Blog do Dr Edvenis Vital
Blog do Dr Edvenis Vital

Hidroxiácidos: entenda o que é AHA, BHA e PHA e como eles agem na pele

Blog do Dr Edvenis Vital|

AHA, BHA e PHA, você sabe o que são? Os ácidos já fazem parte da rotina de cuidados de muita gente e podem trazer efeitos incríveis à pele se usados de maneira correta. Presentes nas composições de uma série de produtos, ele pode oferecer diferentes atributos e ser um poderoso aliado para quem deseja ter uma pele cada vez mais bonita e saudável.

Os hidroxiácidos, por sua vez, são ácidos orgânicos naturais, encontrados em alimentos. Desse modo, ao contrário da ideia gerada com uma acidez agressiva, eles podem ser ótimos curingas quando unidos a diferentes substâncias. Com isso, acabam compondo muitos dos principais produtos para cuidados com a pele.

Abaixo vamos te ajudar a entender melhor sobre AHA, BHA e PHA e como eles podem agir na sua pele para oferecer interessantes efeitos de clareamento. Acompanhe!

Alfa-hidroxiácidos (AHA)

Ideais para quem busca o rejuvenescimento da pele, os alfa-hidroxiácidos, conhecidos pela sigla AHA, são os ácidos mandélico, láctico, málico, cítrico, glicólico, tartárico, azelaico, kójico e muitos outros. Eles podem ser encontrados em frutas e cereais.

Eles são responsáveis por estimular a remoção de células mortas, promovendo a esfoliação da pele e ajudando a reparar danos e sinais de expressão com a produção de colágeno.

Ainda que façam parte do mesmo grupo, eles possuem características diferentes, com diferentes capacidades de se adequar a diferentes tipos de pele. O ácido lático, por exemplo, é uma substância mais suave, ideal para peles mais sensíveis.

Beta-hidroxiácidos (BHA)

Diferente dos alfa-hidroxiácidos, os BHA são formados por um só ácido, o salicílico. Além disso, outro diferencial é que apesar de possuir um ótimo poder esfoliante, ele também se destaca pela capacidade de penetração dos poros. Ideal para quem tem a pele oleosa ou mais vulnerável à ação da acne.

Apesar dos agravantes naturais por ser um ácido, ele também funciona como um ótimo ativo anti-inflamatório. Por conter uma substância mais forte que o AHA, é importante alinhar seu uso com a hidratação da pele para evitar ressecamentos agressivos à pele.

Poli-hidroxiácidos (PHA)

Indicados para peles mais sensíveis e maduras, os poli-hidroxiácidos são tão eficientes quanto os demais ácidos quando se trata de benefícios para a pele.

No entanto, por possuírem uma estrutura molecular maior, são capazes de realizá-los com menos agressividade, visto que agem de maneira mais lenta. Também por esse motivo, diferentemente dos BHAs, ele não consegue penetrar com facilidade na pele.

Ademais, possui um maravilhoso efeito antioxidante e hidratante, capaz de limpar e tratar da pele de maneira suave e eficiente.
 

Por fim, ainda que os benefícios do uso dos ácidos sejam positivos para a pele, vale lembrar que é importante estar atento aos exageros para não causar danos. Além, claro, de utilizar esses ativos com acompanhamento de um dermatologista. Isso evitará que eles causem manchas, irritações e outros problemas.


 

SOBRE O AUTOR

Edvenis Vital Albino possui o título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e atua como membro ativo das sociedades brasileiras de Cirurgia Dermatológica (SBCD) e de Medicina Estética (SBME). Com oito anos de dedicação aos estudos da pele, ele conta em seu currículo com especializações em Dermatologia Cirúrgica e em Medicina Estética. Referência em procedimentos injetáveis e em operações que envolvem laser médico, ele também possui passagem pelo Ospedale Delmati di Sant’Angelo Lodigiano Milão - IT, onde fez um Fellowship em Clínica Médica.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados