Alagoas registrou 618 óbitos e 3.572 acidentes de trânsito em 2023, aponta relatório do Detran

15/05/2024 14:33 - Geral
Por Redação*
Image

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de Alagoas divulgou, nesta quarta-feira (15), o Anuário do Registro Nacional de Estatísticas de Sinistros de Trânsito (Renaest) de 2023 no estado. Ano passado, foram registrados 3.572 sinistros, com mais de 6 mil veículos, 7.661 mil vítimas envolvidas e 618 óbitos. O número caiu 3,7% em relação a 2022. 

O Anuário reúne dados das Secretarias de Estado de Segurança Pública, da Saúde e de Superintendências Municipais de Trânsito de municípios alagoanos. Em comparação ao ano de 2022, houve um aumento no número de sinistros, mas o total de óbitos teve uma redução.

Como divulgado pela assessoria de imprensa do Detran, o diretor-presidente do Detran Alagoas, Marco Fireman, comentou: “As estatísticas e dados de trânsito são ferramentas fundamentais para que todos os gestores envolvidos possam tomar decisões mais acertadas e, assim, evitar e reduzir que sinistros e óbitos continuem acontecendo. O mais importante é analisar o que os dados indicam e corrigir os problemas que tiram milhares de vidas por ano no país, reforçando os programas de educação para o trânsito, intensificando o trabalho nos grupos com mais incidência de sinistros, assim como realizando melhorias nas sinalizações verticais e horizontais”, disse ele. 

Entre outras informações, o documento mostra que a colisão traseira é a mais comum, seguida das colisões transversais, laterais e frontais. Além disso, as principais causas dos acidentes são: desobediência às normas de trânsito, distração dos condutores e não manter a distância de segurança. 

As cidades com mais incidência de sinistros durante 2023 são os municípios de Maceió, Arapiraca, Marechal Deodoro, Penedo, Rio Largo, Maragogi, São Luís do Quitunde, Barra de São Miguel e São Sebastião. E as principais rodovias com acidentes estão localizadas na Região Metropolitana de Maceió, nas AL 101 Sul e Norte, na AL-105, e nas avenidas Durval de Góes Monteiro, Fernandes Lima e Menino Marcelo.

Acesse o relatório clicando aqui.

 

 

*Com informações da Ascom Detran. 

Comentários

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Carregando..