Blog do Dr Edvenis Vital
Blog do Dr Edvenis Vital

Bioestimuladores injetáveis de colágeno: o que preciso saber?

Blog do Dr Edvenis Vital|

No último post sobre skinboosters, eu falava sobre a estimulação que o tratamento oferece para a produção de colágeno na pele. Não só nele, como em muitos outros conteúdos em que lemos ou ouvimos sobre uma pele bonita e saudável, é normal encontrar alguma referência ao colágeno. Mas você sabe realmente qual é a importância dele pra pele?

O colágeno é uma proteína fundamental para a firmeza, elasticidade e estrutura da pele. Exatamente por isso, ele é tão comentado e cobiçado por quem quer mantê-la sempre jovem, firme e com aspectos saudáveis. 

Assim como muitos tratamentos que podem contribuir para a presença do colágeno nos tecidos, a injeção de bioestimuladores é responsável pelo preenchimento de determinadas camadas da pele removendo a flacidez. Mas não só isso! 

Com a semelhança de finalidades que engloba muitos tratamentos, é importante entender quais são as peculiaridades de cada um para considerar que tipo de procedimento pode atender melhor às suas necessidades e expectativas. 

Neste post vou te explicar mais sobre o que você precisa saber a respeito dos bioestimuladores injetáveis de colágeno. Continue lendo! 

O que são bioestimuladores? 

Sem muitos rodeios, bioestimuladores são substâncias biocompatíveis e bioabsorvíveis que estimulam as células sem agredir o corpo e sem prejudicar o organismo. 

Vale ressaltar, no entanto, que apesar do termo dar a entender que o colágeno é injetado, na verdade não é assim que acontece. A aplicação, dentro do tema que estamos tratando e como o próprio termo indica, é feita com bioestimuladores na pele e a partir deles é que a produção de colágeno é gerada nos tecidos.  

Ademais, como disse na introdução, o principal foco desse tipo de procedimento é o tratamento da flacidez na pele visando torná-la firme. 

Desse modo, quanto mais colágeno, mais firme e preenchida a pele fica e com isso é possível conseguir a melhora no aspecto da região de modo natural e delicado. 

Dúvidas frequentes sobre o procedimento

Como qualquer outro procedimento estético, é importante que ele seja acompanhado e orientado por um profissional especializado. Como dermatologista posso afirmar que isso vai garantir segurança e resultados satisfatórios quanto a realização de qualquer tratamento, por mais simples que possa parecer. 

Onde e como posso realizar 

Bochechas, mandíbulas, pescoço, têmporas e queixo. Os lábios e os olhos possuem restrições quanto a aplicação, porém, no caso do uso de fios de PDO (um dos tipos de bioestimuladores) é possível reparar regiões como as pálpebras inferiores e o chamado “código de barras” ou buço. 

São realizadas 1 ou 3 sessões dentro de um intervalo de 30 a 60 dias. Os efeitos podem ser notados em 4 ou 6 semanas após as aplicações. 

Duração e efeitos colaterais

Os efeitos do resultado da injeção de bioestimuladores pode durar de 18 meses até 4 anos após o procedimento, podendo variar de acordo com hábitos e características pessoais. 

Por ser um tratamento não invasivo, as chances de surgimento de qualquer efeito colateral são quase nulas. No entanto, ainda que muito raro, em alguns casos já foi possível acompanhar a formação de pequenos nódulos na região tratada. 

Por fim, vale lembrar também que o envelhecimento e a flacidez podem ser causados por uma série de fatores. Desse modo, nem sempre a aplicação de apenas uma técnica, por melhores que sejam os resultados, pode ser suficiente para reverter o problema. 

SOBRE O AUTOR

Edvenis Vital Albino possui o título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e atua como membro ativo das sociedades brasileiras de Cirurgia Dermatológica (SBCD) e de Medicina Estética (SBME). Com oito anos de dedicação aos estudos da pele, ele conta em seu currículo com especializações em Dermatologia Cirúrgica e em Medicina Estética. Referência em procedimentos injetáveis e em operações que envolvem laser médico, ele também possui passagem pelo Ospedale Delmati di Sant’Angelo Lodigiano Milão - IT, onde fez um Fellowship em Clínica Médica.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados