Roberto Gonçalves
Roberto Gonçalves

Postado em 02/02/2017 às 10:01 0

Trânsito no centro de Arapiraca será interditado para a procissão da Padroeira

Procissão de Nossa Senhora do Bom Conselho ocorre as 16 h. saindo da Concatedral no Largo Dom Fernando Gomes


Por Redação com assessoria

O trânsito nos arredores do Largo Dom Fernando Gomes, no Centro de Arapiraca, será interditado, nesta quinta-feira (2), a partir das 14 horas, para a realização da procissão de Nossa Senhora do Bom Conselho, Padroeira da cidade. A organização do trânsito será feito pela Prefeitura de Arapiraca, por meio da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT).

No encerramento das festividades da Padroeira de Arapiraca milhares de fiéis lotam as principais ruas centrais da cidade para acompanhar a chegada da tradicional cavalgada e a procissão em reverência a Nossa Senhora do Bom Conselho. Dezenas de cavaleiros e amazonas trazem a imagem da santa e a passa para as mãos do prefeito Rogério Teófilo, que a colocará no andor.

Para garantir tranquilidade aos participantes da procissão, a SMTT vai disponibilizar duas equipes de agentes de trânsito com duas viaturas (VTRs) e duas motocicletas (Águias) para acompanhar a procissão e interditar o trânsito, durante o percurso da procissão. Do Largo Dom Fernando Gomes, durante o trajeto pelas ruas Estudante José de Oliveira Leite, Esperidião Rodrigues, São Francisco e Rua Monsenhor Macedo até a Concatedral, com o término no Largo Dom Fernando Gomes.

As equipes de Engenharia de Tráfego e Trânsito da SMTT vão colocar barreiras nos cruzamentos das ruas Lúcio Roberto e Pedro Correia; 30 de Outubro e Monsenhor Macêdo, como também no cruzamento das ruas Dom Vital e Manoel Leão, que ficam por trás da matriz.

Agentes de autoridade de trânsito (AAT) estarão disciplinando e monitorando o trânsito nos três cruzamentos interditados, como também nas ruas no entorno da região central de Arapiraca.

Cavalgada

A SMTT também dará suporte durante o percurso da Cavalgada de Nossa Senhora do Bom Conselho, que terá início no Parque Aquabol, na Avenida Pio XII, no bairro Planalto. Duas viaturas (VTRs) e quatro motos (Águias) farão o monitoramento do trânsito em um percurso de 8 km.


Postado em 01/02/2017 às 06:27 0

Padroeira é conduzida em cavalgada de Bom Conselho até Arapiraca

Replica da imagem de Nossa Senhora do Bom Conselho chega a cidade na tarde desta quinta-feira (02)


Por Redação com assessoria

Divulgação

Há 15 anos, sempre no dia 31 de janeiro, os cavaleiros e amazonas arapiraquenses que conduzem a réplica da imagem de Nossa Senhora do Bom Conselho fazem uma parada estratégica no Parque de Exposição Dr. Delamário Borba, em Bom Conselho-PE, com os animais todos alocados e na sombra.

E, nesta terça-feira (31), não foi diferente. O sentimento era o mesmo, mas renovado: levar a santa até Arapiraca, através de cerca de 100 km, assim como fez Manoel André Correia dos Santos, fundador da cidade.

O percurso feito perpassa por Bom Conselho-PE, Rainha Isabel-PE, Palmeira dos Índios-AL, Igaci-AL e, por fim, a segunda maior cidade de Alagoas.

A história da ida da réplica é peculiar. Manoel André a pegou naquele município pernambucano em 1864, após construir uma capela onde sua primeira esposa Maria Isabel da Silva Valente havia sido sepultada, ao lado de sua residência.

“Esses cavaleiros e amazonas vão percorrer espiritualmente o mesmo caminho do fundador de Arapiraca. Isso tem uma força imensa e representa muito para cada um deles, bem como para cada arapiraquense que sempre recebe essa imagem no dia 2 de fevereiro na nossa concatedral. Além de um ato cultural, é um ato de pura fé. E é isso o que os levam adiante ano após ano”, diz o prefeito Rogério Teófilo.

Na cidade interiorana de Pernambuco, houve uma missa na capela dentro do Colégio Nossa Senhora de Bom Conselho, conduzida pelo bispo diocesano de Penedo-AL, dom Valério Brêda, e pelo pároco da concatedral, Antenor Montenegro Jr.

“Pedimos à nossa Mãe do Céu que faça cair as cataratas do céu, a fim de que nosso povo agrestino e sertanejo não fique penando com a falta de chuvas. Façamos todos uma oração especial para essas famílias que estão vivenciando a seca”, coloca o religioso.

Dessa forma, embargados pela emoção, os cavaleiros e amazonas foram para a porta da capela, ao final da celebração eucarística, para receber a bênção com água benta antes de partirem para a jornada de três dias carregando a santa.

“Agradecemos o apoio da Prefeitura de Arapiraca e a presença do prefeito aqui, o qual tem como pai o educador Moacir Teófilo, que por acaso tem um colégio com o mesmo nome da padroeira do município. Pedimos, assim, a proteção dela nessa cavalgada”, diz o presidente da Associação dos Criadores de Cavalos de Sela de Arapiraca (Acesa), Benedito Lourenço, um dos oito cavaleiros que participaram de todas as edições.

Estiveram presentes os vereadores Fábio Henrique, Leo Satrunino, Pablo Fênix, Melquisedec de Oliveira e Fabiano Leão, além do secretário de Agricultura de Bom Conselho-PE, Natanael Silva, representando o prefeito Dannilo Godoy.

Confira a programação completa da Festa da Padroeira

22/01 – Domingo

16h – Carreata pelas ruas da cidade com a imagem de N. Sra. do Bom Conselho e bênção dos motoristas.

19h30 – Celebração Eucarística

Celebrante – Pe. Antenor Montenegro Junior

24/01 – Terça-feira

18h30 – Recitação do Terço, Ladainha de Nossa Senhora e Hasteamento da Bandeira

19h30 – Celebração Eucarística

Celebrante – Pe. Antônio Maria

Noiteiros – Prefeitura Municipal de Arapiraca, Câmara Municipal de Vereadores, Servidores Públicos, Polícia Civil e Militar, Bombeiros, Legião de Maria, Mãe Rainha e Congregação Mariana

Evento – Show Religioso com Padre Antônio Maria e Quermesse

Animação Litúrgica – Coral Vozes de Arapiraca

25/01 – Quarta-feira

18h30 – Recitação do Terço e Ladainha de Nossa Senhora

19h30 – Celebração Eucarística

Celebrantes – Pe. José Barbosa Neto, Pe. Paulo Melo e Pe. Ednaldo Firmino

Noiteiros – Paróquias Sagrado Coração de Jesus, Santo Antônio, N. Sra. da Conceição e Comunidades Shalom, Kerygma e Amigos da Canção Nova

Evento – Show com o Ministério Kerygma Quermesse.

Animação Litúrgica – Paróquia Sagrado Coração de Jesus

26/01 – Quinta-feira

18h30 – Recitação do Terço e Ladainha de Nossa Senhora

19h30 – Celebração Eucarística

Celebrantes – Pe. Erick José e Pe. Ednaldo dos Santos

Noiteiros – Crianças, Renovação Carismática, Acólitos e Ancilas, Terço das Crianças e Ministério para as Crianças da RCC

Evento – Festival da Criança e Apresentação do Coral Pequenos Tons e Quermesse

Animação Litúrgica – Coral Tom Cristão Kids

27/01 – Sexta-feira

18h30 – Recitação do Terço e Ladainha de Nossa Senhora

19h30 – Celebração Eucarística

Celebrantes – Pe. Daniel do Nascimento e Pe. Eugênio Alexandre

Noiteiros – Paróquias Santíssimo Redentor e N. Sra. do Carmo, Patroneses, Ministros Extraordinários da Comunhão, Pastoral da Pessoa Idosa, Associação dos Aposentados e Pensionistas

Evento – Noite Cultural com Grupo Transart e Quermesse

Animação Litúrgica – Paróquia Nossa Senhora do Carmo

28/01 – Sábado

18h30 – Recitação do Terço e Ladainha de Nossa Senhora

19h30 – Celebração Eucarística

Celebrante – Dom Hildebrando Mendes Costa

Noiteiros – ECC, Pastoral Familiar, Equipes de Nossa Senhora, Equipe de Cerimonial, Caminho Neo-Catecumenal e Focolares

Evento – Noite dançante Familiar com Jordão e banda e Quermesse

Animação Litúrgica – ECC

29/01 – Domingo

16h – Tradicional Leilão de Gado.

18h30 – Recitação do Terço e Ladainha de Nossa Senhora.

19h30 – Celebração Eucarística

Celebrante – Pe. Manoel Sabino e Pe. Wanderley da Silva.

Noiteiros – Juventude, TLC, Amigos pela Fé, Crismandos, Jovens Sarados, Equipes Jovens de Nossa Senhora e Ministério Jovem da RCC

Evento – Noite Jovem com Cristo e Quermesse

Animação Litúrgica – Coral Vozes do Altíssimo

30/01 – Segunda-feira

18h30 – Recitação do Terço e Ladainha de Nossa Senhora

19h30 – Celebração Eucarística

Celebrantes – Pe. Frei Mateus Tavares, Pe. Danilo Soares e Pe. Alexandre Rafael

Noiteiros – Paróquia N. Sra. do Perpétuo Socorro e Áreas Pastorais de Santa Isabel e Santo Antônio, Pastoral do Dízimo , Pastoral Litúrgica, Pastoral dos Surdos, Apostolado da Oração, Sacramentinos e Trânsito de São José

Evento – Banda Recomeçar e Quermesse

Animação Litúrgica – Área Pastoral Santa Isabel

31/01 – Terça-feira

18h30 – Recitação do Terço e Ladainha de Nossa Senhora

19h30 – Celebração Eucarística

Celebrantes – Pe. Antônio Lopes e Pe. Gilberto Pinheiro

Noiteiros – Paróquias São José e N. Sra. das Graças, Pastoral da Acolhida, Pastoral do Batismo e Terço dos Homens.

Evento – Leilão de Prendas e Quermesse

Animação Litúrgica – Paróquia São José

01/02 – Quarta-feira

18h30 – Recitação do Terço e Ladainha de Nossa Senhora

19h30 – Celebração Eucarística

Celebrantes – Pe. Menete Severiano e Pe. Cristiano Nóia

Noiteiros – Comunidades São Luís, N. Sra. Aparecida e N. Sra. de Lourdes

Evento – Café Regional

Animação Litúrgica – Grupo Filhos da Imaculada

02/02 – Quinta-feira

Festa Solene da Padroeira de N. Sra. do Bom Conselho e Procissão

09h – Celebrante – Dom Valério Breda – Bispo Diocesano

Animação Litúrgica – Coral Vozes de Arapiraca

17h – Celebrante e Procissão – Pe. Antenor Montenegro Júnior – Pároco

Animação Litúrgica – Coral Vozes do Altíssimo

03/02 – Sexta-feira

20h – Show com Eliana Ribeiro, Thiago Tomé e Ana Lúcia

Local – Ginásio Municipal João Paulo II


Postado em 30/01/2017 às 21:55 0

Aumento dos salários dos vereadores de Arapiraca está suspenso pelo MP

Os vereadores aprovaram um reajuste de 20% na última sessão ordinária de 2016


Por Roberto Gonçalves com assessoria

 O Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL), por meio da 4ª Promotoria de Justiça de Arapiraca, recomendou ao Poder Legislativo do Município que suspenda o pagamento do aumento de subsídios dos vereadores. O reajuste foi aprovado pelos parlamentares no dia 30 de dezembro do ano passado, no texto da Lei Municipal nº 3.239/2016, produzindo efeitos a partir de janeiro de 2017.

Autor da recomendação, o promotor de Justiça Napoleão Amaral Franco também recomendou à Câmara Municipal de Arapiraca uma consulta imediata ao Tribunal de Contas do Estado de Alagoas sobre a legalidade das despesas realizadas com base na lei aprovada no último dia útil de 2016. Além do aumento dos próprios subsídios, os vereadores devem ser abster ainda de realizar qualquer outro gasto relacionado à legislação.

“O Ministério Público Estadual recomenda que a Câmara Municipal de Arapiraca suspenda o pagamento de qualquer despesa realizada com fundamento na Lei Municipal nº 3.239/2016 até posterior pronunciamento do Tribunal de Contas do Estado de Alagoas na consulta a ser realizada, evitando deste modo ulteriores questionamentos e aplicação de penalidades aos ordenadores de despesas, caso elas sejam consideradas ilegais”, disse o promotor de Justiça.

Com a oficialização da entrega do documento, o MPE/AL aguarda agora o posicionamento da Mesa Diretora, informando se acatará ou não a recomendação.

Inconstitucional

Napoleão Amaral destaca na recomendação que a Constituição Federal só permite o reajuste dos subsídios dos vereadores pela Câmara Municipal de uma legislatura para outra. No entanto, o artigo 2º da Lei Municipal nº 3.239/2016 dispõe que o reajuste salarial dos parlamentares ocorra na mesma data da revisão anual da remuneração dos servidores públicos por meio de lei específica.

“Com esse texto, os vereadores desrespeitam o princípio constitucional da anterioridade porque permitem a concessão de aumentos para eles mesmos todos os anos, a despeito da Constituição Federal, que só permite revisão de subsídios de uma legislatura para a subsequente”, explica o promotor de Justiça.

Além disso, a Lei Complementar nº 101/2000, a Lei de Responsabilidade Fiscal, proíbe elevação de despesa de pessoal, inclusive concessão de aumento salarial, nos 180 dias anteriores ao final do mandato. Para o titular da 4ª Promotoria de Justiça de Arapiraca, a literalidade do texto da lei conduz à interpretação de ilegalidade quanto ao pagamento que represente aumento de despesa com pessoal no período vedado. Assim, os atos relacionados à legislação passariam a ser nulos.

“Qualquer despesa pública em contrariedade às regras contidas na Constituição Federal e ao enunciado no parágrafo único do artigo 21 da Lei Complementar 101/2000 poderá acarretar consequências cíveis, administrativas e criminais ao ordenador de despesas”, alerta Napoleão Amaral que, na recomendação, visa evitar a imposição de penalidades ao gestor, bem como garantir a livre atuação do Poder Legislativo Municipal em sua esfera de atribuições.

 


Postado em 30/01/2017 às 12:47 0

Sem dialogo para negociação servidores decidem pela paralisação nesta terça 31

Paralisação será de advertência, mas, assembleia poderá decidir por greve por tempo indeterminado


Por Roberto Gonçalves

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais da Saúde, Administração e Serviços de Arapiraca (Sindsar) realiza nesta terça-feira (31) , a partir das 8h, uma paralisação de advertência na sede do Centro Administrativo de Arapiraca, localizada no bairro Santa Edwiges.diante das tentativas de entendimento entre o gestor e o Sindsar durante as reuniões que ocorreram desde o início da gestão, não houve acordo em relação ao pagamento dos salários relativos ao mês de dezembro de 2016 e janeiro de 2017.

De acordo com a presidente do Sindsar, Joseane Lima da Silva, no ultimo encontro,, ocorrido na semana passada, o prefeito Rogério Teófilo fez uma explanação sobre as contas do município e afirmou sobre a impossibilidade de efetuar o pagamento do salário do mês de janeiro até o dia 31. A prefeitura propôs que o pagamento fosse realizado no dia 10 de fevereiro, mas os servidores rejeitaram a proposta. “Nós entendemos que essa nova gestão está enfrentando problemas financeiros, mas o pagamento do mês deve ser pago dentro do mês trabalhado”, afirmou a presidente do Sindsar.

Joseane Lima relatou que a grande maioria dos servidores depende exclusivamente do salário do município para sobreviver. “Tem gente que não conseguiu efetuar a matrícula da escola dos filhos; outros nem sequer tem dinheiro para pagar transporte ou colocar crédito no celular”, desabafou Joseane Lima.

Além de não efetuar o pagamento de janeiro até o último dia do mês, a prefeitura não apresentou um calendário não apresentou um prazo de pagamento referente ao salário de dezembro, que não foi efetuado pela gestão anterior da ex-prefeita Célia Rocha. 

A sindicalista, disse que nesta terça-feira (31) na própria prefeitura, onde estará acontecendo a paralisação, será realizada uma assembleia para decidir se haverá greve. “Não queríamos iniciar o ano desse forma, mas espero que o prefeito entenda que se não priorizar o funcionalismo público não há atendimento para a população”, finalizou.

Nata da assessoria

A assessoria de comunicação da prefeitura enviou nota sobre a paralisação dos servidores informando que não vai medir esforços para resolver essa situação o mais breve possível.

“A Prefeitura Municipal de Arapiraca confia no bom senso e no diálogo aberto que tem tido com todas as categorias. Durante a semana passada, o prefeito Rogério Teófilo manteve reuniões com sindicatos e associações de classe, onde expôs a situação do município.

O prefeito Rogério Teófilo e toda a sua equipe técnica estão tentando encontrar alternativas para efetuar o pagamento dos servidores públicos de Arapiraca dentro do mês trabalhado. Além disso, um calendário de pagamento referente ao mês de dezembro está sendo analisado para ser apresentado aos sindicatos dos servidores.’, informou a nota.

 


Postado em 29/01/2017 às 09:53 0

Duplo homicídio é registrado no Agreste

Ocorrência foi registrada na noite deste sábado (28) e teve como vítimas dois jovens


Por Roberto Gonçalves

Dois jovens identificados como Paulo Henrique Vieira Leite, 21 anos, e Jeferson Toledo dos Santos, 23, foram assassinados com vários tiros de arma de fogo na noite deste sábado (28), no Povoado Cabeça Dantas, zona rural do município de Belém, na Região Agreste de Alagoas.

De acordo com as primeiras informações, as vitimas trafegavam em motocicleta pela BR-316, quando foram alvejadas pelos disparos. Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e policiais militares foram acionados ao local, mas ainda não há detalhes do crime.

Peritos do Instituto de Criminalista (IC) estiveram no local para os primeiros procedimentos do local. O Instituto de Médico Legal (IML) de Arapiraca foram acionados para recolher os corpos e encaminha-los a sede do órgão em Arapiraca para o procedimento de necropsia. A Polícia Civil deve investigar o duplo homicídio e apontar a motivação para o crime.


Postado em 29/01/2017 às 07:18 0

Pai e filho são vítimas de atentado a bala em cerimônia de casamento

Fato foi registrado em Limoeiro de Anadia no Agreste do Estado


Por Roberto Gonçalves

Divulgação

Limoeiro de Anadia

Um duplo atentado a bala abalou a cidade de Limoeiro de Anadia no Agreste do Estado na tarde deste sábado (28) quando pai e filho foram vítimas de um atentado a bala no momento que assistiam uma cerimonia de casamento na Igreja Matriz da cidade.  

De acordo com as primeiras informações, um rapaz identificado apenas como Betinho, teria entrado na igreja e disparado contra Cícero Barbosa da Silva, 62, e Edmilson Bezerra da Silva, 37, que seriam pai e filho e serviriam como testemunhas na cerimônia religiosa. As vítimas seriam moradores do Sítio Mucambo, Zona Rural de Limoeiro de Anadia.

Edmilson Bezerra e Cícero Barbosa foram socorridos e levados para a Unidade de Emergência do Agreste (UE) em Arapiraca em carros particulares e o quadro deles é estável. O autor dos disparos se evadiu do local e sua localização permanece desconhecida, não há informação sobre a motivação do crime.

 


Postado em 27/01/2017 às 06:21 0

Proprietários de “cinquetinhas” se reúnen para definir turmas para alfabetização

Encontro foi organizado pelo deputado estadual Tarcizo Freire na noite desta quinta-feira (26)


Por Roberto Gonçalves

O deputado estadual Tarcizo Freire (PP) esteve reunido na noite desta quinta-feira (26) no Centro de Equoterapia no Bairro Nova Esperança com mais de 300 proprietários de “cinquentinhas” não alfabetizados. O objetivo do encontro, foi para definir as turmas que serão alfabetizadas para a regularização dos ciclomotores. Para adquirir a ACC  junto ao Detran-Al.

 

O encontro organizado pelo parlamentar contou com a presença do presidente da Associação dos Condutores de Ciclomotores do Estado de Alagoas, Severino Lopes além de professores contratados que irão ministrar as aulas para alfabetização dos condutores não alfabetizados e em seguida o processo de regularização com ACC junto ao Departamento Estadual de Transito.  

 

Objetivando solucionar o processo de regulamentação com mais agilidade, o deputado Tarcizo Freire contratou cinco professores que irão ministrar as aulas no período noturno e aos sábados tendo como local o complexo de Equoterapia. O parlamentar viabilizou esse processo mais rápido com a contratação de professores em razão da não liberação de profesores do Ensino de Jovens e Adultos (EJA) nesse período.

 

Os proprietários dos ciclomotores serão divididos em turmas de 35 alunos e no caso de reprovação terão asegunda oportunidade com o retorno a auto escola. Tarcizo Freire assegurou que dará todo apoio para os proprietários de “cinquentinhas” regularizarem sua ACC principalmente para as pessoas de baixa renda e que utilizam o meio de transporte nas suas atividades diárias para consegirem o sustento para a sobrevivência. 

 

O presidente da Associação dos Condutores de Ciclomotores do Estado de Alagoas, Severino Lopes assegurouo que a entidade está fortalecida em Arapiraca no apoio aos propriertários no objetivo de orietar para a regularização dos veículos.  A entidade vem recebendo convites de outras cidades do interior do Estado que querem se organizar em associação objetivando o caminho correto, econimico e seguro para a regulamentação e adquirir a ACC.  

 

 

 


Postado em 26/01/2017 às 08:54 0

Servidores municipais de Arapiraca decidem pela paralisação

Com salários do mês de dezembro em atraso eles exigem do gestor um calendário de pagamento


Por Roberto Gonçalves

Ilustração

Arapiraca

O prefeito Rogério Teófilo (PSDB) vai enfrentar a primeira paralisação de servidores como advertência no próximo dia 31 deste mês. Com os salários do mês de dezembro em atraso e sem uma definição de  quando o pagamento será realizado ficou definido em asselbleia realizada na tarde desta quarta-feira (25), e decidiram que irão realizar uma grande paralisação em virtude dos salários atrasados do mês de dezembro.

O encontro ocorreu na Casa da Cultura na Praça Luiz Pereira Lima e contou com a presença do representante da CUT, Izaac Jackson, e da presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Saúde, Administração e Serviços do Município de Arapiraca (SINDSAR), Joseane Lima.

A decisão acontece um dia após o prefeito Rogério Teófilo (PSDB) expor a situação financeira encontrada pela atual gestão e afirmar em reunião com os sindicatos que a prefeitura não dispõe de recursos para pagar a folha do mês passado.

Segundo explicou um dos representantes dos servidores, a proposta inicial era greve, porém a assembleia optou por paralisar apenas um dia e tentar um acordo com o prefeito. A intenção da categoria é que Rogério Teófilo garanta uma data para realização do pagamento.

“Não aceitamos isso de não saber quando irá nos pagar. Trabalhamos para prefeitura e não para gestão a ou b. Queremos receber o que é nosso. Entendemos que a situação é complicada, mas os servidores não podem ser penalizados”, afirmou um dos funcionários públicos que estava presente na assembleia.

Na reunião também ficou decidido que caso o prefeito não se comprometa em pagar o salário de dezembro, os servidores deverão entrar em greve já a partir da próxima semana pór tempo indeterminado. De acordo com Joseane Lima no dia 31 todos os serviços na área de saúde, administração e serviços serão paralisados.

 


Postado em 25/01/2017 às 11:44 0

Contratados em 2015 e 2016 são demitidos da Prefeitura de Arapiraca

Pasta da saúde é uma das mais atingidas com mais de cem demissões de agentes de saúde e endemias


Por Roberto Gonçalves

Foto Assessoria

Servidores contratados da Prefeitura de Arapiraca nos anos 2015 e 2016 foram demitidos. Uma das pastas mais atingidas é a pasta da saúde onde ocorreu mais de cem demissões sob a justificativa de contenção de despesas. Com as demissões, Unidades Básicas de Saúde funcionarão com precariedade prejudicando a população mais carente.

Com as demissões, o Programa de Saúde da Família (PSF) poderá ter equipes reduzidas, um grave problema de saúde pública na cidade mais importante do interior de Alagoas. Vale ressaltar que esses contratos ocorreram em ano pré-eleitoral e eleitoral com o objetivo de angariar votos para o grupo situacionista na eleição 2016.Os contratos teriam sido oferecidos pelos vereadores candidatos a reeleição do grupo da então prefeita Célia Rocha.     

Nesta terça-feira (24) o prefeito Rogério Teófilo (PSDB) se reuniu com lideranças de entidades sindicais que representam as diversas categorias dos servidores municipais de Arapiraca.

A pauta da reunião foi buscar encontrar soluções para resolver a principal reivindicação da categoria, que é o pagamento dos salários referente ao mês de dezembro, não liquidados pela gestão anterior, que também não deixou saldo suficiente em caixa para que os pagamentos fossem efetuados no início da nova gestão.

No encontro, o gestor apresentou o diagnóstico financeiro do município e pediu a união e o apoio de todos neste momento de dificuldades, uma vez que a atual gestão está assumindo uma Prefeitura com um débito aproximado de R$ 98 milhões, entre despesas com a folha dos servidores, fornecedores e parcelamento de débitos previdenciários.

De acordo com o presidente do sindicato da categoria dos servidores, eles deverão realizar nesta quinta-feira (26) no Ginásio João Paulo II uma Assembléia Geral para uma tomada de posição. Caso seja decidida pela maioria pela paralisação, o problema poderá ser agravado em razão da precariedade na prestação dos serviços, sobretudo na área da saúde uma das pastas mais atingidas pelas demissões. 

A titular da pasta, a vereadora licenciada Aurélia Fernandes (PSB) que já ocupou a pasta na gestão de Célia Rocha (PSL) e Luciano Barbosa (PMDB) por cinco anos, segundo noticiou a Rádio Pajuçara FM, na manhã desta quarta-feira (26) foi liberada pelo coordenador de comunicação jornalista Guilherme Lamenha para conceder uma entrevista na emissora na manhã desta quinta-feira (26).

Apesar de não ter uma solução imediata para resolver o impasse, Rogério garantiu que os servidores receberão pelo mês trabalhado. “De uma coisa vocês podem ter certeza: o mês de dezembro será pago, mas antes tenho que fazer um planejamento que não comprometa as contas do ano vigente. Não tenho dúvidas que, juntos, iremos encontrar a melhor alternativa para resolvermos essa lamentável situação o quanto antes”, justificou.

 


Postado em 24/01/2017 às 16:25 0

Diagnostico financeiro apresentado por Teófilo mostra que Célia Rocha mentiu

Município encontra-se no Cauc e está com uma dívida de R$ 100 milhões


Por Roberto Gonçalves

Foi surpreendente o diagnostico financeiro da Prefeitura de Arapiraca apresentado durante duas horas e meia em uma coletiva na manhã desta terça-feira ((24) na sede do Centro Administrativo pelo prefeito Rogério Teófilo (PSDB). Diante da exposição dos dados com documentos onde aponta um rombo milionário, deixado pela gestão da ex-prefeita Célia Rocha (PSL) e pelo então prefeito Luciano Barbosa (PMDB)  Os reflexos deste rombo prejudica os funcionários da prefeitura que ainda não receberam dezembro além de aposentados, pensionistas, locadores de veículos e fornecedores.  

 Após a exposição com clareza e a segurança dos dados uma coisa fica evidente, Célia Rocha vai ter que se manifestar, em entrevista a emissoras de rádio a ex-gestora afirmou  que havia deixado dinheiro para pagar os funcionários, Rogério apresentou os extratos bancários, e não tendo nenhuma novidade Célia teria mentido. Além de ter deixado a Prefeitura no Cauc. Impossibilitada de receber recursos do Governo Federal.  

A partir de agora todas as atenções estão voltadas para Célia Rocha e Luciano Barbosa ambos tem que  explicar, para seus eleitores, para a população de Arapiraca, para o Tribunal de Contas, para o Ministério Público, Estadual e Federal e o Tribunal de Contas do Estado.

Débito previdenciário

. O prefeito afirmou que entre débito previdenciário, pagamento dos servidores e débitos com fornecedores,  há uma dívida aproximada de R$ 100 milhões. Em contrapartida a esse mega débito, o prefeito mostrou por meio de extratos bancários da Caixa Econômica Federal (CEF) e do Banco do Brasil (BB), que há somente nas contas do município aproximadamente R$ 90 mil, um valor infinitamente menor ao débito deixado pela gestão anterior.

Durante a entrevista o prefeito afirmou que seria distribuído aos jornalistas e radialistas presentes, uma cópia de toda a documentação bancária para que a imprensa pudesse ter acesso aos números de forma mais precisa. “Eu não vou trabalhar com mentira quero que a sociedade saiba a verdade”, afirmou Rogério Teófilo durante coletiva. O gestor esclareceu que ele e os secretários estão a disposição da imprensa para qualquer esclarecimento. “Quero realizar uma administração com transparência, equilibrio e com a verdade” completou.

De acordo com as colocações de Teófilo,  desse débito total, R$ 16 milhões são referentes ao pagamento do funcionalismo público deixados pela gestão de Célia Rocha.. Foram pagos somente os salários dos secretários. O restante dos servidores deixaram de receber o pagamento do mês de dezembro. Vamos sentar com a mesa de negociação, da qual faz parte representantes do sindicato dos servidores para juntos, encontrarmos uma solução para regularizar esse pagamento.

 “Foi divulgado pela gestão anterior que havia R$ 125 milhões na conta da Prefeitura de Arapiraca, mas isso é recurso de convênio, não é dinheiro para pagar dívidas com fornecedores nem pagamento dos funcionários". Esclareceu o prefeito.

O mais agravante é que recursos de convênios podem não ser liberados porque há mais de um ano a gestão anterior não apresentava relatórios dos gastos dos recursos públicos ao Tribunal de Contas de Alagoas. “Isso significa dizer que Arapiraca não pode receber recursos de convênios federais enquanto não regularizar a situação no Cauc (Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias)”, informou o prefeito.

Teófilo disse que renovou o pedido de uma auditoria das contas da gestão anterior que será realizada pelo Tribunal de Contas de Alagoas. " Há muitos débitos empenhados sem condições do município oferecer a contrapartida. Queremos saber onde esse dinheiro foi usado", desabafou o gestor.

 

 


Postado em 24/01/2017 às 09:39 0

Polícia apreende quatro toneladas de fumo falsificado em Arapiraca

Investigações vinham sendo realizadas pelo Gecoc há dois meses


Por Roberto Gonçalves com assessoria

Três pessoas foram presas e quatro toneladas de fumo falsificado foram apreendidas durante uma operação do Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc) e da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AL) nesta segunda-feira (23), em Arapiraca.

As investigações feitas pelo Gecoc se estenderam por dois meses, mas apenas nesta segunda o plano de interceptação foi executado. A ação contou com apoio de policiais do Pelopes e Rocam do 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM), da 4ª Delegacia Regional de Arapiraca, além da vigilância aérea do Falcão 04.

De acordo com assessoria de comunicação da SSP, Genival Aristides Costa foi preso com duas toneladas de fumo falsificado e Ivanildo Rodrigues dos Santos com 100 kg. Além deles, Adailson Januário foi preso por porte ilegal de arma de fogo.

 

 

 


Postado em 20/01/2017 às 06:43 0

Câmara não paga FGTS e Arapiraca perde Centro de Convenções

Recursos foram bloqueados pela Caixa Econômica na gestão anterior de Célia Rocha


Por Roberto Gonçalves

Divulgação

Maquete do Centro de Convenções

A construção do Centro de Convenções de Arapiraca anunciado pelo presidente do Senado Renan Calheiros a então prefeita Célia Rocha (PSL) nunca saiu do papel Na época, o senador Renan, anunciou oficialmente que o governo federal iria liberar os recursos no valor de R$ 10 milhões, necessários para construção da obra. O Centro de Convenções é uma antiga reivindicação da cidade e seria copnstruído em uma área do Lago do Perucaba.

A ex-prefeita assegurou no encontro  “Nós já temos o terreno, o projeto e também o cadastro aprovado. Vamos abrir rapidamente o processo licitatório de modo a agilizarmos a construção do nosso centro de convenções”, disse a ex- prefeita. O ex-prefeito de Arapiraca, e atualmente vice-governador  Luciano Barbosa, também parricipou do encontro em Brasília. “Um Centro de Convenções equipado, moderno e espaçoso gera uma grande potencialidade para levarmos grandes eventos para Arapiraca. Isso terá impactos muito relevantes no perfil socioeconômico na região, especialmente no emprego e na renda”, disse Luciano Barbosa.

Débito do Legislativo bloqueou parcela de recursos

 

Em 2016, um débito de quase R$ 1 milhão de FGTS da Câmara Municipal de Arapiraca concorreu para o bloqueio de uma das parcelas para a construção do Centro de Convenções de Arapiraca. Esse débito ainda não foi pago e o Legislativo de Arapiraca vem pagando altas multas anualmente ao Ministério Público do Trabalho.

 

 O débito da Câmara Municipal responsabiliza a Prefeitura de Arapiraca pelo fato do Poder Legislativo não possuir personalidade jurídica e sim a Prefeitura de Arapiraca.

O débito da gestão de várias mesas diretoras nas últimas duas dpécadas, é referente a repasses não efetuados do Findo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS.

 No total, 102 servidores são osprejudicados. Alguns já estão aposentados e alguns já falecidos. Nesses casos, a família terá o direito a receber o que tiver direito. O presidente da Associação dos Servidores da Câmara Muniicpal (Ascama) Josinaldo Rodrigues, explicou que à época da mudança da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT)para o regime Estatutário em 1988.

A Câmara teve cinco anos para se adequar ao novo regime. O Ministério Público do Trabalho durante reunião orientou a Casa a pagar o FGTS, do período em que os servidores trabalhavem “celetistas”, Na época, de acordo com o dirigente da Ascama, houve dúvidas das partes se caberia ao Executivo ao ao Legislativo o pagamento de menos de R$ 20 mil. Na época a instituição financeira apresentou os documentos comprobátórios, explicou.

 

O ex- primeiro secretário da Mesa Diretora, Moisés Machado reconhece a existência da alta pendência e justifica que “é um problema antigo”. No entanto, foi presidente da Mesa Diretora e não solucionou o problema ou mesmo negociou o débito que foi crescendo como uma “bola de neve”. Outros presisidentes o sucederam a exemplo de Adalberto Saturnino e Gilvânia Barros reeleita na eleição do ano passado. O Tribunal Regional do Trabalho vem penalizando a Casa com altas multas anualmente da ordem de R$ 11 mil. .  

 

Centros de Convenções de Barra de São Miguel e Penedo

 

Enquanto a construção do Centro de  Convenções de Arapiraca permanece na estaca zero, o governador Renan Filho (PMDB) assinou  a ordem de serviço para a construção  do Centro de Convenções do município de Penedo. A solenidade aconteceu em frente ao Cine São Francisco com a presença do ministro Marx Beltrão, do Turismo.

 

A parceria com o Ministério do Turismo permitiu que Alagoas possa pôr em prática a ampliação da rede de Centros de Convenções no Estado. 

A ideia do Governo do Estado é possibilitar que estes polos comerciais possam receber grandes eventos, aumentando assim as possibilidades no turismo de negócios em Penedo, Maragogi. Além da expectativa positiva para a alta temporada, o trade turístico do Litoral Sul de Alagoas tem mais um motivo para comemorar. O governador Renan Filho assinou a ordem de serviço para início das obras do Centro de Convenções da Barra de São Miguel.

 

O empreendimento  deverá reduzir a sazonalidade no período de baixa temporada e impulsionar o Turismo de negócios e eventos na região. Para o presidente da Associação dos Empreendedores do Turismo do Litoral Sul, Daniel Brasil, a construção do Centro de Convenções representa muito mais do que um novo instrumento voltado para o turismo no interior do Estado.

A nova gestão que tem a frente o prefeito Rogério Teófilo que conta com o apoio dos deputados estaduais Severino Pessoa (PSC) e Rodrigo Cunha (PSDB) além dos 17 vereadores arapiraquenses deve se mobilizar junto ao governo do Estado e ao governo federal a construção do Centro de Convenções de Arapiraca, um pleito de todos os arapiraquenses.