Foto: Reprodução/ Redes Sociais
Vítima foi baleada em frente ao Fórum do Barro Duro, em Maceió.

O relatório do Centro Integrado de Operações da SSP detalhou que o italiano Pasqueale Palmeri, de 74 anos, tinha alguns objetos dentro do seu automóvel para garantir a sua fuga após o assassinato do advogado José Benedito Alves de Carvalho, em frente ao Fórum do Barro Duro, nesta terça-feira (09). 

De acordo com a Polícia Militar, além da arma, que foi usada para efetuar os disparos, os militares ainda apreenderam dentro do carro do acusado nove munições calibre 32, dólares, um aparelho celular, três chips de telefone, uma quantia em espécie de R$ 5.786,00, além de algumas roupas. 

Leia mais: Esposo de advogada morre após ser atingido por disparos de arma de fogo na porta do Fórum da Capital

Leia mais: OAB/AL divulga nota de pesar pela morte de esposo de advogada

Leia mais: Na Delegacia de Homicídios, advogada presta depoimento sobre assassinato de esposo no Fórum

Para o fuga, o italiano previa alterar a placa do carro com uma fita adesiva, que estava também do veículo. O crime ocorreu antes da audiência de conciliação, após uma discussão, mas detalhes sobre o caso podem dar indício de que o homicídio foi planejado. 

Palmeri foi atuado pelos crimes de homicídio qualificado e tentativa de homicídio contra duas pessoas, entre elas a esposa da vítima fatal. 

O acusado foi preso em flagrante pela Guarda Judiciária. A Polícia Militar e equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estiveram no local para fazer os procedimentos cabíveis.