Nova estrutura da mineradora Vale Verde pode ser redenção econômica do Agreste

Cd856ad0 491e 4c54 9b99 cd8860cd8b5d

A nova estrutura da mineradora Vale Verde localizada nos municípios de Craíbas e Arapiraca no Agreste do Estado passa a ser controlada pelo Fundo Internacional Appian Capital Advisory. Os representantes do grupo, Michael Sherb e Edward Otto, estiveram com o secretário de Estado Rafael Brito, do Desenvolvimento Econômico e Turismo e Fábio Farias, do Gabinete Civil, discutindo o trâmite de todos os processos e licenciamentos, para que a mineração comece o mais rápido possível a sua operação no Estado.

De acordo com os entendiments entre o novo grupo empresarial e o governo do Estado  a partir de 2018 teremos longos anos, de desenvolvimento com a extração de cobreferro e e ouro. A riqueza mineral esta  na região Agreste, entre os municípios de Craíbas e Arapiraca. Só pelo investimento inicial percebe-se o tamanho do negócio: US$ 200 milhões, algo em torno de R$ 660 milhões. 

Pelo que está sendo colocado, agora, a área de 2500 hectares, pertencente a mineradora Vale Verde, instalada em Craíbas, tem duas jazidas com mais de 160 milhões de toneladas de cobre e ferro. O estudo aponta que 2/3 da riqueza estão na área pertencente a Craíbas e 1/3 em terras de Arapiraca. Para tirar todo o potencial serão necessários 18 anos de trabalho, calculam os técnicos. E a notícia é ainda mais animadora. Também há ouro suficiente para ser explorado por 10 anos.

As boas notícias não param. Além da riqueza natural, a expectativa é que na fase de implantação do novo projeto sejam gerados mais de dois mil empregos diretos. Quando estiver em operação a mineradora vai gerar 500 empregos diretos. A mineradora, que está com nova direção, acaba de ter a confirmação do apoio do Governo de Alagoas, com incentivos fiscais do Programa de Desenvolvimento Integrado de Alagoas (Prodesin).

 

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Relatório da CGU e investigações da PF podem minar duas fortes pré-candidaturas em Arapiraca

D898dcfb 0af4 40ac 817a 66f99a7405fe

Um relatório que investiga a aplicação dos recursos federais na Prefeitura de Arapiraca nos exercícios financeiros de 2015 e 2016, gestão da prefeita Célia Rocha (PTC) foi entregue pelo superintendente da Controladora Geral da União (CGU) José William Gomes da Silva  ao prefeito Rogério Teófilo (PSDB). De acordo com a assessoria, o gestor tucano anunciou que tomará todas as medidas legais e administrativas cabíveis com dados da CGU e que em seguida encaminhará o resultado das apurações aos respectivos órgãos federais.

Ex-aliado de Célia Rocha, que quando no poder, abriu caminhos para Rogério Teófilo conquistar dois mandatos de deputado estadual e um de federal, Teófilo agora tem em mãos uma ferramenta que pode complicar e minar de vez o projeto político de Célia Rocha de chegar a Assembleia Legislativa Estadual. Mas, nesse episódio político, Rogério Teófilo não está totalmente inocente e deve fazer uma reflexão, teve aliados seus e até o irmão, Ricardo Teófilo, no primeiro escalão da gestão da ex-prefeita, até o último dia do seu comando a frente da Prefeitura de Arapiraca em 2016.

Severino Pessoa alvo da Operação Sururugate

O deputado estadual Severino Pessoa (PSC) aliado politico do prefeito Rogério Teófilo e que já anunciou que é pre-candidato a deputado federal,em 2018.  Juntamente  com 11 deputados estaduais deverão ser ouvidos pela Polícia Federal (PF) durante cumprimento das diligências da Operação Sururugate. A operação, que teve início em março deste ano, investiga um suposto esquema de desvio de recursos da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE), por meio de servidores fantasmas, muitos deles com cadastro no programa Bolsa Família.

Ao todo, o prejuízo aos cofres públicos, causados pelos desvios cometidos no período de 2010 a 2013, podem chegar a R$ 150 milhões. A investigação, que conta com a atuação de auditores da Controladoria Geral da União (CGU) e da Polícia Federal, está na fase final. Após essa etapa, o inquérito será encaminhado para o Ministério Público Estadual. Severino Pessoa está no segundo mandato na Casa de Tavares Bastos, já foi vereador por Arapiraca e sua esponsa, Fabiana Pessoa (PSC) é vice-prefeita de Arapiraca e pré-candidata a deputada estadual em 2018.

É fato evidente que a ex-prefeita Célia Rocha é uma forte liderança política na região Agreste e em Arapiraca, mas não possui foro privilegiado como o deputado estadual Severino Pessoa, a busca do poder pode levar  a ex-prefeita para a disputa e Severino Pessoa ao sonho de chegar a Câmara dos Deputados em 2018, na esperança da blindagem. Ambos conseguirem  seus objetivos é outra história. “O tempo será o senhor da razão”.

 

 

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Escolas estaduais abrem calendário de pré-matrícula online nesta segunda (4)

6e8a30ae 29be 4ff7 b72a 68c5b3842e16

A pré-matrícula online começa nesta segunda-feira (4), e seguem até o próximo dia 10 de dezembro nas escolas da rede estadual de ensino em Arapiraca, e em todas as regiões de Alagoas.


Referência na qualidade do ensino, a Escola Estadual Senador Rui Palmeira, o Premem, está com a pré-matrícula aberta em Arapiraca, pelo site www.matriculaonline.al.gov.br.

Funcionando com o modelo de educação integral, a escola está localizada no bairro Capiatã. 
Com investimentos do governo estadual, a infraestrutura do estabelecimento conta com laboratórios, biblioteca e uma ampla área para a prática de esportes com quadra coberta, arborização e jardins.

Na escola são servidas cinco refeições diárias, incluindo café da manhã, lanche às dez horas, almoço, lanche às 15 horas e jantar às 17 horas.

Passo a passo

No período de 4 a 10 de dezembro, os estudantes (se forem de maiores de idade) ou seus pais/responsáveis devem acessar o site www.matriculaonline.al.gov.br e clicar em pré-matrícula para iniciar o cadastro. Neste primeiro momento, será necessário preencher os dados pessoais do aluno e escolher a unidade escolar, turno, tipo de ensino e ano/série/ etapa almejadas.

No ato de preenchimento, é preciso apontar outras duas opções de escola, além da que foi apresentada como primeira opção.

No momento de preenchimento, é fundamental atentar para alguns detalhes, como, por exemplo, informar se o estudante possui algum tipo de deficiência, se possui algum irmão que já estude na unidade de ensino almejada, se já é aluno da rede estadual.

Quem não tiver como imprimir o comprovante de inscrição, precisará anotar o número de protocolo gerado, o qual será solicitado nas próximas etapas da matrícula.

É importante que os pais façam a pré-matrícula e não deixem seus filhos fora da escola. As Gerências Regionais de Educação e as escolas estaduais estarão à disposição para esclarecimento de dúvidas e efetivação da pré-matrícula.

Após a efetivação da pré-matrícula, os interessados devem retornar ao site www.matriculaonline.al.gov.br no período de 13 a 31 de dezembro de 2017 para consultar a escola para a qual o aluno foi selecionado, bem como para saber o local e data para a confirmação da matrícula.

Esta última etapa, que garante de fato a vaga na escola, deve ser feita presencialmente no período de 2 a 5 de janeiro de 2018 com toda a documentação solicitada pelo sistema.

Mais escolas

Para 2018, a rede estadual de ensino contará com 50 escolas de ensino integral espalhadas por Maceió, Arapiraca, Coruripe, Campo Alegre, Teotônio Vilela, São Miguel dos Campos, Palmeira dos Índios, Major Izidoro, Viçosa, Capela, Girau do Ponciano, Santana do Ipanema, Olho d’Água das Flores, União dos Palmares, São José da Laje, Murici, Batalha, Pão de Açúcar, São José da Tapera, Penedo, Porto Calvo, Matriz de Camaragibe, Delmiro Gouveia, Água Branca, Rio Largo, Pilar e Marechal Deodoro.

Ao todo, serão 7.960 vagas na pré-matrícula online só para as escolas de ensino integral.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Colisão deixa criança morta e demais membros da família gravemente feridos na Al-220

B6ab0e8e 15bd 4f6d a50f 23d20ca0730d

Uma colisão, ocorrida na noite deste sábado (02), em um trecho da Rodovial AL-220,  nas imediações do Povoado Canaã, provocou a morte de uma garota de 11 anos e deixou outras cinco pessoas da mesma família gravemente feridas.

A menina estava com os pais e mais três irmãos em um veículo Gol, de cor branca, que colidiu frontalmente em um Fiat Strada, de cor branca. As causas do acidente estão sendo investigadas.

De acordo com as primeiras informações levantadas, tudo indica que o acidente foi causado após ultrapassagem na rodovia estadual. Os dois veículos - um gol branco, placa MVB - 4169, e uma saveiro, placa MUU-4515 - são do município de Arapiraca.  Devido à colisão, que ocupou os dois sentidos,  a rodovia foi interditada. 

Ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Corpo de Bombeiros foram acionadas e realizaram o socorro às vítimas, para o Hospital de Ermergênca do Agreste. A menina de 11 anos faleceu no local do acidente.

Os pais e os três irmãos, sendo um deles de apenas quatro anos de idade, estão nternados no Hospital de Emergência do Agreste O motorista do Fiat Strada também recebeu atendimento médico. O estado de saúde das vítimas do acidente é considerado grave.

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

O efeito “dominó” da Operação Caridbis em Arapiraca

74ffd967 f92a 4119 a072 57e35925f338

O prejuízo já está contabilizado no efeito “dominó” da Operação Caribdis da Policia Federal em Maceió e Arapiraca, segundo colégio eleitoral do Estado. Confiante na impunidade o ex-governador Teotônio Vilela, afirmou recentemente que não precisaria de um mandato parlamentar para ficar blindado do inquérito em curso – foi antes da Operação Caríbdis. No caso das eventuais pré-candiaturas majoritárias e proporcionais em 2018 do tucanato o risco de contágio em nível de Maceió e Arapiraca é devastador.

O efeito “dominó” 02

A questão é clara: Vilela não tem foro privilegiado e vai responder à Justiça do primeiro grau.  Desistir ou não é uma decisão pessoal, mas pode influenciar na decisão futura, por exemplo, do prefeito de Maceió, Rui Palmeira. Em Arapiraca, segunda cidade mais importante do Estado,comandada pelo tucano Rogério Teófilo, evidentemente que sofrerá os efeitos negativos da Operação Caribdes e a pré-candidatura a deputado estadual do advogado Moacir Neto, filho de Teófilo, pode seguir o caminho da desistência. Moacir Neto é presidente do diretório municipal do PSDB na terra de Manoel André.

Desgastado Aécio terá participação reduzida na convenção do PSDB

A noticia é do Diário do Poder do conceituado jornalista Claudio Humberto Com a imagem desgastada após as denúncias da Operação Lava Jato, o senador Aécio Neves (MG) terá participação reduzida na próxima convenção nacional do PSDB, marcada para 9 de dezembro. O mineiro, afastado da presidência do partido desde maio, nem sequer deve discursar no evento que alçará o governado de São Paulo, Geraldo Alckmin, ao comando nacional da legenda.

Desgastado Aécio 02

A intenção é evitar que a imagem desgastada do senador possa, de alguma forma, ser associada a de Alckmin, pré-candidato à Presidência da República. A transmissão do cargo, por exemplo, deve ficar a cargo de Alberto Goldman, presidente interino da legenda. Aliados de Alckmin querem evitar até mesmo que o senador mineiro seja fotografado ao lado do governador paulista.

Iluminação pública em Arapiraca – um caos

O vereador Sérgio do Sindicato voltou a criticar a administração municipal devido à deficiência na iluminação pública. Segundo ele, a população cobra da Secretaria Municipal de Iluminação Pública uma solução. Segundo o vereador, a falta de iluminação pública contribui para o aumento dos assaltos. O vereador Rogério Nezinho (PMDB) teceu criticas  da falta de iluminação pública e cobrou da secretaria responsável. Segundo ele, em uma visita realizada juntamente com os vereadores Moisés Machado e Sérgio do Sindicato, se pôde constatar um verdadeiro caos na secretaria de Iluminação, que é um verdadeiro depósito de sucatas.

Iluminação em Arapiraca 02

O vereador Moisés Machado (PDT) chamou a atenção para a cobrança da Taxa de Iluminação Pública, pois esse imposto não é revertido em um serviço de boa qualidade para a população pela atual gestão. De acordo com o vereado, na Lei Orçamentária de 2018, a Secretaria de Iluminação Pública vai ter 38 milhões e 700 mil reais para seus serviços. Explicou que problemas de iluminação pública sempre existiu em Arapiraca, no entanto, na atual gestão é im verdadeiro descaso. “Uma cidade iluminada ajuda a policia no combate a violência”. Justificou.

Luizlinda só episódios negativos

Apesar do clamor de governistas pela demissão imediata da ministra Luislinda Valois (Direitos Humanos), Michel Temer só vai dispensá-la quando os demais ministros do PSDB deixarem o governo. Ela não consegue justificar sua presença no ministério, e só consegue chamar atenção ao protagonizar episódios negativos, como quando reclamou de “trabalho escravo” por receber menos de R$ 61,7 mil por mês. Ela reclama do cargo de ministra de ficar impedida de usar seus chinelinhos, está sempre no cabebeleireiro e ter que usar saltos altos. “Ou vida boa aperriada”.

Campanha da Fraternidade

A Arquidiocese de Maceió e a prefeitura vão realizar, em fevereiro do próximo ano, um seminário sobre a Campanha da Fraternidade 2018, que tem como tema ‘A fraternidade e a superação da violência”. O evento será realizado no Centro de Convenções, em Jaraguá, e terá como público-alvo educadores, professores, jovens líderes e acompanhantes de crianças, jovens e adolescentes.

Familia Boadeiro deixa cidade de Batalha

Nenhum membro da família Boiadeiro reside mais n cidade de Batalha Sertão de Alagoas. Precavidos, estão todos no município de Craíbas clamando por Justiça. Toda a família aguarda com ansiedade o desenrolar da apuração do crime que teve como vitíma um dos principais membros da família o ex-vereador Neguinho Boideiro. Já a família Dantas sem se mantem no município de Batalha sob rigorosa segurança.

A envergonhada Campo Grande

A envergonhada cidade de Campo Grande no Agreste de Alagoas, a 166 quilômetros de Maceió, ainda não deixou a ficha cair diante do escândalo que obteve grande repercussão entre seus moradores  e em todo o Estado. O pior de tudo é o silêncio estarrecedor da Câmara dos Vereadores e das lideranças locais,  diante do episódio que levou à prisão em flagrante do prefeito Arnaldo Higino Lessa (PRB) por atos de corrupção explícita.

A envergonhada Campo Grande 02

Ele foi preso quando contava dinheiro da propina de R$ 500 mil em sua casa, que recebeu de uma firma terceirizada da Prefeitura, após uma ação de monitoramento do Ministério Público Estadual (MPE/AL). Mas, lamentável ainda é saber que o poder político local que poderia reagir em meio as falcatruas, na verdade convive com elas, e, na maioria das vezes, participa ativamente da locupletação geral. Diga-se de passagem que esse não é um problema exclusivo de Campo Grande, mas de todos os demais municípios alagoanos.

Grupo de oposição

Um grupo de cinco vereadores da Câmara Municipal de Arapiraca estão se organizando na formação de um robusto grupo de oposição ao prefeito Rogério Teófilo (PSDB). Após o recesso de final de ano, no retorno as atividades parlamentares o grupo vai solicitar vários documentos, cópias de contratos com empresas de consultórias e a relação de servidores contratados, setores que estão atuando e respectivos salários. O grupo é liberado pelos vereadores Moisés Machado (PDT) e Léo Saturnino (PMDB)

 

 

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Justiça pede afastamento de secretário e funcionários da Prefeitura de Campo Grande

Ebb98c99 cc80 4bf7 8072 a0770c84e3fd

O promotor de justiça Kleber Valadares pede o afastamento de três membros do primeiro escalão do governo da prefeitura de Campo Grande, município localizado na região Agreste de Alagoas cujo prefeito Arnaldo Higino está preso desde sexta-feira, 24 de novembro.

Em documento encaminhado para a justiça, o representante do Ministério Público Estadual (MPE) solicita que a juíza da comarca de Girau do Ponciano – responsável pelas demandas jurídicas da vizinha cidade de Campo Grande – solicita a suspensão do exercício da função pública para as seguintes pessoas:

José Wilton Santos – Secretário de Administração de Campo Grande

Alex Garcia Oliveira da Silva – Controle Interno da Secretaria de Finanças

Saulo Suel Inácio dos Santos – responsável pelo setor de contratações da Prefeitura de Campo Grande e presidente da CPL (Comissão Permanente de Licitação)

De acordo com os termos do documento que o 7 Segundos teve acesso, o promotor de justiça fundamenta o pedido com base na investigação que apura a suposta prática de crimes durante a gestão de Miguel Joaquim dos Santos Neto, popular Miguel Higino, prefeito de Campo Grande no período de 2013 a 2016.

Por conta do procedimento aberto, Kleber Valadares esteve na sede da Prefeitura de Campo Grande nessa quinta-feira (30) para cumprir mandado de busca e apreensão de documentos.

Contudo, o promotor de justiça encontrou pastas e papéis espalhados no chão, mas nada relativo à contratação de pessoal, tanto durante a gestão de Miguel Higino quanto no atual governo de Arnaldo Higino,

O indício de extravio de documentos fundamenta o pedido de afastamento dos três membros do governo que foi, no mínimo, relapso com a guarda de documentos da prefeitura de Campo Grande.

A bagunça na sede do governo municipal também pode ser entendida como tentativa de obstrução do trabalho do MPE e da justiça, segundo Kleber Valadares. Ele também considera a possibilidade de destruição de provas por parte dos responsáveis pelas licitações da prefeitura de Campo Grande e por isso pede o afastamento dos três nomes acima citados no documento enviado à justiça.

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Deputado Tarcizo Freire solicita reforma do hospital da PM de Alagoas

3b28982c 4328 42d1 8e30 629db65c965d

O deputado estadual Tarcizo Freire (PP) manteve um encontro com o comando geral da Polícia Militar de Alagoas no início dessa semana. Na pauta do encontro, a reforma do Centro Hospitalar da Policia Militar (CHPM), de Alagoas. O parlamenter que  ocupa a vice-presidencia da Comissão de Educação, Saúde, Cultura e Turismo da Assembleia Legislativa de Alagoas, visitou a unidade de saúde da PM-Al e tomou conhecimento  não passou reforma desde que foi cedido ao Serviço Único de Saúde (SUS). A unidade de saúde mantém um atendimento médico limitado e precário observou Tarcizo Freire.

Após constatar os problemas Freire propôs a indicação que solicitará do governador de Alagoas Renan Filho (PMDB) do secretário de Estado da Saúde, Christian Teixeira, secretário de Defesa Social, Lima Júnior, e do cel. da PM, Marcos Sampaio, que empreendam esforços no sentido de reestruturar, modernizar e propiciar mais qualidade no atendimento do CHPM, de forma a beneficiar especialmente os membros da unidade militar.

Durante uma audiência pública para debater a prestação de contas do SUS – Al, realizada na última quarta-feira 29, na Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) em Tarcizo Freire reforçou o apelo ao secretário Christian Teixeira, no sentido de recuperar o hospital da PM. O parlamenter que é cabo da reserva da PM falou da necessidade urgente de olhar para o hospital, e que o grande projeto é fazer funcionar o CHPM, voltado para Segurança Pública na sua totalidade.

Em sua justificativa, Tarcizo falou que os bravos e combatentes membros da Polícia Militar de Alagoas, muitas vezes arriscam suas vidas no combate à criminalidade do Estado. Explicou Freire que quando os militares necessitam dos serviços de saúde da rede pública, suplementar ou privada, os estabelecimentos não possuem segurança adequada, sendo obrigados a procurar atendimento em hospitais particulares.

O parlamentar assegurou que após a reforma, o hospital seja devolvido para os membros da briosa PM-AL, com atendimento de qualidade. Lembrou o parlamentar que a Polícia Militar possui um vasto quadro de profissionais na área da saúde que podem ser aproveitados.

Nos próximos dias Tarcizo Freire estará em Brasília, onde vai manter uma audiencia com o Ministro da Saúde Ricardo Barros, para pleitear recursos para reforma de instalações físicas e aquisição de novos equipamentos para o CHPM – AL.

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Governador entrega Cisp de Junqueiro nesta quinta (30)

1d8bb65a dc52 4e60 81fe 3fc2f3124aaf

Nesta quinta-feira (30), o governador Renan Filho e o secretário da Segurança Pública, coronel Lima Júnior, inauguram o Centro Integrado da Segurança Pública (Cisp) da cidade de Junqueiro. Será a nona a unidade em funcionamento no interior do Estado.

O CISP de Junqueiro foi construído com recursos próprios do Governo do Estado, um total de R$ 1.425,000 milhão. A solenidade está marcada para acontecer às 10 horas, no quilômetro 88 da BR-101, próximo à Casa da Sopa Maria José Santana. 

Seguindo a política de integração das forças das polícias, os Centros Integrados reúnem policiais civis e militares em um mesmo ambiente, facilitando o acesso da população aos serviços da Segurança Pública, além de facilitar as ações de combate ao crime na região.

Por se tratar de um prédio totalmente novo, os agentes da Polícia Civil e os militares que atuarão na unidade terão disponíveis instalações e acomodações modernas.

Além de Junqueiro, já possuem CISP os municípios de Boca da Mata, Cajueiro, Girau do Ponciano, Murici, Ouro Branco, São José da laje, São José da Tapera e Viçosa.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Prefeitura de Palmeira quer abrigar secretarias em prédio condenado e ameaçado de desabamento

Fe4b11b4 8176 49da 9de9 d8a9cd4372b4

A Prefeitura de Palmeira dos Índios no Agreste do Estado está planejando alojar várias secretarias e servidores no prédio do antigo Fórum localizado no bairro Juca Sampaio. O fato surpreendente, é de que o prédio foi condenado por laudo de inspeção realizado por um grupo de engenheiros do Tribunal de Justiça em 2014 e até o presente momento não teve nenhuma manutenção em sua estrutura física. Na época, a  avaliação do local constatou as irregularidades na estrutura do prédio e em seguida recomendou, através do setor técnico de engenharia responsável para a desocupação urgente do referido edifício.

A alegação do município para ocupar o prédio é de que um novo laudo confirma a possibilidade de ocupação do prédio que foi condenado anteriormente. Mas daí surge a indagação: porque os engenheiros do Tribunal de Justiça em 2014 condenaram o prédio e recomendaram a imediata evacuação e, após dois anos  a prefeitura deseja ocupá-lo para abrigar servidores sem que o edifício tenha estrutura sólida para abrigar as scretarias e respectivos servidores ?

Questionado, por telefone nesta quarta-feira (29)o presidente do Sindicato dos Servidores do município de Palmeira dos Índios José Filho informou que ainda não está sabendo da mudança, mas adiantou que a atitude era temerária pois poderia colocar em risco a vida dos servidores, já que o prédio estava condenado por engenheiros do Tribunal de Justiça. O sindicalista explicou que pretende colher mais informações a respeito do assunto e que falaria mais adiante sobre qual providência o sindicato irá tomar a respeito do assunto.

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Rogério Nezinho denuncia descaso na iluminação pública de Arapiraca

Eafc1dee 061d 4409 9b45 9d9e62bd5fa1

A sessão  ordinária da Câmara Municipal de Arapiraca  na noite desta terça-feira (28) teve como destaque as severas criticas a gestão do prefeito Rogério Teófilo (PSDB) nos setores de Iluminação Pública, Saúde e Educação.  Ocupando a tribuna, no espaço das explicações pessoais, os vereadores Sergio do Sindicato (PPS) Moises Machado (PDT) e Rogério Nezinho (PMDB) cobraram ações eficases em todos os setores da atual gestão.

Sérgio do Sindicato afirmou que a atual administração parou no tempo, teceu criticas a área de saúde pelo descaso na falta de medicamentos nos postos de saúde e unidades básicas. Afirmou que uma paciente não está conseguindo um simples exame de sangue. Citando o caso de uma paciente que solicitou um exame de sangue no dia 29 de março deste ano e ainda não consegui. Explicou que exames como ecocardiograma, ressonância magnética dentre outros a população carente não está tendo acesso.

Sergio do Sindicato conclamou todos os veradores para se unirem e cobrar as ações de politicas públicas da gestão do prefeito Rogério Teófilo. “Se os veradores não tomarem uma posição em defesa do povo serão culpados desse descaso administrativo”, detonou. O vereador Willomaks da Saúde (PRP) saiu em defesa de Rogério Teófilo afirmando que não se sente culpado e que  o prefeito Rogério Teófilo deu prazo até o final do ano para realizar as licitações e solucionar os problemas nas diversas áreas da administração.

Depósito de material de iluminação é só sucata

O vereador Rogério Nezinho em seu pronunciamento afirmou que em companhia dos vereadores Moisés Machado, Sérgio do Sindicato e Léo Saturnino fez uma visita de inspeção ao depósito de material de iluminação pública da Prefeitura e o que viu foi um verdadeiro depósito de sucata de material de gestões passadas.

“É preciso ser clato com o gestor, decorridos quase um ano de gestão e o governo está mau, Arapiraca parou no tempo “ completou. Outra denuncia grave do vereador Rogério Nezinho foi direcionada a área  da Educação. De acordo com o vereador os ônibus escolares estão carecendo de manutenção e o mais grave, alguns  desses ônibus estão com os vidros laterais quebrados. Além da insegurança as crianças ficam expostas a poeira das estradas, denunciou.

Não foi feita licitação

O vereador Moisés Machado em seu pronunciamento voltou a reclamar do descaso da iluminação pública em toda a cidade. “É uma questão de segurança pública a cidade iluminada, é esssencial para o trabalho da policia no combate a violência.” Explicou que o prefeito Rogério Teófilo não vem realizando licitações para a compra de material elétrico. Explicou que os recursos do Orçamento previsto para 2017 para iluminação pública e limpeza pública foi da ordem de R$ 23 milhões e 223 mil além da cobrança exorbitante da Taxa de Iluminação Pública. De acordo com Moisés Machado, já estão previstos no Orçamento para 2018 para o setor de iluminação e limpeza pública recursos da ordem de R$ 31 milhões e 77 mil.  Na manhã desta quarta-feira (29) os vereadores se reúnen no plenário do Legislativo para analizar a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LOA) para  a gestão 2018.

 

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.
Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com