Roberto Gonçalves
Roberto Gonçalves

Postado em 06/01/2017 às 08:10 0

Retirada de homenagens a filhos iliustres gera polêmica em Lagoa da Canoa

Prefeita Tainá Veiga mandou retirar portais com hopmenagens ao goleiro Dida, Hermeto Pascoal e o ex-prefeito Almir Lira


Por Roberto Gonçalves

A primeira decisão da prefeita de Lagoa da Canoa, Tainá Veiga (PP) ao assumir os destinos de Lagoa da Canoa foi determinar a retirada dos portais na entrada da cidade fato que gerou muita polêmica e até indignação de internautas nas redes sociais. Os portais lembravam os filhos ilustres de Lagoa da Canoa a exemplo do instrumentista de fama internacional Hermeto Pascoal, o goleiro Dida e ao ex-prefeito Jair Lira, pai do ex-prefeito Jairzinho Lira e atualmente deputado estadual.

Um dos primeiros a colocar sua indignação foi o deputado estadual Jairzinho Lira na sua página no face book considerando a titude da nova gestora como “vil e impensada”. Um dos homenageados o ex-goleiro da Seleção Brasileira, Dida que, apesar de não ser natural do município, viveu desde sua infância na cidade e ainda mantém residência no município. Dida é natural da Bahia mas teve toda a sua infância, adolescência e iniciou sua carreira no futebol em Arapiraca.


O ato da nova gestora  gerou insatisfação em parte da população. “Será que a prefeita não tinha nada importante para começar a fazer no início do seu mandato?”, questionou um morador que não quis se identificar. O deputado estadual Jairzinho Lira, ex-prefeito do município de Lagoa da Canoa e responsável pela construção dos portais na cidade, lamentou o ato da atual prefeita e publicou em suas redes sociais uma nota falando sobre a decisão da administração municipal.

“As eleições se deram em 02 de outubro último. Todavia, vejo que os palaques ainda não foram desmontados… em uma atitude impensada e vil, a atual gestora da minha amada terra, Lagoa da Canoa, determinou a retirada dos portais da cidade, das menções aos expoentes da minha querida terra...”, disse o deputado em nota na sua página pessoal no face book.


Postado em 04/01/2017 às 07:43 0

Aposentados da Educação exigem explicações sobre pagamento em atraso

Sinteal convoca servidores para um encontro com o titular da pasta da Fazenda de Arapiraca nesta quinta-feira (05)


Por Roberto Gonçalves

Os servidores aposentados da Educação de Arapiraca que estão com os salários do mês de dezembro  e o décimo terceiro salário atrasados estão sendo convocados pelo presidente do núcleo do Sinteal local, professor André Luiz  para um encontro com o titular da pasta municipal da Fazenda Antonio Fernando da osta Lobo. O encontro está marcado para as 09h desta quinta-feira (05) na sede do Centro Administrativo no bairro Santa Edwvirgem.

Na última sexta-feira (30) de dezembro de 2016, a então prefeita Célia Rocha (PSL) concedeu entrevista as emissoras de rádio da cidade anunciando que os recursos para o pagamento dos servidores aposentados da Educação e do décimo terceiro salário estavam em caixa para ser efetuado pelo novo gestor o  prefeito Rogério Teófilo (PSDB).

 Decorridos quatro dias o pagamento não foi ainda efetuado.Servidores da área de saúde agentes de saúde e de endemias estão com salários atrasados do mes de dezembro e décimo terceiro salário.  


Postado em 03/01/2017 às 16:47 0

Júnior Miranda é eleito presidente da Câmara de Palmeira dos Índios

Sessão foi realizada na manhã dessa terça-feira (03)


Por Roberto Gonçalves

Foto: Todo Segundo-cortesia.

Prevaleceu o bom senso e finalmente e os vereadores da terra Xucuru chegaram a um consenso e elegeram o vereador Júnior Miranda (PSL) prersidente da Mesa Diretora. A sessão para votação ocorreu manhã desta terça-feira (03), por unanimidade para o biênio 2017/2018. 

Assim como acontece nos demais municípios, essa eleição deveria ter sido realizadalogo após a posse dos vereadores, no primeiro dia de 2017, mas um jogo de interesses entre dois grupos chamados de G6 e G9, motivou que a sessão fosse suspensa pela falta do quórum minimo para a realização da sessão. 

Para resolver a situação foi necessário a intervenção do prefeito eleito Júlio Cezar (PSB) que solicitou a presença da vereadora do G6, Adelaide França (PMDB), que possibilitou que fosse realizada a votação. A sessão foi presidida pelo vereador Pedro Gaia, segundo mais votado da Casa legislativa palmeirense.

O vereador Júnior Miranda (PSL) falou da emoção desse momento da sua carreira. “Quando disse no inicio que nada estava nos meus planos, eu provo por A mais B. Eu não era candidato a nada nas eleições de 2016 e de última hora para compor e para que um grupo político não ficasse só, me convocaram para essa missão.

Em 25 dias eu retornei para esta casa coisa que eu disse para mim mesmo que nunca mais voltava”,revelou o vereador que já ocupou o cargo de secretário municipal de Educação na gestão do então prefeito Albérico Cordeiro.

A nova mesa  Diretora é composta por Junior Miranda - PSL (Presidente); Joelma Toledo –PMDB (Vice – Presidente); Fabiano Gomes -PSC (1º Secretário); Fábio Targino – PEN (2º Secretário) e Dindor (PRTB) (3º Secretário). Na ocasião os vereadores Agenor Leôncio (PSB), Cristiano Ramos (PDT), Ronaldo Raimundo Jr. (PROS), Maxwell Feitosa (PMN), Val Enfermeiro (PMN) não compareceram a sessão.


Postado em 02/01/2017 às 11:26 0

Justiça suspende reajuste dos vereadores de Palmeira dos Índios

Em Arapiraca os vereadores reajustaram os seus salários na última sessão de 2016


Por Roberto Gonçalves

Câmara de Vereadores de Palmeira dos Índios

Uma ação popular provocou a suspensão do aumento de salários aprovado pela Câmara de Vereadores de Palmeira dos Índios no último dia 22 de dezembro de 2016. O advogado Guilherme Machado Vellame ingressou na Justiça para evitar o aumento do subsídio, a partir deste mês de janeiro de 2017. 

A juíza Luana Cavalcante de Freitas concedeu uma liminar proferida no último domingo, dia (1º) e suspendeu o aumento de 30% que seria incorporado aos vencimentos dos vereadores de Palmeira dos Índios. A intenção dos vereadores é aumentar os salários de R$ 5.700 para R$ 7.500 mais acréscimo de verba de gabinete no valor de R$ 2.500,00. 

A intimação da decisão liminar ocorreu momentos antes da cerimônia de posse dos novos vereadores neste domingo (1º), na sede do Poder Legislativo, sendo intimados os vereadores que dirigiam a Casa interinamente, já que a eleição da Mesa Diretora permanece indefinida. 

De acordo com o parecer da juíza plantonista, o reajuste nos vencimentos dos vereadores fere a Lei de Responsabilidade Fiscal e suspendeu os efeitos do Projeto de Lei 047/2016 da Câmara de Palmeira dos Índios mantendo os valores pagos anteriormente, no valor de R$ 5. 700 reais. 

“Se percebe de pronto a ilegalidade apontada na inicial, visto clara a violação ao art. 21 , parágrafo único da Lei Complementar 101/2001. Ao aumentarem os próprios subsídios há menos de 180 dias para o fim de seus mandatos, os edis de Palmeira dos Índios violaram claramente a lei de responsabilidade fiscal”, afirmou a magistrada.

Em Arapiraca, vereadores reajustaram os salários na última sesão do ano. Os vereadores arapiraquenses na última sessão do ano deram um tapa na cara do povo diante da crise economica que atravessa o pais e na contra mão na medida de contenção de despesas do prefeito eleito Rogério Teófilo (PSDB) que reuziu de 16 para 10 secretarias municipais.

Com as vantagens os vereadores irão perceber mais de R$ 20 mil mensais, além de cota de combustíveis. As sessão são realizadas apenas duas por semana no horário noturno as terças e quartas. Geralmente a sessão da quarta-feira não é realizada por falta de quórum.  

 A aprovação unânime do aumento salarial ocorreu nesta sexta-feira (30), em uma sessão extraordinária que estava marcada para às 8h, mas que só teve início às 12h. Pesssoas que estavam nas galerias e a imprensa local aguardavam o início da sessão, que atrasou por três horas. A votação começou quando boa parte do público, cansado e sobretudo indignado já tinham abandonado o plenário.    

 


Postado em 30/12/2016 às 19:04 0

Deputado Tarcizo Freire distribui cestas básicas em bairros carentes de Arapiraca

Distribuição foi realizada durante a manhã dessa sexta-feira (30)


Por Roberto Gonçalves

Com a nobre missão de levar a diversas comunidades carentes de Arapiraca o espirito de comunhão e do Natal.  O deputado estadual Tarcizo Freire (PP), realizou durante a manhã desta sexta-feira (30), a entrega de  cestas básicas nos bairros, Mangabeiras, Nova Esperança e Frei Damião. O parlamentar distribuiu pessoalmente as cestas básicas para famílias carentes contendo alimentos não pereciveis.

Para o parlamentar arapiraquense esse tipo de ação é muito importante. “É uma grande satisfação, a realização desta desse que ameniza o sofrimento destas famílias que garante a ceia neste período em que comemoramos o nascimento de Jesús Cristo. A cada ano esta ação alcança mais família, este ano 500 cestas foram distribuidas. E com a ajuda de Deus, no ano que vem, vamods levar essa distribuição para outras comunidades, e beneficiaremos mais famílias”, garantiu Freire.

O deputado ainda ressaltou o prazer em promover essa atividade em beneficio das comunidades. “Hoje a demanda de comunidades carentes em Arapiraca é imensa. Então é um prazer entregar essas cestas e proporcionar mais alegria a essas famílias de pessoas simples e sofridas Fico muito feliz por levar um pouco de alegria para a vida dessas famílias, principalmente aquelas que se encontram doentes e necessitadas. Além de doar essas cestas básicas, o nosso pensamento é levar um pouco de amor e carinho, para que elas possam passar dias melhores com seus familiares e amigos”, finalizou o parlamentar.

 


Postado em 30/12/2016 às 16:02 0

Vereadores de Arapiraca reajustam salários na última sessão do ano

Salários passam para R$ 12 mil com mais outras vantagens a exemplo da verba de gabinete que é superior a R$ 5 mil


Por Roberto Gonçalves

Os vereadores arapiraquenses na última sessão do ano deram um tapa na cara do povo diante da crise economica que atravessa o pais e na contra mão na medida de contenção de despesas do prefeito eleito Rogério Teófilo (PSDB) que reuziu de 16 para 10 secretarias municipais.

Com as vantagens os vereadores irão perceber mais de R$ 20 mil mensais, além de cota de combustíveis. As sessão são realizadas apenas duas por semana no horário noturno das terças e quarta-feira. Geralmente a sessão da quarta-feira não é realizada por falta de quórum.  

 A aprovação unânime do aumento salarial ocorreu nesta sexta-feira (30), em uma sessão extraordinária que estava marcada para às 8h, mas que só teve início às 12h. Pesssoas que se estavam nas galerias e a imprensa local aguardavam o início da sessão, que atrasou por três horas. A votação começou quando boa parte do público, cansado e sobretudo indignado já tinham abandonado o plenário.    

O aumento do salário dos vereadores de Arapiraca ocorre dois dias após os parlamentares das  Câmaras Municipais de Maceió, São Miguel dos Campos, e a Assembleia Legislativa do Estado (ALE) aumentarem seus próprios salários.

No último dias 28, vereadores da capital alagoana aumentaram seus salários, que agora passarão a receber R$ 18.986,00. De acordo com uma pesquisa levantada pelo Portal Uol, Maceió foi a capital no país que registrou a diferença mais gritante de salários entre vereadores e sua população. A renda mensal média dos maceioenses é de R$ 1.710.

Ainda no dia 28, vereadores de São Miguel dos Campos fizeram um reajuste de quase 30%. De R$ 8.600, agora receberão mensalmente R$ 11 mil. Os deputados estaduais, por sua vez, fizeram um aumento de R$ 5 mil. De R$ 20 mil, o salário pulou para R$ 25 mil. Do total de deputados, apenas quatro votaram contra o projeto.

Foi aprovado o Projeto de Lei do Executivo, que trata do orçamento para o exercício financeiro de 2017, orçado em R$ 772.647.000.72. O orçamento sofreu uma redução da ordem de R$ 55 milhões em relação ao orçamento de 2016. Os cortes podem provocar desconforto para a gestão do prefeito eleito e já diplomado Rogério Teófilo que assume os destinos do município a partir de 1º de janeiro de 2017.

 

 


Postado em 30/12/2016 às 08:27 0

Reviravolta na composição da Mesa Diretora do legislativo de Arapiraca

Atual chapa que é liderada pela vereadora Graça Lisboa poderá ainda sofrer modificação até o próximo domingo (1º)


Por Roberto Gonçalves

A eleição para Mesa Diretora da Câmara Municipal de Arapiraca sofreu uma grande reviravolta na quinta-feira (29). Durante uma reunião com nove vereadores eleitos, o nome da Professora Graça foi definido até o momento, como candidata a presidente na Chapa “União por Uma Arapiraca Melhor”. No entanto, a eleição para a presidência de Câmara Municipal de Arapiraca é sempre marcada por surpresas até o momento final da realização da votação.

As negociações estão sendo sequenciadas nos bastidores, houve a negociação para a adesão dos vereadores Edvânio Correia (Edvânio do Zé Baizinho) e Melquizedeque Oliveira. De acordo com informações chegadas ao blog, mas dois vereadores da chapa desfeita que seria integrada pelo novato Pablo Fênix poderão  aderir a essa mais nova composição ocorrendo naturalmente mudanças.

Até o momento, a chapa conta com o apoio de 10 vereadores. Além da Professora Graça, os vereadores Rogério Nezinho, Moises Machado, Melquisedec, Gilvânia Barros, Aurélia Fernandes que foi indicada secretária municipal de Saúde pelo prefeito eleito Rogério Teófilo, Sérgio do Sindicato, Fabiano Leão, Edvânio do Zé Baixinho e Dr. Fábio.

A Mesa Diretora ficou assim definida até o momento:

Professora Graça – Presidente
Moises Machado – Vice-presidente
Melquisedec – Primeiro secretário
Gilvânia Barros – Segunda-Secretaria
Fabiano Leão – Terceiro-Secretario

Com essa reviravolta na disputa, os planos do novato Pablo Fênix de ser o presidente da Mesa Diretora da Casa Herbene Melo foi desfeita.

 


Postado em 30/12/2016 às 07:25 0

Rogério Teófilo anuncia secretariado

Prefeito eleito reduz número de secretarias


Por Redação com assessoria

O prefeito eleito de Arapiraca, Rogério Teófilo, anunciou na manhã de hoje (30), em sua página oficial no Facebook, a relação com os nomes que vão compor seu secretariado. 

A novidade é a redução de 16 para 10 secretarias municipais. A equipe mais enxuta, segundo o prefeito, faz parte da política de austeridade que o atual momento exige dos poderes públicos. 

Os cortes, porém, não implicam na redução dos serviços oferecidos à população, já que as pastas extintas foram absorvidas pela nova configuração do organograma municipal. Confira abaixo o nome dos titulares de cada pasta e uma breve descrição dos currículos que os credenciam aos cargos:

Secretaria do Planejamento, Orçamento e Gestão – Antonio Lenine Pereira Filho
Tem formação em Administração de Empresas pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e em Direito pelo Cesmac. Na prefeitura de Arapiraca atuou como técnico do Núcleo de Planejamento e foi Secretário de Urbanismo, Limpeza e Iluminação Pública e Secretário de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente.

Secretaria da Fazenda – Antônio Fernando Costa Lôbo
Formado em Administração de Empresas pelo Cesmac, tem ampla experiência nas áreas Administrativa, Financeira e Contábil. Foi diretor presidente do Ipaseal Saúde e diretor administrativo e financeiro do mesmo órgão. Fernando Lôbo também atuou como secretário municipal de Maceió, entre janeiro de 2005 e agosto de 2006.

Secretaria da Saúde – Aurélia Magna Fernandes Dias
Assistente social formada pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL), com pós-graduação em Gerenciamento de Cidades (UFPE) e Formação Docente (UFAL). Foi eleita vereadora em 2012, sendo reeleita em 2016. Aurélia Fernandes também foi secretária de Saúde de Arapiraca durante cinco anos, entre 2007 e 2012.  

Secretaria da Educação e Esporte – Mônica Leonia Nunes Teixeira Pessoa
Possui Licenciatura Plena em Ciências/Biologia pela Uneal, pós-graduação em Biologia pela Universidade Federal de Lavras/MG e curso de Liderança e Gestão de Equipes pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Com ampla experiência na área de Educação, atuou como coordenadora Regional de Educação – 5 CRE (Arapiraca), entre 2010 e 2014.  

Secretaria da Assistência Social e Políticas para a Mulher – Amilka Andréa Couto Melo
É pedagoga formada pela Universidade Estadual de Alagoas (Uneal), com ampla experiência na área de Educação. Foi vereadora pelo município de Maceió entre 2008 e 2012. Participou de diversas atividades de formação nas áreas de Psicologia Aplicada à Criança e ao Adolescente e sobre Exploração do Trabalho Infantil em Arapiraca. 

Secretaria do Desenvolvimento Urbano e Obras – Daniel Soares de Freitas Oliveira
Tem formação acadêmica diversificada, com graduação em Direito pelo Cesmac; Engenharia Civil pelo Cesmac e Engenheiro de Segurança do Trabalho pela Faculdade Figueiredo Costa. Daniel Oliveira fez diversos cursos de atualização em suas áreas de atuação e possui larga experiência profissional nos setores público e privado.

Secretaria de Serviços Públicos – Vanessa Rousse Cavalcante Sampaio
Possui graduação em Direito pelo Cesmac, com pós-graduação em Direito Previdenciário pelo Instituto Nacional de Formação Continuada e Faculdade Inesp. Possui experiência como conselheira Tutelar e como conciliadora na 8 Vara da Justiça Federal (JEF), em Arapiraca. 

Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente – José Julio de Almeida Filho (Julio Houly)
Engenheiro agrônomo formado pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), é especializado na área de Irrigação, pela Universidade Federal da Paraíba. Exerceu por três vezes o mandato de vereador em Arapiraca e foi secretário municipal de Agricultura em duas oportunidades. Julio Houly também exerceu diversos cargos na Emater. 

Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo – Ricardo Barreto Dantas
É engenheiro agrônomo formado pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL), com pós-graduação em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Possui ampla experiência no setor privado, onde atua há 24 anos na região Nordeste, nos ramos do Agronegócio, Construção Civil e Turismo. 


Secretaria da Cultura, Lazer e Juventude – Silvestre Rizzatto
Servidor efetivo da prefeitura de Arapiraca, é contador graduado pela Universidade Estadual de Alagoas (UNEAL) e possui três especializações: em Administração Pública pela UFAL; Auditoria e Gestão de Negócios pelo Cesmac e Gerência de Cidades pela UFPE. Possui ampla ligação com a área de produção e divulgação cultural. 

Ainda fazem parte do primeiro escalão, os seguintes cargos com seus respectivos representantes:

IMPREV – Bergson Brito Leite
Graduado em Direito pelo Cesmac, com pós-graduação em Direito Processual pela mesma instituição. Foi secretário de Desenvolvimento Social do Estado de Alagoas e diretor Legislativo da Câmara Municipal de Arapiraca. É advogado militante nas áreas constitucional, cível e previdenciário.

SMTT – Coronel Jodelmir Pereira de Souza
Coronel da Reserva do Exército Brasileiro, tem sólida experiência na área de Planejamento e Gestão Estratégica de Sistemas Organizacionais, com ênfase em medidores de desempenho, análise e melhoria de processos e gestão e elaboração de projetos. Foi assessor Estratégico e de Segurança do Ministério Público Militar e também seu representante junto ao Conselho Nacional do Ministério Público.

Procuradoria Geral do Município –  Henrique Correia Vasconcellos
Graduado em Direito pela Faculdade de Alagoas (FAL), possui pós-graduação em Direito Processual Civil pela LFG-UNISUL e em Direito Eleitoral pela Escola Superior de Magistratura de Pernambuco. Além de ampla experiência como sócio de escritório jurídico e atuação na área pública, preside importantes comissões da OAB/AL.

Controladoria Geral do Município – Fabrizio Araújo Almeida
É Procurador Municipal há oito anos. Fabrizio Almeida é graduado em Direito pelo Cesmac e também em Administração Pública pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Além de atuar como advogado publicista, é professor de cursos de pós-graduação em Gestão Pública.

Coordenadoria Geral de Comunicação – Guilherme Lamenha
Graduado em Comunicação Social pela UFAL e pós-graduado em Ciências Sociais pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Professor universitário, possui experiência em veículos de comunicação e assessoria de imprensa nas áreas pública e privada. Foi subsecretário adjunto de Mato Grosso do Sul e secretário da Comunicação de Alagoas.


Postado em 29/12/2016 às 09:56 0

Acidente com caminhão pipa deixa um morto e dois feridos no Sertão

Acidente foi registrado na madrugada desta quinta-feira (29) na Al-220 em São José da Tapera


Por Roberto Gonçalves

Um homem identificado como Marcone Santos, morreu e outras duas pessoas ficaram feridas depois que um caminhão-pira saiu da pista e caiu em uma ribanceira na AL-220, em São José da Tapera, Sertão de Alagoas.

De acordo com informações do 7º Batalhão da PM o acidente ocorreu em uma localidade conhecida como Sítio Serrinha. As duas vítimas de nomes ainda não revelados foram levadas para a Unidade de Emergência do Agreste, em Arapiraca.  O quadro clínico delas ainda não foi divulgado.

As circunstâncias do acidente ainda não foram esclarecidas. Peritos do Instituto de Criminalística (IC) estiveram no local. O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca para o procedimento de necropsia.

 


Postado em 29/12/2016 às 07:47 0

Legislativo de Arapiraca ainda não aprovou orçamento para 2017

Matéria poderá ser aprovada em sessão extraordinária nessa sexta-feira (30)


Por Roberto Gonçalves

Faltando apenas dois dias para o término do ano e o inicio de uma nova gestão no Executivo, a Câmara Municipal de Arapiraca da segunda mais importante cidade do interior do Estado ainda não aprovou  o orçamento para o exercicio financeiro da Prefeitura de Arapiraca para 2017 enviado pelo Poder Executivo.

O orçamento está orçado em R$ 772.647.000.72. O valor foi  analizado pelas comissões do Legislativo e pela equipe de transição do prefeito eleito Rogério Teófilo (PSDB) e segundo as últimas informações  a matéria poderá ser aprovada em plenário  pelos atuais 15 vereadores em uma sessão extraordinária que poderá ser realizada as 08 h dessa sexta-feira (30)

O orçamento sofreu uma redução da ordem de R$ 55 milhões em relação ao orçamento de 2016. Os cortes podem provocar desconforto para a gestão do prefeito eleito e já diplomado Rogério Teófilo que assume os destinos do município a partir de 1º de janeiro de 2017.

 


Postado em 28/12/2016 às 17:32 0

Mesa Diretora do Legislativo de Arapiraca está definida

Eleição será momentos antes da posse de Rogério Teófilo na tarde de 1º de janeiro no teatro Thereza Auto Teófilo Eleição será momentos antes da posse de Rogério Teófilo na tarde de 1º de janeiro no teatro Thereza Auto Teófilo


Por Roberto Gonçalves

A composição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Arapiraca para o biênio 2017/2018 está praticamente definida. A chapa é encabeçada pelo empresário e vereador eleito para o primeira legislatura, Pablo Fenix tendo cmo vice-presidente o vereador reeeleito Edvânio Correia (PSL) (Edvânio do Zé Baixinho) e vice presidente o vereador e bacharel em Direito, Melquizedeque Oliveira e o vereador Jairo Barros como segundo secretário.

A escolha foi definida nesta quarta-feira (28) em reunião entre os vereadores eleitos e o deputado estadual Severino Pessoa. Dos 17 vereadores eleitos, a futura Mesa Diretora conta com o apoio de 13 parlamentares.  Apenas os vereadores Sergio do Sindicato (PPS) Moises Machado (PDT) Fabiano Leão (PMDB) e Rogério Nezinho (PMDB) não concordaram e devem não votar na chapa.

O novo presidente terá um grande desafio a enfrentar no comando da Casa Herbene Melo, o primeiro é o débito de R$ 1 milhão de FGTS junto ao Ministério Público do Trabalho. Esse débito pode provocar bloqueio de recursos do Governo Federal na gestão do prefeito Rogério Teófilo. Este ano, uma parcela de recursos que seria destinada ao Centro de Convenções de Arapiraca foi bloqueada.

Outro problema é a depreciação fisica do velho prédio que abriga aCâmara Municipal na Avenida Rio Branco. Sem manutenção nos últimos anos foi tomada por focos de cupins que danificaram várias salas e minusculos gabinetes dos vereadores. O teto do prédio também apresenta sérios problemas por falta de manutenção além do sistema de ar condicionado do plenário. O projeto da construçãode um novo prédio do Poder Legislativo no Bairro Santa Edwvirgem na gestão da prefeita Célia Rocha próximo ao Centro Administrativo nunca saiu do papel.


 


Postado em 27/12/2016 às 11:46 0

Legislativo de Arapiraca deve aprovar nesta terça-feira o orçamento 2017

Orçamento terá redução de R$ 55 milhões em relação a 2016


Por Roberto Gonçalves

Se houver quórum, a Câmara Municipal de Arapiraca deve aprovar na sessão ordinária dessa terça-feira (27) o orçamento para o exercicio financeiro da Prefeitura de Arapiraca para 2017 enviado pelo poder Executivo. O orçamento está orçado em R$ 772.647.000.72. O valor foi  analizado pelas comissões do Legislativo e pela equipe de transição do prefeito eleito Rogério Teófilo (PSDB) e deverá ser levado para discussão e votação em plenário quando será aprovado pelos atuais 15 vereadores.

O orçamento sofreu uma redução da ordem de R$ 55 milhões em relação ao orçamento de 2016. Os cortes podem provocar desconforto para a gestão do prefeito eleito, que assume os destinos do município a partir de 1º de janeiro de 2017.

Eleição da Mesa Diretora

No entanto, a preocupação maior  dos vereadores, nove  reeleitos e oito novos parlamentares é com a eleição da Mesa Diretora da Casa para o biênio 2017/2018.

A atual Mesa Diretora dirigida pelo vereador Márcio Marques (PSL) que ficou na primeira suplencia e não foi reeleito. O resultado motivou uma desmotivação na direção da Casa Herbene Melo. O primeiro secretário da Mesa, vereador reeleito, Moisés Machado (PDT) decidiu assumir o comando da Casa e tomou medidas amargas que prejudicou servidores da casa, sobretudo os de menor nível.

Uma das medidas foi o corte do vale transporte dos meses de novembro e dezembro, mesmo diante da atividade normal dos servidores nesse período. A Câmara Municipal tem um duodécimo mensal de quase 1 milhão repassado pelo executivo. O novo presidente da Mesa Diretora que vai assumir o comando da Casa a partir de janeiro de 2017, tem sérios desafios a enfrentar e tentar equacionalos.

Câmara tem débito de R$ 1 milhão junto ao FGTS

Um dos maiores é o débito de quase R$ 1 milhão referente a repasses não efetuados do Findo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS. No total, 102 servidores são osprejudicados. Alguns já estão aposentados e alguns já falecidos. Nesses casos, a família terá o direito a receber o que tiver direito. O presidente da Associação dos Servidores da Câmara Muniicpal (Ascama) Josinaldo Rodrigues, explicoi que à época da mudança da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT)para o regime Estatutário em 1988.

A Câmara teve cinco anos para se adequar ao novo regime. O Ministério Público do Trabalho durante reunião orientou a Casa a pagar o FGTS, do período em que os servidores trabalhavem “celetistas”, Na época, de acordo com o dirigente da Ascama, houve dúvidas das partes se caberia ao Executivo ao ao Legislativo o pagamento de menos de R$ 20 mil. Na época a instituição financeira apresentou os documentos comprobátórios, explicou.

Moisés Machado reconhece a existência da alta pendência e justifica que “é um problema antigo”. No entanto, foi presidente da Mesa Diretora e não solucionou o problema ou mesmo negociou o débito que foi crescendo como uma “bola de neve”. Putros presisidentes o sucederam a exemplo de Gilvânia Barros reeleita. O Tribunal Regional do Trabalho vem penalizando a Casa com altas multas anualmente da ordem de R$ 11 mil. .