Vanessa Alencar
Vanessa Alencar

Retirada de pauta, convocação de secretário gera embate na Câmara: “Presepada”

Vanessa Alencar|
Vereador Joãozinho
Vereador Joãozinho / Foto: Ascom CMM/Arquivo

(Atualizada às 21h50)

O  requerimento, de autoria do vereador Joãozinho, convocando o secretário municipal de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente (Sedet), Pedro Vieira, para prestar esclarecimentos à Câmara Municipal de Maceió (CMM) acerca de inquérito instaurado pela 16ª Promotoria de Justiça da Capital, gerou embates durante a sessão desta terça-feira (31).

Depois de um acalorado debate, o requerimento foi retirado de pauta, diante do compromisso de que o gestor irá à Casa de Mário Guimarães - possivelmente na próxima semana - prestar esclarecimentos “de livre e espontânea vontade”. 

Durante as discussões, Joãozinho argumentou que as denúncias levadas ao MP pela construtora Prime, envolvendo desvio de finalidade e abuso de poder, eram graves e precisavam ser explicadas pelo titular da Sedet. 

Por outro lado, vereadores da situação argumentaram que a combinada ida de Pedro Vieira à CMM “esvaziava” o requerimento.

O líder do governo, Siderlane Mendonça disse estranhar o “interesse” de Joãozinho na convocação e no que classificou de “defesa da construtora Prime”.

Em seguida, Luciano Marinho lembrou que Joãozinho foi “porta-voz” do então prefeito Rui Palmeira e que, embora tenham sido “muitos os absurdos praticados por secretários na gestão de Palmeira, a Câmara nunca convocou nenhum deles, porque até a oposição tinha bom senso, algo que Joãozinho não está tendo”.

“Essas presepadas de convocar secretários não contam com meu voto”, afirmou Marinho.

Joãozinho reagiu à fala dos colegas dizendo não admitir a insinuação, feita pelo líder do governo, de que ele teria algum “acordo” com a construtora e defendeu a gestão de Rui: “Fiz parte da gestão anterior com orgulho. Era uma gestão transparente. Nunca, em oito anos, a polícia bateu na porta da gestão Rui Palmeira”.  

Diante do consenso para retirada do requerimento de pauta, Siderlane se desculpou pela “insinuação” feita.

Outro requerimento

No mesmo sentido, o requerimento, de autoria do vereador João Catunda, para convocação do secretário Municipal de Educação, Elder Patrick Maia, também foi retirado de pauta, já que o gestor atendeu ao convite e comparecerá amanhã, dia 1º de setembro, à CMM para prestar esclarecimentos sobre a retomada das aulas presenciais na rede pública de ensino da capital, entre outros pontos.

SOBRE O AUTOR

Jornalista formada pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e autora de quatro livros, Vanessa Alencar desenvolve suas atividades como assessora de imprensa e repórter do Cada Minuto, principalmente na área de política. Instagram e Twitter: vanessa_alencar E-mail: [email protected]

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados