Coluna Labafero

Governador de Alagoas faz criticas contra Donald Trump

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Ainda no evento do PMDB, o governador Renan Filho falou sobre política internacional, sobre a tentativa de golpe na Turquia e os atos de terrorismo na França. O governador na sua análise foi crítico em relação ao candidato do partido republicano a presidência do Estados Unidos.

“Tem um candidato a presidência do Estados Unidos que tem um argumentos completamente contraditórios com a história do país”

Explicou o governador, dizendo que o mundo vive um momento de instabilidade

 

Lava jato: Renan Filho diz que “Brasil tem que ser passado a limpo”

Crédito: Paulo Chancey Júnior / Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Governador Renan Filho

O governador Renan Filho não fugiu da pergunta sobre a lava jato na manhã de hoje em evento do PMDB. Disse que a Lava Jato é importante e que o Brasil tem que ser passado a limpo.

“O eleitor tem agora a oportunidade de na eleição escolher o melhor candidato para seu município" explicou o governador quando perguntado se o envolvimento com a Lava Jato deveria influenciar o voto do eleitor.

Ministro alagoano pede patrocínio da Caixa para CSA

Reprodução Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O Ministro do Transportes, Mauricio Quintella, postou na semana passada uma foto onde encontra o presidente da Caixa, Gilberto Occhi durante um jogo do Flamengo em Brasília. Quintella foi claro sobre o pedido que fez. “Uma forcinha para o CSA”

Em Alagoas o CRB é atualmente patrocinado pela Caixa. O ASA já foi. Quem sabe chegou agora a vez do Azulão.

A delação de Marcelo Odebrecht e os alagoanos

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O advogado alagoano Nabor Bulhões encaminhou para o juiz Sergio Moro um pedido que deixa de solicitar para o empresário Marcelo Odebrecht qualquer pedido de liberdade. Este era o último entrave para finalizar a delação que é chamada “a mãe de todas”

Dois capítulos desta delação devem envolver diretamente políticos alagoanos. Um trata da propina da Transpetro, e o outro de um esquema de corrupção no Canal do Sertão, Agora a conclusão delação está bem próxima.

Três anos da Morte de Álvaro Vasconcelos Filho e uma importante lembrança

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A Coluna do jornalista Flavio Gomes de Barros, do jornal Tribuna Independente, traz uma importante lembrança. Três anos após a trágica morte falecimento do empresário Álvaro Vasconcelos Filho, atingido por um ônibus na AL 101 Sul, na Barra Nova, quando pedalava uma bicicleta, nem houve o julgamento do causador do acidente e muito menos a ciclovia que foi prometida pelo governo foi implantada.

 

 

Boca Livre nas Olimpíadas para deputados e senadores

Reuters Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A Labafero reproduz na integra, matéria do Estadão que é auto explicativa:

"..Deputados e senadores vão assistir de graça à abertura ou ao encerramento da Olimpíada no Rio de Janeiro. O comitê organizador patrocinou a boca-livre, oferecendo 1.188 ingressos aos 594 congressistas e seus acompanhantes. Para mortais, os tíquetes custam entre R$ 200 e R$ 4,6 mil, os mais caros do evento. Considerando-se o valor para o setor intermediário da arquibancada, o comitê se disporia a abrir mão de receita de R$ 1,6 milhão. Cerca de 150 parlamentares já aceitaram o convite. O traje recomendado é de “passeio completo.”

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos justifica que deputados e senadores são “personalidades que representam o Brasil”.."

Sem mais comentários

 

 

Renan Calheiros comprou a briga com a Ajufe 

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Renan Calheiros

O presidente do Senado Federal, Renan Calheiros (PMDB), está disposto a usar de toda a sua força política para colocar em votação o projeto de “abuso de autoridade”. A nota da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) parece não ter incomodado o peemedebista. Ele vai para a briga. 

A Ajufe repudiou o projeto que é de interesse de Calheiros. Porém, o senador peemedebista deu de ombros. Renan Calheiros pretende colocar em pauta o projeto que, na visão de muitos juízes, busca emparedar a Lava Jato. 

Para Renan Calheiros, é uma proposta madura. Talvez, os maduros e calejados políticos que pensam como Renan tenham medo que as investigações andem e alguns detentores de mandato de tão maduros caiam da “árvore da imunidade”

 

Bruno Toledo vai mirar no ITEC…

Foto: Ascom/ALE/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Deputado Bruno Toledo

O deputado estadual Bruno Toledo (PROS) solicitou informações - com base na Lei de Acesso à Informação (LAI) - sobre a situação do contrato da nova infovia do governo do Estado de Alagoas. O Blog do Vilar - no CadaMinuto - mostrou a briga política que o assunto se tornou. 

A Aloo Telecom tem sido emparedada. Toledo solicitou diversas informações. As respostas já estão nas mãos do deputado estadual. Ele analisa as informações prestadas pelo ITEC e compara com a versão da empresa. Toledo corre o risco de incomodar bastante um colega de parlamento: o deputado estadual Olavo Calheiros (PMDB). 

Bem atrás nas pesquisas e sem dinheiro, Rogério ainda tem apoio disputado

Arquivo Cada Minuito Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Teotonio Vilela e Rogério Teófilo novamente no palanque.

A divulgação de uma pesquisa hoje no jornal Cadaminuto Press colocando Rogerio Teofilo com apenas 8% das intenções dos votos deve encerrar de vez as chances de uma candidatura própria do Tucano, que na quarta recebeu o apoio( e apenas isso) do senador Teotônio Vilela.

Com isso, o apoio de Rogério passa a ser disputado pelos grupos de Tarcisio Freire e Ricardo Nezinho, que avancam sobre o antigo grupo da oposição prometendo espaços importantes em uma futura administração .

Presidente do Itec caiu... Da escada

Foto: Reprodução Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Sede do Itec

O  presidente do Itec – Instituto de Tecnologia em Informática e Informação do Estado -, José Luciano dos Santos Junior, não aparece no trabalho desde o início de julho. A explicação oficial é que ele caiu de uma escada.

Luciano, indicado por Olavo Calheiros, se envolveu, com o aval do chefe, em um embate de vários capítulos com a empresa Aloo Telecom e acabou afastado da gestão do contrato com a empresa pela Justiça, que entendeu que a condução dele nesse caso, não é impessoal.

Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com