Raízes da África
Raízes da África

Em reunião, na quinta-feira, essa ativista embarcou, em uma viagem no tempo,com o secretário Fábio Farias. Tipo #tbt.

Raízes da África|

Essa ativista esteve em uma boa conversa no gabinete civil, no Palácio República dos Palmares,  sede do governo, com o secretário, Fábio Farias.

E como era quinta-feira , embarcamos em uma viagem no tempo, até 2008, tipo #tbt.

Foi em 2008, durante sua fala na mesa de abertura do Fórum Nacional da Consciência Negra, Ika Ko Dogba, que Fábio fez o anúncio de sua saída da pasta de educação. Ele era o secretário de educação, e essa ativista gerente educação étnico racial, no governo de Teotonio Vilela.

o I Fórum Nacional da Consciência Negra na Educação, ocorrido  de 28 de fevereiro  a 1° de março e  coordenado pela extinta gerencia de educação étnico-racial, contou com a parceria com o Ministério da Educação (MEC) e o apoio agregador do então secretário, Fábio Farias.

E foi um sucesso. Reunimos no Centro de Convenções cerca de 400 pessoas de Áfricas e vários estados da federação.

Levei para Fábio um calendário de parede que a gerência distribuiu nas escolas, e Fábio emociounou-se:- Que recordação agradável, Arísia Barros!

Mas, não ficamos só no #tbt, discutimos parcerias para as próximas ações.

Foi uma quinta de  hashtag com o secretário Fábio Farias, e, o melhor foi  constatar  que o trabalho que essa ativista executou à frente da Gerência Étnico Racial, da SEE, ainda é uma grande referência da luta antirracista na educação das terras de Palmares.

#TBT

 

SOBRE O AUTOR

Raizes da Africa

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados