Blog Duda Rodrigues
Blog Duda Rodrigues

Em Alagoas, esquerda e direita escolhem as roupas para 2022

Blog Duda Rodrigues |


 

A festa da democracia mal terminou e quem quer se ver na folia de 2022 já arruma o bloco. Não há tempo a perder. Para quem quer garantir a permanência, após sofrer dois anos na suplência, a hora é agora. 
 

E o primeiro pronunciamento do deputado Ronaldo Medeiros já devolveu à Assembleia Legislativa algum embate sobre Governo Bolsonaro. Antes a Casa era um monótono clima de contra o governador Renan Filho (MDB) e o silêncio de quem achava que não valia nem a pena responder. Hoje, o emedebista, ex-petista, fez uma série de críticas, que por muito tempo não se via na Casa de Tavares Bastos. Ele sabia, porém, que não sairia sem ouvir a defesa do presidente. O deputado Cabo Bebeto até apostar o salário o fez para defender Jair Bolsonaro. Antônio Albuquerque não é um bolsonarista de carteirinha, mas não esconde a simpatia pelas posições do presidente na pauta dos costumes e não deixou de se pronunciar. Após afirmar que se alegrava com a volta de Medeiros, classificou como pífio o discurso em que o presidente era tido como uma vergonha para o país.

Na Câmara de Vereadores, a pauta de costumes também compareceu. E até uma tatuagem íntima da cantora Anita foi motivo de discussão na tribuna, por meio do vereador Leonardo Dias. Para a ala da direita mais do canto, os costumes voltaram com força nas Eleições de 2022. É próximo ano, é logo ali, diria o saudoso Vanucci.

Amigos, o homem é um ser desejante. A frase é Arthur Schopenhauer. Mas em política ela seria de qualquer pessoa que observe as casas do povo. Os palanques mal foram desmontados, se é que foram, e nossos eleitos já sonham com saltos maiores. Quem há de condenar? Tanto na Câmara dos Vereadores de Maceió quanto na Assembleia Legislativa, alguns representantes olham para Brasília com bastante carinho. Leonardo Dias, dizem, é um deles e quer se posicionar como alguém a representar bem a direita. No PSB, do prefeito JHC, a novidade confirmada pelo colunista Wadson Regis é a desistência do deputado Davi Maia para Câmara Federal. A sua campanha seria um obstáculo a anseios, digamos, familiares de amigos. Embora do Democratas, o deputado já tem "sala" limpa e ar-condicionado ligado na sede dos socialistas. João Caldas pai e o vereador Delegado Fábio Costa agradecem pela desistência.

Tudo faz parte da cena política. É necessário se diferenciar. Movimento comum, são esperados nos palanques de 2022 os vereadores Chico Filho, João Catunda, Eduardo Canuto, entre outros. Em frente à Catedral, falam-se em Davi Davino Filho, Cabo Bebeto, Jó Pereira. E para se fazer notado numa eleição que tem tudo para se dividir entre Direita, Esquerda e Centro, todos se perguntam se a roupa a vestir é mais radical ou moderninha. Vejamos em breve.

A cool cat.
A cool cat.
SOBRE O AUTOR

Bastidores Políticos

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados