Motorista que matou motociclista e deixou duas pessoas feridas é autuado por homicídio culposo

Redação|
Condutor foi identificado como Sérgio Praxedes
Condutor foi identificado como Sérgio Praxedes / Foto: Reprodução/Vídeo

A Polícia Civil de Alagoas confirmou, na tarde desta sexta-feira (23), que o motorista que atropelou três pessoas e matou uma, na Avenida Fernandes Lima, foi autuado em flagrante pelos crimes de homicídio culposo na direção de veículo automotor e lesão corporal culposa na direção de veículo automotor.

Segundo a PC, os dois crimes têm agravante pelo fato de o condutor estar sob efeito de álcool, de acordo com os artigos 302, parágrafo 3º e 303, parágrafo 2º, da Lei 9.503 de 1997.

O motorista se encontra preso na Central de Flagrantes à disposição da Justiça. O delegado plantonista Francisco Amorim foi o responsável pela autuação.

O caso

O acidente registrado no início da manhã desta sexta-feira, na Avenida Fernandes Limam deixou uma pessoa morta e duas gravemente feridas depois que um motorista invadiu a contramão.  

Imagens divulgadas pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) confirmam que o condutor, Sergio Praxedes dos Santos Filho, trafegava na contramão, momentos antes do acidente

Nas imagens, registradas às 5h54 desta sexta-feira, é possível ver o condutor saindo de uma curva e entrando no sentido oposto aos carros que trafegavam pela avenida.

As duas vítimas do acidente foram encaminhadas ao Hospital Geral do Estado (HGE) logo após o acidente. 

Segundo o Boletim Médico, divulgado na tarde de hoje, a paciente Quitéria Gonçalves de Amorim realizou uma cirurgia de fixação de pelve e está se recuperando do procedimento.

José Cicero da Silva Santos está, neste momento, em procedimento no Centro Cirúrgico com a Neurocirurgia. Ele já realizou drenagem de tórax, fixação de pelve e cirurgia na face. O homem está intubado e seu estado de saúde é considerado grave.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados