Encontre-se por Carol Fontan
Encontre-se por Carol Fontan

Crenças que paralisam

Encontre-se por Carol Fontan|

 

CRENÇAS 

Vamos falar um pouco de crenças, mas não no sentido religioso, mas no sentido neural como uma programação mental. 

As informações que captamos através dos nossos sentidos geram uma sinapse, que é a ligação de neurônio com neurônio. Quando acontece a sinapse se forma um caminho, uma estrada. Esse caminho fica gravado no inconsciente e após isso ele se repete de forma automática (sem que tenhamos consciência do que estamos fazendo), o nosso cérebro percorre essa estrada sempre que julga necessário. 

Um bom exemplo disso é quando estamos aprendendo a dirigir, no começo se gasta muita energia e gera muita tensão de ter que fazer tantos movimentos ao mesmo tempo e sem margem de erro, entretanto, depois que a estrada cerebral acontece (aprendizado), todos os movimentos acontecem de forma automática e não prestamos atenção ao que estamos fazendo, só entramos no veículo e somos guiados até o destino. 

Milhões desses caminhos formados estruturam nossa programação mental.

COMO SE FORMAM AS CRENÇAS 

Tudo que uma criança viu, ouviu e sentiu gera um significado, esse significado gera um aprendizado que foi construído através do emocional, do inconsciente. Esses aprendizados podem ter um bom significado como por exemplo os valores morais e princípios, ou podem ser ruins como uma crença limitante. 

A criança é puro emocional, ausente de um racional formado e tudo aquilo que ouvir, sentir e ver vai ser levado como uma verdade absoluta, pois não tem esse filtro de certo ou errado. Muitas questões definem se aquele aprendizado vai ser bom ou ruim, dependem dos traços psicológicos, do perfil comportamental entre outros. Isso explica porque duas crianças que crescem na mesma casa com os mesmos pais e tratamento recebem informações e processam informações de formas opostas e se mostram com comportamentos diferentes ao longo da vida, não é o que acontece mais o significado que se dá ao que acontece. 

Uma criança que apanha pode se tornar mais forte e destemida como também pode se tornar agressiva e violenta ou muito tímida e amedrontada, cada um recebe de uma forma, é cada qual em seu mundo. 

FASE ADULTA 

Então você cresce e seu racional já está totalmente formado e você já tem consciência do que acha certo e errado. Você tem sonhos, planos e metas, você é inteligente, arrojado e sagaz. Você inicia seu caminho com muito entusiasmo e por melhor que você seja você ainda não tem resultados, e aquilo que parece ser tão fácil para os outros, para você não é...

Você se sabota com frequência, sempre tem algo de errado e as coisas não acontecem para você. E então você desanima e passa a fortalecer aquele pensamento que não era para ser, que o seu caminho é outro e aí você aceita a mediocridade como sua realidade... 

Nada mas é que a estrutura de programação de crenças se fazendo valer. 

Se você parar para analisar qual a área da tua vida está estagnada ou tribulada que começará a perceber o que pode está por trás destes resultados. 

Sim, você pode ser bem profissionalmente e ir muito mal do campo dos relacionamentos amorosos, as crenças podem ter significados diferentes a depender da área. O fato é que onde você não tem resultados satisfatórios é um forte indício que haja crenças que te limitam nesse departamento. 

LINGUAGEM 

Algumas crenças podem ser percebidas pela tua linguagem, é aquilo que você verbaliza como uma opinião e com muita convicção. 

Por exemplo: 

- Tenho dedo podre para homem 

- Filho é só dor de cabeça

- A vida é muito difícil 

- Está tudo bom que já estranho, estou esperando algo ruim acontecer 

- Essas coisas não são para mim

- Dinheiro não nasce em arvores....

Certamente você já pronunciou alguma dessas frases, linguagem como essa são sinais de experiências passadas que geraram um significado não tão bons e se instalou como crença e que gera novas experiências que fortalecem essas mesmas crenças.

O QUE VOCÊ FALA

O que você fala revela aquilo está dentro de você e você vive quilo que você fala. 

Seu cérebro vai procurar congruência entre os sentimentos, pensamentos e comportamentos. Você vive de acordo com aquilo em que acredita, é só parar para pensar, o que você anda falando sobre o seu casamento? O que você fala sobre seu esposo (a)? E o que você fala sobre dinheiro? 

Os seus resultados estão ligados com aquilo você prega por aí. 

CORTINA DE FUMAÇA 

Outras vezes sua boca irá dizer algo mas seu corpo dirá outra coisa, , você pode até desconversar e mudar de assunto ou direcionar sua atenção para outra coisa, é o que chamo de cortina de fumaça, que é a tentativa do cérebro de esconder determinados assuntos para te proteger de um sentimento já conhecido e que te traz sofrimento. Esconder experiências dolorosas que por sua vez também escondem suas crenças a respeito. 

CICLO SEM FIM 

Você alimenta essas crenças no dia a dia com hábitos que correspondam, como alguém que diz ter tendência a engordar e tem o habito de se alimentar mal. Você alimenta essas crenças através da autossabotagem que geram resultados ruins e que confirmam aquilo que você já pensava. Você alimenta essas crenças se nutrindo de informações e conteúdo que condizem com suas convicções, através da internet, livros e até de relacionamentos. 

COMO REVERTER E QUEBRAR ESSE CICLO 

Você já deve ter percebido que é um assunto bem mais extenso e complexo do que parece, entretanto, de forma bem superficial eu posso indicar o seguinte caminho: 1 – Identificar as possíveis crenças que te limitam, 2- Ressignificar o aprendizado do acontecimento que gerou a crença, 3 – Provocar novas experiências se desafiando a sair da zona de conhecimento e se permitindo ter outro resultado, 4 – Sempre questionar suas certezas absolutas, questionar seus pensamentos e se perguntar o porquê dos sentimentos. 

Vou fechar aqui com aquele clichê bem verdadeiro, suas experiências passadas têm influência na pessoa que você se tornou, mas não determina a pessoa que você ser. 

E como em todas as vezes eu escrevi pra mim e talvez faça algum sentido e tenha alguma serventia para você. 

 

@carolfontann

82.99913-5276

 

SOBRE O AUTOR

Especialista em ciência do bem estar, análise do comportamento humano, coaching e psicanálise em andamento eu tenho voltado meus textos a reflexões sobre o autoconhecimento provocativo, comparando aos padrões de comportamentos cotidianos, bem como fortalecimento emocional e gestão das emoções. Pode da uma olhada em alguns que tem no meu Instagram, porém não é o lugar ideias para textos, por isso pensei no blog.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados