Coluna Labafero

O mundo jurídico alagoano e a revelação dos telefonemas de Washignton Luiz

Ascom - TJ/AL Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Washington Luiz: a concessão de liminar causaria oneração aos cofres públicos

A reportagem do Fantástico sobre os processos que o desembargador Washignton Luiz sofre no CNJ trouxe a revelação que o presidente afastado do TJ-AL foi gravado pela PF tentando paralisar o andamento dos professos .

Apenas dois telefonemas foram revelados na reportagem, envolvendo os juízes Orlando Rocha e a juíza Fatima Pirauá, presidente da Almagis.

O mundo jurídico especula fortemente quais outros telefonemas, quem são os envolvidos e de que tratam. Uma coisa é certa . O judiciário alagoano nunca mais será o mesmo.

Paulão critica indicação de “defensor da ditadura” para Funai

Foto: Assessoria/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Deputado Paulão

O deputado federal Paulão (PT) engrossou o coro dos críticos à indicação – feita pelo PSC - do general da reserva, Sebastião Roberto Peternelli Júnior, para presidir a Fundação Nacional do Índio (Funai).

Segundo divulgado pela Agência Câmara, o parlamentar alagoano disse que o militar não deveria ter sequer sido considerado para o cargo.

Para Paulão seria inadmissível a nomeação de um defensor do período militar de 1964 (no ano passado, o general postou, nas redes sociais, uma homenagem ao golpe militar e contra o comunismo) para gerir um órgão direcionado às minorias.

Diante da zoada, o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, já descartou a indicação de Peternelli (ou de outro militar) para o posto.

Tadeu Lyra e Claydson Mourinha comandam campanha de Almeida

Foto: Vanessa Alencar/CadaMinuto (Arquivo) Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Deputado Cícero Almeida

Cicero Almeida decidiu não deixar a campanha toda nas mãos dos Calheiros e resolveu colocar gente sua na coordenação de suas ações.

Tadeu Lyra, hoje secretário dos portos e Claydson Mourinha, marqueteiro político que já trabalhou com vários prefeitos alagoanos vão estar à frente da coordenação política da campanha.

Almeida, que lança o site de campanha hoje, já deixou tudo acertado com uma agência de Recife o trabalho de Redes Sociais e a partir de segunda deixa de ser, apenas um soldado dos Calheiros, para tomar ele a linha de frente de sua campanha.

Rogério aguarda grupo de oposição decidir futuro em Arapiraca

Cortesia Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Rogério Teofilo

Arapiraca deverá ter mesmo três candidatos para a prefeitura em outubro. Com Ricardo Nezinho pela situação e Tarcisio Freire na disputa, a expectativa é pelo lançamento do terceiro nome.

Rogério Teófilo aguarda a decisão do grupo de oposição, que pela enésima vez anunciou que vai lançar um candidato com o apoio de todo o grupo. Só não disse qual. Já que pelo menos três nomes deste grupo almejam ser o cabeça de chapa.

Teófilo tem esperança e trabalha para ser o candidato do grupo, Nezinho, com a ajuda dos Calheiros e Luciano tenta tirar alguns nomes deste grupo e por fim, Tarcisio aguarda a definição para saber quem vai ser o seu vice.

Arapiraca deve ter uma eleição disputadíssima.

Matéria no Fantástico sobre Washington Luiz? Verdadeiro ou falso

Foto: Ascom/TJ/AL/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Washington Luiz

Está circulando em vários grupos de whatsapp um chamado para ver na próxima semana uma suposta matéria que sairá no programa Fantástico, da Rede Globo, sobre o presidente afastado do Tribunal de Justiça, Washignton Luiz.

Como é a terceira semana que estas notícias circulam, a tendência é que isso seja falso. Mas um juiz jurou a esta coluna que a matéria sai sim. Este fim de semana.

Aguardaremos.

Rui Palmeira tem oposição na própria família

Crédito: Secom Maceió Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Rui Palmeira não tem unanimidade dentro da própria família em sua luta para a reeleição. Seu primo, o colunista Leo Palmeira, não esconde de ninguém que votará contra o atual prefeito em Outubro.

Além de não apoiar o primo, Léo  assessora o candidato a vereador Edlucio, que foi adjunto de Melina Freitas, e é um dos candidatos mais presentes ao lado de Cicero Almeida em suas andanças na capital.

Juizes federais vão a luta contra Renan e projeto de abuso de autoridade

Foto: Agência Senado/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Senador Renan Calheiros

A associação dos Juizes Federais do Brasil, AJUFE, vai para o ataque contra o Senador Renan Calheiros e o projeto de abuso de autoridade que virou uma obsessão do presidente do Senado

A nota vai dizer que é estranho a matéria ser priorizada justamente neste momento de intenso enfrentamento à corrupção no Brasil parece uma tentativa de intimidação de juízes, desembargadores e ministros do Poder Judiciário.

A  Renúncia de Cunha e o alívio do ministro Mauricio Quintella

Arquivo/Fotos Públicas Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A renúncia, ocorrida agora no início da tarde, do deputado Eduardo Cunha da presidência da Câmara deve ter agradado o ministro dos Transportes, Mauricio Quintella.

Apesar de aliado de Cunha, Quintella iria resistir o quando fosse possível a pressão de ter que se licenciar do cargo para votar a favor de Cunha em seu processo de perda de mandato.

Com a renúncia de Cunha a pressão cai muito

STF: Teori manda arquivar uma das investigações contra Renan

Foto: Agência Brasil Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Ministro Teori Zavascki

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o arquivamento de um dos inquéritos da Operação Lava-Jato abertos para investigar o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

O próprio procurador-geral da República, Rodrigo Janot, tinha pedido o fim da investigação. Apesar disso, há outros oito inquéritos da Lava-Jato contra Renan no STF.

Além dos inquéritos da Lava-Jato, há outros três no STF contra Renan, tratando de outros assuntos

 

O silêncio da Almagis no afastamento de Washington Luiz

Caio Loureiro Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Quem esperava alguma manifestação oficial de apoio da Associação dos Magistrados de Alagoas ( Almagis) ao desembargador afastado Washington Luiz que continue sentado.

A instituição não se manifestou sobre o assunto, e deve no máximo dar declarações protocolares, como a de que espera o término do processo no CNJ

Aliás, a única manifestação de solidariedade contundente ao desembargador afastado, partiu do governador Renan Filho, quando este foi provocado por uma pergunta da reportagem do Cadaminuto. As vezes o silêncio surpreende.

Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com