Raízes da África
Raízes da África

Comandado pela esquerda, em Alagoas, o Conselho de Promoção da Igualdade Racial é, exacerbadamente, inoperante, e conta com o silenciamento conivente dos pares.

Raízes da África|

O Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial, órgão paritário, de caráter deliberativo e integrante da estrutura básica da Secretaria de Estado da Mulher, da Cidadania e dos Direitos Humanos, deveria ser um ganho do movimento de [email protected], em Alagoas, a terra do quilombo centenário, mas, não o é.

Criado, em 3 de julho de 2013, para propor políticas de promoção da igualdade racial e de combate ao racismo, preconceito, discriminação racial , visando a  redução das  desigualdades raciais, inclusive no aspecto econômico , financeiro, educacional, histórico cultural, social e político,  o Conselho  se encontra off.

Faz dois anos que o Conselho é um apêndice  natimorto, e ninguém, inclusive [email protected], questionam  o atual estado de ostracismo que se encontra o CONEPIR.

A luta contra o racismo deveria ser a prioridade do CONEPIR, entretanto há um refluxo de ações mal orquestradas, inexperiência com a causa e o partidarismo que impede posicionamentos mais conclusivos.

O partidarismo à esquerda ou direita não pode, nem deve ser o norte do combate ao racismo. A causa é bem maior do que isso.

E essa visivel  inoperância do CONEPIR impede que o estado de Alagoas se prepare para participação, no mais importante espaço de discussão e promoção de ações relacionadas à igualdade racial, que é a  5ª Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial , que acontece, em Brasília de 2 a 6 de maio.

Se o CONEPIR não realizou a eleição, em 2019,  para legitimar os membros no Conselho, e está ,juridicamente, inapto, como vai convocar as conferências municipais e estadual?.

E como se posicionam as diversas entidades , da sociedade civil,  que fazem parte do CONEPIR?

Simplesmente se calam?

Entre a direita e a esquerda volver, somos [email protected]

 

 

SOBRE O AUTOR

Raizes da Africa

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados