Blog do Dr Edvenis Vital
Blog do Dr Edvenis Vital

Mitos e verdades sobre os peelings químicos

Blog do Dr Edvenis Vital|

Famosos entre os tratamentos estéticos da atualidade, os peelings químicos são agentes capazes de regenerar a pele eliminando as camadas superficiais. Por meio da esfoliação, eles proporcionam uma melhora significativa na aparência da pele através da renovação. 

Quem tem interesse por procedimentos estéticos, independentemente da especificidade, acaba encontrando uma série de informações. Assim, é um verdadeiro desafio saber o que é mito e o que é verdade, em meio a tantas opiniões. 

Pensando nisso, neste post vou ajudar a esclarecer suas dúvidas sobre os peelings químicos, apresentando alguns dos principais comentários sobre o procedimento e esclarecendo o que é mito e o que é verdade. Quer saber mais? Confira abaixo! 

Os peelings químicos só são utilizados no rosto

Mito! Qualquer região da pele com manchas e sinais de envelhecimento ou acne pode receber o tratamento com peelings químicos. 

No entanto, a maior procura pela realização desse tipo de procedimento no rosto ocorre  pelo interesse nos benefícios do rejuvenescimento facial. 

O tratamento com peelings é recomendado no inverno 

Verdade! Entre as recomendações para o período pós-tratamento com peelings, está o cuidado com a exposição aos raios solares, uma vez que a renovação da pele acaba tornando-a mais sensível. 

Desse modo, no inverno, a frequência dessa exposição diminui naturalmente com a mudança de clima, favorecendo esses cuidados. 

No entanto, essa recomendação não impede a realização do tratamento em outros momentos do ano, inclusive no verão. Basta estar atento à proteção da pele com o uso constante do filtro solar indicado. 

É capaz de clarear e solucionar danos na pele 

Verdade! O uso de peelings químicos pode trazer uma série de benefícios para a aparência da pele se utilizado da maneira correta com um profissional especializado. 

Manchas, rugas, sinais e lesões estão entre os principais problemas solucionados com esse tratamento.  Além disso, o procedimento é um ótimo aliado para a recuperação de peles oleosas que sofrem com a acne. 

Posso aplicar em casa como uma limpeza de pele

Mito! Primeiramente, é necessário lembrar que, como todo procedimento estético, é importante procurar um profissional para realizar a aplicação dos peelings químicos, de acordo com as necessidades e características de cada paciente. 

Além disso, também é importante ressaltar a diferença desse tratamento e de uma limpeza de pele. Esta geralmente é feita para solucionar alguns problemas, como a acne e outros. Já o tratamento com peelings, como já foi dito, consegue renovar toda a camada superficial da pele. 

É recomendado para todos os tipos de paciente 

Mito! Alguns pacientes em determinadas fases da vida podem estar restritos a esse tipo de procedimento, como é o caso das grávidas. 

Existem ainda algumas teorias sobre a idade correta para a realização do tratamento e uma suposta proibição para pessoas com a pele negra.

No entanto, diferente do que muita gente fala e pensa, a aplicação dos peelings químicos pode ser feita desde a adolescência até a terceira idade seguindo as recomendações médicas para cada idade. 

Do mesmo modo, as pessoas de pele negra devem procurar um dermatologista especializado para conhecer as opções adequadas para o seu tipo de pele sem sujeitá-la a riscos desnecessários.

Gostou desse post? Então não deixe de conferir meu texto sobre hidroxiácidos e, ainda, uma série de outras dicas e curiosidades sobre o universo da estética no meu blog! 

SOBRE O AUTOR

Edvenis Vital Albino possui o título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e atua como membro ativo das sociedades brasileiras de Cirurgia Dermatológica (SBCD) e de Medicina Estética (SBME). Com oito anos de dedicação aos estudos da pele, ele conta em seu currículo com especializações em Dermatologia Cirúrgica e em Medicina Estética. Referência em procedimentos injetáveis e em operações que envolvem laser médico, ele também possui passagem pelo Ospedale Delmati di Sant’Angelo Lodigiano Milão - IT, onde fez um Fellowship em Clínica Médica.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados