Raízes da África
Raízes da África

Se você não consegue aceitar e amar uma pessoa,incondicionalmente, por favor, peço que não tenha [email protected] fala a ativista preta, Cyntchia Martins.

 

Neste mês do orgulho gay eu me peguei pensando no quanto,  entendo a dor de pessoas que são obrigadas a morar com familiares que as odeiam. 

Ao longo da minha vida, além de aturar a sociedade racista e misógina, ainda sofri com o ódio de meu próprio pai por eu ser mulher, além de outros familiares que me odeiam por motivos que são um mistério para mim. 

O ódio é uma coisa estranha. As vezes a gente não entende de onde ele vem e nem por quê.

Conheço pessoas que tiveram que abandonar seus lares,  apenas por serem quem são. Outros foram expulsos de casa até mesmo antes da maioridade por pessoas que deveriam cuidar e protegê-las.

Se você não consegue aceitar e amar uma pessoa ,incondicionalmente, por favor, peço que não tenha [email protected]

 

 

Fonte: Facebook da Cyntchia

SOBRE O AUTOR

Raizes da Africa

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados