Raízes da África
Raízes da África

Seu moço, doutor qual é a cor dos corpos desaparecidos, mortos?

Raízes da África|

De vez em quando , essa ativista dá uma baqueada. Não é fácil dia após dia  ter que reinventar estratégias ,na diuturna ação ativista, contra o racismo estrutural insidioso.

 Um camaleão poliglota.

Tem dias bem inquietos, quando [email protected] [email protected] [email protected]  se transformam,em  uma poeira invisível indiferençada, socialmente e a gente, simplesmente tem que continuar caminhando. 

Auto-reforçando a alma e a base de luta.

Não é fácil acompanhar a pilha de corpos mortos esquecidos em pedra fria, porque a família não tem recursos para sepultá-los e delega ao Estado essa função, já que a vida inteira esse mesmo Estado praticou, pratica e continuará praticando o abandono sistêmico e deliberado, com o povo preto.

Tem dias de luta que são de profundo luto.

Para quem traz o ativismo internalizado nos caminhos Luto é verbo, como diria minha mais nova conhecida, a Deusa da praia: um passo a cada minuto.

Dias assim, com nuvens n’alma,  exige a presença, de gente luz e daí em reunião n manhã da terça-feira, 03 de maio, com esse menino, o Dr. Diogo Borba,  a gente descobre não só a cor dos corpos mortos, abandonados, como também que a solidariedade entre diferentes é combustível para esse caminho, de tons fortes, na maioria das vezes, bruto.

Eita, moço seu menino, perito médico legista , Dr. Diogo Borba, diretor do Instituto Médico Legal e Gestor do Comitê Gestor Estadual de Pessoas Desaparecidas, obrigada pela sensibilidade na escuta e a real compreensão dos fatos e vamos arregaçar as mangas, porque todo dia é um novo recomeço e há sol, mesmo em dia nublado, é?

Sigamos, parceiro....

Seu moço, doutor qual é a cor dos corpos desaparecidos, mortos?

 

SOBRE O AUTOR

Raizes da Africa

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados