Katlen era belíssima e estava resplandecente na gravidez da gravidez de Maya ou Zayon. A preta era  modelo e aos  24 anos estava em encantada de contente, até ser assassinada, hoje. durante uma operação da polícia no Complexo do Lins.Quando saiu para  visitar a tia,  se deparou com o caveirão invadindo  a comunidade e atirando, e atirando e atirando. Mas, uma dessas naturalizadas  trocas de tiros nos territórios favelizados  do Rio de Janeiro, sob o manto de proteção policial.

Sobre o bebê que se chamaria Maya ou Zayon  , a  quase-futura-ex-mamãe dizia:

"Estou me descobrindo como mãe e fico assustada pensando em como vai ser... dou risada, choro e tenho medo. Um misto de sentimentos. Talvez os mais doidos do mundo, mas vou dar risada lá na frente disso tudo...obrigada Senhor por abençoar meu ventre e me permitir gerar o AMOR DA MINHA VIDA!!!

Neném, já me sinto pronta pra te receber, te amar, cuidar!!!
Deus nos abençoe!"

E  internauta Jota  Marques explode indignação:

"É com tristeza que digo: A cidade pararia. Todos os jornais falariam. O Governador talvez caísse. Se Katlen Romeu fosse uma mãe grávida branca, da classe alta da sociedade.

Mas, seu corpo é negro e favelizado, assim como seu filho na barriga. Estava programado para morrer!

O povo preto precisa se levantar o Estado matou Katlen Maya ou Zayon , O bebê. Duas vidas com uma só bala. Perdida?!

Somos hoje a república da morte.

De [email protected]!

Black Lives Matter?????????

 

 

https://www.instagram.com/eukathlenromeu/?hl=pt-br