PF investiga se funcionários de bancos participaram de desvio no Programa de Agricultura Familiar

Gilca Cinara com Rebecca Moura*|
Delegado Jorge Eduardo
Delegado Jorge Eduardo / Foto: Rebecca Moura/CM

Os agentes da Polícia Federal cumpriram mandados de busca e apreensão em três municípios do sertão alagoano para subsidiar as investigações contra um grupo acusado de praticar crimes contra o Sistema Financeiro Nacional praticados na região do município de Delmiro Gouveia, no Sertão do estado, e em localidades próximas. Durante uma coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira (02), o delegado da PF, Jorge Eduardo, disse que vai investigar se houve a participação de funcionários das instituições bancárias nos desvios. 

Além de Delmiro, os agentes estiveram nas cidade de Mata Grande e Olho D´Água das Flores. De acordo com o delegado Jorge Eduardo, nesse momento todo material recolhido irá ajudar no andamento das investigações.

O delegado esclareceu que essa participação pode ter ocorrido de forma direta ou por falta de dever e cuidado nas análises dos procedimentos dos processos financeiros. “É um dos grandes objetivos da investigação tirar a limpo se houve ou não a prática de investigação”, acrescentou Jorge Eduardo.

Leia mais: PF faz operação contra grupo que pode ter desviado quase R$ 2 milhões do programa de Agricultura Familiar no Sertão

De acordo com a PF, um grupo estava operando com a simulação de contratos de promessa de compra e venda para sugerir titularidade de uma propriedade rural para conseguir o financiamento bancário. Esse pedido de financiamento era feito através do  Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar.

Os alvos dos mandados expedidos pelo juízo da 11° Vara Federal de Alagoas, Subseção de Santana de Ipanema tem envolvimento com a associação, que vem sendo investigada. A PF afirmou que o grupo pode ter desviado aproximadamente 1,5 milhões de reais. Os documentos apreendidos serão juntados ao inquérito policial instaurado na polícia e que está em andamento.

*Estagiária sob a supervisão da editoria

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados