Férias em dezembro!

Ilustração/Internet 4b989149 f641 4fd9 9f11 5b059ece3ba2

Caros leitores, mais um ano passou (voando) e dezembro chegou, trazendo com ele as minhas férias.

Se Deus quiser, retornarei ao Blog aqui no CadaMinuto e à coluna Aparte, publicada no CadaMinuto Press, no início de janeiro de 2018.

Que tenhamos um Natal abençoado e saibamos aproveitar mais uma chance de recomeçar.

“Caminhante, não há caminho, o caminho se faz ao caminhar” (Antonio Machado).

 

 

 

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

“Quem for podre que se quebre”, reforça HH sobre Caribdis

Reprodução/Facebook 30bc7d8f 79b0 4dad a95f fd4cac1b75fe Heloísa Helena

“Avante Lava Jato! Quem for podre que se quebre!”, disse a ex-vereadora Heloísa Helena (Rede) ao repercutir, nas redes sociais, a Operação Caribdis, deflagrada pela Polícia Federal nesta quinta-feira, 30, para investigar irregularidades nas obras do Canal do Sertão no governo de Teotonio Vilela Filho (PSDB).

Ao contar que foi questionada sobre as investigações em Alagoas, HH destacou que todos os procedimentos investigatórios envolvendo quaisquer políticos – da terra ou não – fazem parte do aprimoramento da democracia.

Simples assim.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Câmara aprova “Marcha para Jesus” em Maceió

Foto: Ascom/CMM/Arquivo A88586b4 6562 45fd af7f 01319a369844 Vereador Luciano Marinho

Foi aprovado na Câmara Municipal de Maceió (CMM) um Projeto de Lei, de autoria do vereador Luciano Marinho (Podemos), instituindo o dia da Marcha para Jesus em Maceió, a ser realizado no último sábado do mês de setembro.

O projeto que institui a data já seguiu para análise do prefeito Rui Palmeira (PSDB).

Na justificativa da proposta, Marinho – que é evangélico - destaca que, conforme pesquisa realizada em 2013, 85,76% dos maceioenses são cristãos.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Lava Jato: Renan e Dallagnol se alfinetam no Twitter

6d4d8f94 f7ff 4961 913f 7a75606615e5

A afirmação feita por procuradores da força-tarefa da Lava Jato de que 2018 será a batalha final da operação foi o estopim para um pequeno e ácido debate entre o senador Renan Calheiros (PMDB) e o procurador Deltan Dallagnol, no Twitter.

Em post publicado no dia 27, depois que os procuradores se reuniram no Rio, o senador escreveu: “A declaração de que ‘a batalha final será em 2018’ confirma que muitas investigações são políticas, sem provas, com delações encomendadas e objetivos pré-determinados. Daí os arquivamentos”.

Dallagnol respondeu no próprio post de Calheiros: “Está errado, senador. A declaração de que 2018 é a batalha final da #LavaJato confirma que lideranças políticas corruptas são incapazes de fazer reformas anticorrupção, que precisam perder foro para ser responsabilizados e que continuam a ameaçar a Lava Jato”.

A tréplica do senador veio em seguida: “Está errado, procurador! Já temos uma legislação avançada contra a corrupção, tiramos o Ministério Público do papel. O que precisamos é evitar abusos e generalizações. Afinal, a natureza humana é diversa. Dallagnol talvez não seja igual a Janot ou a Miller...”.

Ainda bem que a rede social dobrou o limite de caracteres.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Esclarecimentos sobre PL que modifica feriado escolar

Ascom/Câmara de Maceió/Arquivo D33ae869 d4b9 49cb 93c6 d374c7966bed Vereador Silvânio Barbosa (PMDB)

O vereador Silvânio Barbosa (PMDB) divulgou uma Nota de Esclarecimento nas redes sociais, na tarde desta quarta-feira, 29, afirmando ser falsa a notícia de que ele propôs mudar todo feriado que caia no fim de semana.

Realmente. ESSA notícia a qual o vereador se refere é falsa. No entanto, a postagem publicada no Blog está manhã não afirma isso em momento algum.

O texto é claro - para quem leu - ao explicar que o PL se refere especificamente ao Dia do Professor.

Confira:

“O vereador Silvânio Barbosa (PMDB) apresentou um Projeto de Lei transferindo para a sexta-feira anterior o feriado escolar nacional do Dia dos Professores, 15 de outubro, nos anos em que a data “cair” no sábado ou domingo.

A proposta válida para as instituições de ensino públicas e privadas já recebeu parecer favorável do relator Galba Netto (PMDB) na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal de Maceió (CMM)

É isso mesmo, produção?”.

Pedimos desculpas ao vereador caso a divulgação da notícia, principalmente nas redes sociais, tenha induzido ao erro o leitor que não leu o texto inteiro.

Segue a nota de esclarecimento na íntegra:

“Tem circulado nas redes sociais, a notícia que propus mudar todo feriado que caia no fim de semana, para sexta feira. Afirmo que tal notícia é ABSOLUTAMENTE FALSA, e que qualquer informação a projetos de lei e requerimentos são previamente postados em minhas redes sociais.

O que propus foi que o feriado do dia dos professores que caíssem no final de semana fossem antecipados para a sexta feira. Para que esses profissionais que se dedicam dia a dia para preparar diversos profissionais, possam ter seu dia de descanso, durante a semana.

Portanto, solicito a colaboração de todos no sentindo de NÃO COMPARTILHAR essa falsa notícia, que foi publicada no dia de hoje nas redes sociais”.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Parada Segura: vereadora vai aos pontos de ônibus informar sobre lei

Ascom/CMM/Arquivo 25322bc5 9296 4b2a 89a0 75bacaeb6718 Vereadora Tereza Nelma

A vereadora Tereza Nelma (PSDB) está organizando uma campanha para percorrer, junto com outras pessoas, os pontos de ônibus mais movimentados da capital durante a noite informando as mulheres sobre a Lei Parada Segura, ainda pouco conhecida em Maceió, inclusive pelas próprias beneficiadas e pelos motoristas de coletivos.

Conforme a lei promulgada em setembro deste ano, a partir das 20h o condutor do transporte coletivo público é obrigado a parar o veículo para desembarque de mulheres nos locais indicados por elas, mesmo que sejam fora dos pontos de parada.

De acordo com a assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Maceió (CMM), Tereza Nelma lembrou que os casos em que o motorista se recuse a cumprir a lei devem ser denunciados a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), por meio do número 118.

Em casos mais graves as denúncias podem ser formuladas no Ministério Público Estadual (MP-AL).

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Vereador quer mudar feriado escolar que caia no fim de semana para sexta

Ascom/Câmara de Maceió/Arquivo D33ae869 d4b9 49cb 93c6 d374c7966bed Vereador Silvânio Barbosa (PMDB)

O vereador Silvânio Barbosa (PMDB) apresentou um Projeto de Lei transferindo para a sexta-feira anterior o feriado escolar nacional do Dia dos Professores, 15 de outubro, nos anos em que a data “cair” no sábado ou domingo.

A proposta válida para as instituições de ensino públicas e privadas já recebeu parecer favorável do relator Galba Netto (PMDB) na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal de Maceió (CMM).

É isso mesmo, produção?

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Inspirada por projeto, deputada canta na tribuna da ALE

Foto: Ascom/ALE/Arquivo Bd41800f 21fa 4e8e 86ed 0c84475bf15e Deputada Jó Pereira

Antes da aprovação, em segunda discussão, do Projeto de Lei de origem governamental que institui o Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar em Alagoas (PAA/AL), a deputada Jó Pereira (PMDB) surpreendeu ao cantar, na tribuna da Assembleia Legislativa (ALE), a música “A volta da asa branca”, de Luiz Gonzaga.

A performance inspirada foi em homenagem a proposta que visa promover o acesso à alimentação e incentivar a agricultura familiar e aos trabalhadores do campo, cujos representantes ocuparam a galeria do plenário da Casa na tarde desta terça-feira, 28, para acompanhar a votação da matéria e terminaram cantando junto com a parlamentar.

Jó Pereira, que já foi elogiada várias vezes por colegas devido a algumas de suas posturas no exercício do mandato, desta vez foi aplaudida por soltar a voz.

R$ 15 milhões

Depois que o PL foi aprovado, o líder do governo na Casa, deputado Ronaldo Medeiros (PMDB) explicou que o governo do Estado irá colocar R$ 15 milhões no orçamento para investir no programa de aquisição de alimentos.

Ele lembrou que o governo federal já chegou a investir R$ 29 milhões no PAA em Alagoas, mas este ano, a previsão era de apenas R$ 2 milhões em recursos federais para o programa.

Medeiros aproveitou o gancho para criticar mais uma vez o governo de Michel Temer (PMDB): “Governo fraco, medíocre, ilegítimo, que só coloca em pauta o que traz prejuízos aos que menos têm... Se não fosse o governo do Estado várias famílias ficariam em situação bem pior em Alagoas”.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Carimbão diz que defesa de Maria foi ‘promoção da paz’

Foto: Agência Câmara/Arquivo 35a72a12 cf86 4c8d a159 ff86ebcabbfc Givaldo Carimbão

Ao receber, pela segunda vez, o título de Embaixador da Paz Mundial, o deputado federal Givaldo Carimbão (PHS) afirmou que a homenagem foi motivada também pela defesa de Nossa Senhora feita por ele.

“Aquele meu impulso de defender Maria, Nossa Senhora... Ali é uma promoção da paz. Sou reconhecido como embaixador mundial da paz por defender Maria. É um orgulho muito grande para mim como deputado federal e como cristão, acima de tudo”, disse Carimbão em vídeo divulgado nas redes sociais.

 

O parlamentar alagoano se referiu ao bate-boca envolvendo ele e o ministro da Cultura, Sérgio Leitão, durante uma audiência pública realizada na Câmara dos Deputados, em outubro, para discutir as recentes – e polêmicas - exposições artísticas realizadas no país.

 

No episódio que repercutiu nacionalmente, Carimbão criticou algumas obras ofensivas a Nossa Senhora e terminou baixando o nível ao tentar fazer com que o ministro se colocasse no lugar daqueles que se ofenderam com as performances.

 

 “Queria que fosse com a mãe do ministro, mijando na cabeça dela. Queria que fosse com a mãe do ministro... Maria é minha mãe, é minha mãe. Queria pegar a mãe do ministro e botar de perna aberta para ver se ele gostava”, bradou na ocasião.

 

O título de embaixador da paz foi concedido durante o lançamento da Associação Internacional dos Parlamentares para a Paz (AIPP) no Brasil. Além do alagoano, foram agraciados também o deputado federal Eros Biondini (PROS-MG) e Maria da Penha.

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Assembleia promulga reajuste de 26% nos salários de deputados

Foto: Ascom/ALE/Arquivo 09d1d830 a366 43d3 a2ef 210512e69f4b Plenário da Assembleia Legislativa de Alagoas

O deputado Luiz Dantas (PMDB), presidente da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) promulgou nesta sexta-feira, 24, a lei que reajusta em cerca de 26% o subsídio mensal dos parlamentares, que passa de R$ 20.042,34 para R$ 25.322,25. O documento foi publicado no Diário Oficial do Poder Legislativo.

Aprovado pela Casa em dezembro de 2016, o aumento foi vetado pelo governador Renan Filho (PMDB) em fevereiro deste ano, mas o veto foi derrubado no mesmo mês em plenário.

A promulgação da lei acontece nove meses depois da derrubada do veto.

Procurado pelo Blog, o deputado Rodrigo Cunha (PSDB), uma das vozes mais veementes contrárias ao aumento, disse que foi pego de surpresa com a publicação no Diário Oficial.

“É um aumento desproporcional ao momento que a gente vive no país e havia um entendimento de que ele não seria promulgado”, comentou o parlamentar.

A justificativa do Projeto de Resolução que concede o aumento, de autoria da Mesa Diretora, destaca o amparo legal para a aplicaçaõ do reajuste.

Enquanto isso, a presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Poder Legislativo de Alagoas (STPLAL) vem há meses tentando avançar na pauta de reivindicações da categoria. Ela critica o fato de os servidores da Casa estarem recebendo um tratamento desigual comparado aos funcionários de outros poderes, já atendidos em seus pleitos. 

O Sindicato cobra, entre outras coisas, as datas-base vencidas, referentes aos anos de 2015, 2016 e 2017, pagamentos de férias, retroativos e o enquadramento.

 

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.
Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com