Vanessa Alencar
Vanessa Alencar

Pesquisa: 80% dos maceioenses aprovam São João da capital, aliviando abalo econômico da pandemia

Vanessa Alencar|
Comércio de Maceió
Comércio de Maceió / Foto: Secom Maceió-Arquivo

Estudo elaborado pelo Instituto Fecomércio Alagoas e divulgado nesta quarta-feira (01), pela Prefeitura de Maceió, aponta que 8 em cada 10 maceioenses aprovam a realização do São João “Massayó: Sol... Mar e Forró”.

Das 518 pessoas ouvidas na cidade, inclusive comerciários, 7 em cada 10 classificam entre “boa e excelente” a ideia de uma festa junina com grandes estrutura e atrações e 82,10% reconhecem que o evento irá movimentar a economia local, com geração de emprego e renda, principalmente após um período de grandes perdas em decorrência da pandemia.  

Ainda conforme anunciado pelo Executivo Municipal, a estimativa é de que mais de R$ 100 milhões sejam injetados na economia, beneficiando 9,4 mil empresas de 32 segmentos, além de movimentar fortemente o mercado informal e elevar a ocupação hoteleira.

Gestores municipais explicaram ao blog que, além de alavancar a economia do município em praticamente todas as áreas, aliviando os abalos provocados pandemia da Covid-19 durante cerca de dois anos, a realização dos festejos juninos não irá prejudicar o atendimento - que já está sendo realizado - às vítimas das chuvas, uma vez que se trata de socorros distintos, oriundos de fontes distintas de recursos.

Outros dados

A pesquisa revela ainda que 85% dos lojistas do Centro da cidade nutrem boas expectativas sobre a festa. Perguntados diretamente se esperam um impacto positivo, mais da metade dos comerciários responderam que sim.

A Prefeitura de Maceió informou que dados da AENA Brasil, administradora do Aeroporto de Maceió, mostram que Alagoas caminha para melhores números de movimentação de passageiros (embarque e desembarque) vistos no mês de junho, em quatro anos.

A estimativa é que a taxa de ocupação hoteleira neste mês de junho também cresça em relação ao mesmo período de anos anteriores, chegando à marca de 70%, um incremento de mais de 32% em relação a junho de 2021.

Apelo

Depois que o Ministério Público Estadual recomendou o cancelamento do São João de Maceió, em decorrência dos danos provocados pelas chuvas, artistas locais divulgaram uma carta aberta na qual apelam pela manutenção do evento, que irá garantir um respiro para um dos segmentos mais afetados pela pandemia: o setor de cultura e eventos.

“As festas são a SALVAÇÃO PARA MILHARES DE FAMÍLIAS”, destaca trecho da carta, na qual os artistas sugerem a realização de um São João solidário, tornando cada local de festa também um ponto de arrecadação de donativos para as vítimas das chuvas.

SOBRE O AUTOR

Jornalista formada pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e autora de quatro livros, Vanessa Alencar desenvolve suas atividades como assessora de imprensa e repórter do Cada Minuto, principalmente na área de política. Instagram e Twitter: vanessa_alencar E-mail: [email protected]

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados