Carina Oiticica
Carina Oiticica

Efeito Netflix: Como o entretenimento dita as tendências e influencia os comportamentos.

Carina Oiticica|

Com o desenvolvimento de meios de comunicação massivos, como a televisão, a indústria do entretenimento passou a influenciar hábitos de consumo e ditar tendências. Desde o tempo das nossas mães e avós, produtos que eram utilizados por protagonistas de novela eram sinônimo de grandes vendas na semana seguinte. 

Talvez você se lembre, por exemplo, da pulseira da Jade, de O Clone! A vilã Carminha, de Avenida Brasil, também ditou moda com seu estilo minimalista de se vestir. Novelas infantis, como Chiquititas e Carrossel, também eram excelentes vitrines para vender brinquedos e outros produtos para crianças.

Com o tempo, houve mudanças de comportamento e surgimento de novos canais, como é o caso das plataformas de streaming. Mas o fato é que o poder das grandes mídias continua e é sobre o Efeito Netflix que quero falar hoje. Continue lendo e entenda tudo!

Teoria do Agenda Setting

Quando estava na faculdade, meu querido professor @clovisdebarros nos ensinou sobre a “teoria do Agenda Setting”, que diz que meios de comunicação de massa são capazes de definir temas e assuntos na agenda das pessoas. Assim, eles têm o poder de criar novos hábitos e impulsionar o consumo.

Essa teoria foi criada ainda em 1970, quando a dupla de pesquisadores Maxwell McCombs e Donald Shaw discutiam o fato de que a mídia era quem determinava que assuntos fariam parte da roda de conversas dos consumidores de notícias. 

Percebe que até aí temos conteúdo direcionado e pensado no público-alvo? Pois é! E o destaque principal é: Não importa qual seja o seu produto, tudo começa de uma ideia, uma tendência ou um simples burburinho gerado entre aqueles que você deseja atingir.  

Efeito Netflix

Seguindo com esse assunto, hoje em dia não dá pra falar de entretenimento sem falar de séries. Não ter ou não consumir conteúdo de alguma plataforma de hoje em dia gera tanto estranhamento quanto não ter um celular, principalmente se observarmos o último ano, quando a migração da audiência da tv passou de gradativa para um verdadeiro salto. 

Até mesmo as emissoras tiveram que investir bastante nisso. Por isso, criaram suas próprias plataformas ou incorporaram seus conteúdos nos canais de terceiros, tendo em vista a grande virada no comportamento de seus consumidores. 

As últimas séries da Netflix mostram que a Teoria do Agenda Setting continua fazendo todo sentido. É o que chamamos hoje de Efeito Netflix: os assuntos mais comentados e os artigos mais vendidos são os que aparecem na maior plataforma de streaming do mundo.

A nova série coreana, Round 6, da Netflix, considerada a mais vista dos últimos anos, impulsionou as vendas do tênis Vans Slip On em 7800%. Já a série Gambito da Rainha fez crescer a venda de tabuleiros de xadrez, livros de xadrez e até a prática do esporte on-line em sites como o Chess.com. 

Isso tudo sem também deixar de citar o verdadeiro sucesso de vendas de macacões vermelhos e as famosas máscaras usadas pelo grupo do Professor de La Casa de Papel. 

Até nas criativas fantasias de carnaval, o uniforme virou uma febre nos primeiros anos da série, mas esse é um tópico sensível para quem, assim como eu, também morre de saudade dos dias de folia!

Ademais, não é de hoje que o burburinho dos conteúdos presentes na Netflix fez com que os holofotes estivessem constantemente virados para a marca. Quem aí não viu algum amigo e influencer recebendo o desejado Almanaque Tudum?

É o que sempre falamos por aqui. Uma boa história entretém, conecta e causa identificação. E assim acaba gerando muito mais desejo de compra do que uma propaganda que fala apenas do produto, suas características e benefícios.

Quer continuar conferindo mais conteúdos sobre tendências da mídia? Me siga no Instagram!

SOBRE O AUTOR

Publicitária formada em Publicidade e Propaganda pela ESPM-SP e com pós-graduação em Comunicação Integrada e Comportamento do Consumidor pela ESPM-SP. Atuou como planejamento em agências de publicidade em SP e, em 2010, fundou a Yellow Kite em Maceió, agência digital focada em inbound marketing e 3 vezes finalista do Prêmio Melhores Agências de Resultados da RD Station.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados