Voney Malta
Voney Malta

"Estamos em pleno velório desse governo", diz Renan sobre Bolsonaro

Voney Malta|
Senador Renan Calheiros, relator da CPI
Senador Renan Calheiros, relator da CPI / Assessoria

Durante entrevista ao UOL, o senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da covid, afirmou que o governo do presidente Jair Bolsonaro mostra fortes sinais de esfacelamento e de perda de apoio.

Segundo o senador,  ainda que não dê para apostar o que vai ocorrer com relação a continuidade ou não de Bolsonaro no poder, nas ruas, com o que tem sido revelado pelas pesquisas eleitorais e pelos protestos, o enfraquecimento do governo é grande, já "cassado nas redes sociais''.

Por isso o senador vê o governo numa espécie de velório: "Não sabemos se esse velório será resolvido nas eleições de 2022 ou através do impeachment. Estamos em pleno velório desse governo".

Exemplo disso foi revelado pelo jornal O Estado de S. Paulo. Pesquisa mostra total desidratação do governo, que perdeu um terço dos seus eleitores do segundo turno das eleições de 2018.

Renan Calheiros também afirmou que a CPI está consultando juristas sobre como proceder, caso precise ouvir Bolsonaro, uma vez que ele não pode ser convocado pela Comissão Parlamentar, mas se é possível que o depoimento seja por escrito.

EM TEMPO - LEIA ABAIXO DADOS DA PESQUISA IPEC PUBLICADAS NO O Estado de S. Paulo:

1 - Entre os entrevistados pelo instituto que disseram ter votado em Bolsonaro, 34% afirmaram que não repetirão o voto em 2022. 44% afirmaram que "com certeza" votarão novamente no presidente, enquanto 18% dizem que podem voltar a escolhê-lo.

2 - Arrependidos -  um em cada quatro (25%) dos eleitores do atual presidente agora afirma que “com certeza” votará em Lula. 13% admitem a possibilidade de fazê-lo. Resultado, 38% dos que votaram em Bolsonaro veem agora o seu principal rival com alguma simpatia.

Leia aqui mais informações sobre a pesquisa.

 

SOBRE O AUTOR

Blogueiro do Cadaminuto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados