finalizou em outros trechos da declaração divulgada na imprensa.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Cartas na mesa: a tentativa final de tornar Cunha candidato

Assessoria/Arquivo 13acc9dc bc0b 4aaa 8fc9 aecc725f6f35 Rodrigo Cunha

As cúpulas do PP, partido de Biu e Arthur Lira, e do PSDB vão apresentar ao deputado Rodrigo Cunha (PSDB) um planejamento financeiro para custear uma possível campanha do tucano ao governo do estado.

 

A ideia é, com as cartas na mesa, convencer Cunha de que ele terá suporte – inclusive financeiro – para encarar a disputa.

 

O plano é encarado como última tentativa do grupo de oposição a Renan Filho (MDB) para que o arapiraquense aceite arriscar o certo pelo (muito) duvidoso.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Decisão do CNJ deixa Washington Luiz mais perto de voltar ao TJ

Assessoria 1291309524des Des. Washington Luiz D. Freitas confirmou direito dos herdeiros

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu pela absolvição do desembargador afastado do Tribunal de Justiça de Alagoas, Washington Luiz, no Processo Administrativo Disciplinar (PAD) onde o ex-presidente do Poder Judiciário era investigado por supostos favorecimentos ao ex-genro, o ex-prefeito de Marechal Deodoro, Cristiano Matheus.

 

Com respaldo opinativo do MPF, o voto do relator do PAD, conselheiro Arnaldo Hossepian, foi seguido pelos demais integrantes do CNJ.

 

Washington Luiz está afastado do cargo desde junho de 2016. Dos três processos contra ele no CNJ, dois já foram julgados favoráveis ao desembargador, que está a um processo de voltar – ou não – a ocupar assento no Tribunal de Justiça.

 

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Advogada envolvida em discussão com desembargador tem pedido negado no Conseg

Agência Alagoas 1322053327imagepreview Conselho de Segurança de Alagoas

A advogada Adriana Mangabeiras Wanderley bem que tentou, mas teve pedido de segurança individualizada negada pelo Conselho Estadual de Segurança Pública (Conseg). O pedido foi analisado em março, mas a publicação ocorreu nesta terça-feira (24), no Diário Oficial.

Adriana já se envolveu em algumas polêmicas e mais a recente teve como personagem o desembargador Tutmés Airan. Ela enviou um requerimento à presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Alagoas (OAB/AL) solicitando o apoio da Defesa das Prerrogativas dos Advogados após o desembargador ter enviado áudios por um aplicativo de mensagens a ofendendo.

O pedido da advogada foi rejeitado por todos os membros do Conseg. O motivo para o pedido de segurança? Quem sabe....

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Renan: Carne Fraca deixou ex-ministro com memória fraca

Afd5dcfa 8f64 4a68 844e d7e854cd7c7b

Ativamente nas redes sociais, o senador Renan Calheiros vem polemizando em suas “declarações-respostas” das acusações recebidas. O mais novo a receber uma resposta foi o Osmar Serraglio – o ex-ministro da Justiça, que acusou o senador alagoano de pressionar para sair do cargo.

 “Depois (…), na Operação Carne Fraca, eu pedi a sua exoneração. Eu não sabia que a carne fraca tornava a memória fraca também”, concluiu o senador, lembrando a operação em que um delator acusou Serraglio de receber propina.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Joesley Batista e família curtem retiro de luxo em Alagoas

Folhapress Eaa490d8 0622 48b6 acd4 aeb75af4764f Joesley Batista

 

 

A informação é de um vizinho de “veraneio”: o empresário e delator Joesley Batista,  um dos proprietários do grupo J&F, e a família curtem há alguns dias, um retiro de luxo na paradisíaca Praia do Marceneiro, em Passo de Camaragibe, litoral Norte de Alagoas.

 

Pertencente a empresários alagoanos, a bela casa alugada pela família Batista fica nas proximidades de um hotel – também de luxo – na região.

 

Até agora, os Batistas ainda não foram incomodados em seu retiro.

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Suspeitas em auditoria inauguram inferno astral de Rogério Teófilo

Arquivo: Cada Minuto Fc16bb03 9f97 475c 928b 94e5a21d70f8 Rogério Teófilo (PSDB), prefeito

Desde que assumiu o cargo, no começo de 2016, o prefeito de Arapiraca, Rogério Teófilo (PSDB) enfrenta o maior – até agora – inferno astral de sua gestão.

 

Um inquérito instaurado pelo Ministério Público apura denúncias que envolvem contração de auditoria sem processo licitatório, um “calote” de mais de R$ 600 mil na empresa responsável pela referida auditoria e o pagamento de parte do serviço por meio de uma construtora pertencente a um secretário do Município.

 

Paralelamente, vereadores da oposição podem instalar uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para apurar o imbróglio.

 

As denúncias são graves e, a depender do desenrolar das investigações – no MP e no parlamento – o inferno astral do tucano pode estar só começando.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Por “Lula livre”, Renan fala em evocar Lei de Proteção aos Animais

Reprodução 004e7287 1730 4dc4 9b89 25b6b6ead47a Renan Calheiros

Em vídeo divulgado nas redes sociais – e encerrado com o apelo “Lula livre” -, o senador Renan Calheiros (MDB) defendeu a transformação das eleições deste ano em Constituinte e a aprovação de “uma nova ordem constitucional”.

 

Ele comentou a visita da Comissão de Direitos Humanos para verificar as condições do petista na prisão e destacou que o Senado não pode errar, não pode “perder o foco”, “como aconteceu no “flagrante forjado pelo MP” contra o ex-senador Delcídio do Amaral”.

 

Para Calheiros, o que está em discussão no momento não são as condições da prisão do ex-presidente Lula (PT), mas se ela é legal ou ilegal, se podem ou não prendê-lo depois da decisão em 2ª instância.

 

“A condição da masmorra é consequência do descumprimento da ordem constitucional... O foco agora é sabermos se alguém pode se colocar acima da Constituição, se o STF vai ou não garantir a Constituição”.

 

Ele prosseguiu dizendo que, depois disso, se for o caso, pede-se que “façam como Sobral Pinto, que evocou a lei de proteção dos animais na defesa de perseguidos e presos políticos durante o Estado Novo”.

 

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

De Lula para Renan Calheiros: "abraço e obrigado"

Arquivo/Agência Senado B472aca9 d51c 49f8 ae71 67ebd3805102 Renan e Lula

Da sua cela, na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, o ex-presidente Lula (PT) mandou um abraço para o senador Renan Calheiro (MDB) e agradeceu ao aliado pelo apoio.

 

A informação foi divulgada pelo jornalista Murilo Ramos, na coluna Expresso da revista Época.

 

Os portadores do recado - entregue a Calheiros na quarta-feira, 18 - foram os senadores petistas Gleisi Hoffmann (PR) e Lindbergh Farias (RJ), integrantes da comitiva de parlamentares que visitaram Lula na PF.

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.
Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com