Coluna Labafero

Renan volta atrás e tira emergência sobre aumento de ministros do STF

Foto: Agência Senado Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Renan Calheiros e Ricardo Lewandowski

A pressão da opinião pública, dos senadores tucanos e de parlamentares que não são da base de Temer funcionou. Renan “congelou” projetos de lei que elevam os vencimentos dos ministros do Supremo Tribunal Federal e do procurador-geral da República de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil.

Recuou depois de receber a visita da ministra Cármen Lucia, que assumirá o comando da Corte na segunda-feira (12). A sucessora de Lewandowski não é entusiasta do aumento e parece ter percebido que elevar os vencimentos dos ministros do STF enquanto 12 milhões de brasileiros estão desempregados, seria um “tapa na cara” da população brasileira.

Aeroporto de Arapiraca por enquanto é “promessa de político”

Foto: Assessoria Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Arapiraca

Enquanto o ministro Mauricio Quintella, o governador Renan Filho e os candidatos a prefeito de Arapiraca vendem o aeroporto de Arapiraca como uma prioridade ou como uma obra importante, a real situação do projeto é bem diferente e destrói o discurso de que os políticos estejam se “esforçando” para realizar alguma coisa nesse sentido.

Quintella falou em um comício do seu candidato Tarcisio Freire que iria inaugurar o aeroporto, mas Arapiraca perdeu uma janela importante ao ser preterido em uma relação de novos aeroportos por, segundo o ministro, não ter projeto.

O governador Renan Filho, que participou de uma peça de marketing dirigindo um veículo com o seu candidato a prefeito, Ricardo Nezinho, onde diz que o aeroporto é prioridade e que já mandou o estudo com as seis áreas que ele pode ser feito, dando a entender que falta o esforço do ministro.

Já o terceiro candidato a prefeito, Rogério Teófilo, se disse indignado com Arapiraca ter sido preterido , mas tem como cabo eleitoral o ex-governador Teotônio Vilela, que passou oito anos prometendo o aeroporto e segundo Renan Filho, sequer fez o projeto.

Então, para Arapiraca seria bom que Renan Filho e Mauricio Quintella se unissem, esquecessem por um momento a campanha e juntassem as forças para agilizar o aeroporto. Temos um governador forte, filho do presidente do Senado, e um ministro alagoano a frente da pasta que resolve estas questões sobre o aeroporto. Talvez esta seja a melhor e a única chance para Arapiraca ter este aeroporto. Senão na próxima campanha, e na próxima, e na próxima.

Cadê o Ciço? Almeida desmarca entrevista na Ufal

Foto: Divulgação Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Cartazes no COS

A “recepção” já estava pronta no bloco de Comunicação Social (COS) da Ufal para o candidato a prefeito, Cícero Almeida (PMDB), mas, como diz no popular, o ex-prefeito “abriu do pau”.

Almeida seria entrevistado na segunda-feira, 5, pela Rádio Livre N’ativa, mas, desmarcou, alegando um imprevisto.

No COS, já havia cartazes com menções a Máfia do Lixo e perguntas do tipo: Cadé o Ciço?

A ausência de Almeida será efeito JHC? Lembrando: ao chegar para entrevista no local, há alguns dias, o candidato foi recepcionado com gritos de "golpista". 

Corinthianos não conseguem registro eleitoral em Alagoas

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Foi negado de forma unânime, no último dia 06/09, pelo pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas o registro do Partido Nacional Corinthiano no Estado. Conforme o julgamento, o partido não cumpriu os requisitos exigidos na legislação eleitoral em relação à documentação necessária.

Entre outras exigências, o PNC teria que comprovar, por meio de listas válidas, 0,1% dos votos válidos para a Câmara dos Deputados no último pleito.

Lembrando que o Corinthians não apoia o partido. Em nota, o clube repudiou o "uso oportunista do sentimento corintiano" e disse que não haverá apoio.

Heloisa Helena volta a pedir votos em ônibus e esquinas

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A vereadora Heloisa Helena, que não é candidata a reeleição, voltou hoje a realizar uma estratégia que a consagrou nas duas ultimas eleições para a Câmara Municipal, ir para as ruas e pedir votos em ônibus e esquinas.

Ao contrário das outras eleições Heloisa tenta pedir voto não para ela, mas para os candidatos a vereador de seu partido, a Rede. Cinco candidatos do partido seguiram Heloisa em sua jornada.

Lula participa de programa e pede voto para Paulão

Foto: FolhaPress/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Lula

O ex-presidente Lula estreou nos programas eleitorais dos candidatos a prefeitos do PT em todo o Brasil, e Maceió entrou nas primeiras gravações. Ontem Lula pediu voto para seu candidato na cidade, o deputado federal Paulão.

Paulão iniciou também as inserções que tentam fomentar o voto de legenda em todo Brasil. Independente dos candidatos o PT luta para manter a liderança entre os votos no partido.

Como assim? JHC quer implantar educação integral à distância

Crédito: Joyce Marina Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true JHC

Candidato JHC (PSB) tem entre suas propostas caso seja eleito Prefeito de Maceió uma, no mínimo, curiosa. O candidato tem prometido “Implantar o sistema de ensino integral via EAD”. Como isso se daria? Da seguinte maneira:

"Os alunos deverão cumprir carga horária mínima de aulas extraordinárias disponibilizadas em plataforma digital, que poderão ser acessadas de casa ou em espaços disponibilizados nas próprias escolas. As aulas serão protagonizadas por professores-destaque da rede de ensino pública, mediante gratificação".

A proposta tem sido vista com espanto por especialistas em educação. Porque, como é de amplo conhecimento, a educação integral requer acompanhamento pedagógico completo do aluno, em várias competências, preservando-o no ambiente escolar. Como JHC fará isso por computador e com os alunos e casa é que ninguém ainda entendeu.

Juíza da 5º Zona Eleitoral determina retirada de pesquisa fraudulenta das redes sociais

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true A decisão pela liminar foi concedida pela juíza eleitoral de Viçosa, Lorena Carla Vasconcelos Sotto-Mayo

A decisão pela liminar foi concedida pela juíza eleitoral de Viçosa, Lorena Carla Vasconcelos Sotto-Mayor, atendendo uma representação feita pela coligação “A Mudança que o Povo quer” contra Davi Daniel Vasconcelos Brandão de Almeida. 


A pesquisa que ocasionou a determinação, foi veiculada na pagina “Viçosa Online” da rede social Facebook e reproduzida no aplicativo WhatsApp, por correligionários de Davi Brandão. 


Para a coligação que pediu a liminar, a pesquisa é considerada falsa e pode causar um desequilíbrio na pleito eleitoral, tendo em vista que muitos usuários da rede social estavam compartilhando e comentando o material que favorecia um dos candidatos.

Lula coloca Renan como testemunha de defesa

Foto: Agência Brasil/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Renan e Lula

O ex-presidente Lula (PT) arrolou o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), como sua testemunha de defesa na ação que responde por obstrução da justiça, na 10ª Vara da Justiça Federal. A informação é do Estadão.

Além de Calheiros, outras 12 testemunhas foram arroladas pela defesa do ex-presidente.

Lula é acusado de participar da tentativa de comprar o silêncio de Nestor Cerveró, ex-diretora da Petrobras. O ex-senador Delcídio Amaral e mais cinco pessoas também foram acusadas pelo Ministério Público por tentativa de obstrução da Lava Jato.

Agora, só resta saber se Calheiros topa a empreitada.

Sete candidatos renunciam em Maceió para vereador; três são indeferidos

Foto: Vanessa Alencar/CadaMinuto Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Câmara Municipal de Maceió

O TSE informou que sete candidatos a vereador desistiram de disputar uma vaga na Câmara Municipal de Maceió, entre os desistentes se destaca Guilherme Soares, hoje no PSDB que atualmente é vereador, quando foi eleito pelo PSOL. Os demais candidatos que desistiram são Val (PSB), Maria helena (PSB), Kel Ferreti (PTC), Heloá Bezerra (PRTB), Heliana Nogueira (DEM)e Delane (PEN).

Além dos sete que renunciaram outros três tiveram suas candidaturas indeferidas, entre eles a filha da vereadora Fátima Santiago, a jornalista Barbara da Conexão (PSB), que iria disputar com a mãe. A candidata recursou contra a sentença. Além dela foram indeferidas as candidaturas de Eva Tenório (PEN) e Doquinha do Caldinho .

Também é curiosa o numero de candidaturas que ainda estão sob julgamento e não foram ainda deferidas, ao todo são 51 candidaturas.

Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com