Blog do Dr Edvenis Vital
Blog do Dr Edvenis Vital

Estrias brancas e vermelhas: como podem ser tratadas?

Blog do Dr Edvenis Vital|

Motivo de incômodos para muitas pessoas, especialmente mulheres, as estrias podem aparecer em qualquer biotipo, em diferentes faixas etárias e partes do corpo. Elas são resultado dos processos de estiramento da pele e podem ser identificadas em diferentes tons e estágios. Saber o significado deles é essencial para o tratamento. 

As estrias vermelhas, por exemplo, representam o primeiro estágio, quando o processo de rompimento dos capilares sanguíneos ainda está acontecendo ou acaba de acontecer. Isso significa o “esticamento” da pele na região em questão. 

Já as estrias brancas são o estágio mais avançado, quando as estrias vermelhas perdem a tonalidade e a região passa a ficar cicatrizada. 

Entre os fatores que podem causar as estrias estão a perda e o aumento de peso, a gravidez, hábitos alimentares, falta de hidratação da pele, tabagismo e predisposição genética. Felizmente, atualmente existem muitas formas de tratamento para as diferentes fases das estrias. Continue lendo e conheça algumas delas no post! 

Microagulhamento

Utilizado para diversas finalidades estéticas, o microagulhamento, como o nome já indica, atua por meio de microperfurações na região que precisa ser tratada. Seu principal atributo é a indução da produção de colágeno e de outras fibras naturais presentes na pele. 

Por meio desse procedimento, é possível obter a melhora da aparência na região afetada graças ao espessamento da epiderme, provocado através da recuperação do colágeno.

Intradermoterapia

Também baseado em pequenas injeções na pele, a intradermoterapia possui o diferencial de contar com aplicações específicas de substâncias químicas, realizadas com seringas, diretamente nas estrias. 

Uma vez aplicadas, essas substâncias irão atuar nas células dérmicas promovendo a vasodilatação e a permeabilidade celular, que favorecem o contato do medicamento com a região afetada.

As principais vantagens desse tipo de técnica, assim como o microagulhamento, é a redução dos efeitos colaterais, uma vez que a aplicação é feita de maneira precisa e, também por isso, a aceleração quanto aos efeitos do procedimento. 

Dermoabrasão

A esfoliação intensa feita com peelings chamada de dermoabrasão (ou microdermoabrasão) também está entre os procedimentos recomendados para o tratamento de estrias, graças ao seu efeito rejuvenescedor que elimina as camadas superficiais da pele.

Desse modo, as células se regeneram de maneira mais saudável e, assim, conseguem evitar o rompimento das fibras colágenas e elásticas novamente após o efeito. Nesse sentido, você pode optar, por exemplo, pelo peeling de diamante, que pode ser usado para tratamento de estrias vermelhas.

Laser fracionado 

Bem recomendado para o tratamento de estrias em diferentes estágios, o laser fracionado age de maneira profunda na região com estrias. Ele promove a renovação celular e a remodelagem das fibras da pele. 

Esse processo de renovação pode ser feito através do Laser de CO2 fracionado ou do Laser Erbium, menos agressivo para peles mais sensíveis ou de tonalidade mais escura. 

Por fim, como você conferiu em muitos pontos desse texto, vale salientar a importância da produção de colágeno como uma alternativa para solucionar esse tipo de problema. 

Atualmente no mercado existe uma série de procedimentos recomendados para essa finalidade, como a galvanoterapia, a radiofrequência e a ledterapia, que consegue eliminar totalmente as estrias brancas com a renovação completa da pele.

Ademais, o tratamento com cremes também é bem recomendado para promover a produção de colágeno, podendo ser aplicado tanto nas clínicas e consultórios de dermatologia quanto em casa pelo próprio paciente. 

Em todo caso, é importante que um profissional dermatologista seja consultado para indicações de métodos direcionados para cada caso. Com isso você garante não só um tratamento seguro como também a alternativa mais eficaz e ágil para a resolução das estrias. 

Quer continuar conferindo mais dicas de como lidar com a sua pele? Fique de olho aqui no meu blog!

SOBRE O AUTOR

Edvenis Vital Albino possui o título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e atua como membro ativo das sociedades brasileiras de Cirurgia Dermatológica (SBCD) e de Medicina Estética (SBME). Com oito anos de dedicação aos estudos da pele, ele conta em seu currículo com especializações em Dermatologia Cirúrgica e em Medicina Estética. Referência em procedimentos injetáveis e em operações que envolvem laser médico, ele também possui passagem pelo Ospedale Delmati di Sant’Angelo Lodigiano Milão - IT, onde fez um Fellowship em Clínica Médica.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados