Vanessa Alencar
Vanessa Alencar

Capital e grande Maceió: pesquisa mostra avaliação de gestões e intenções de votos para 2022

Vanessa Alencar|
Pesquisa eleitoral
Pesquisa eleitoral / Foto ilustrativa/Google

Uma pesquisa inédita do Instituto Falpe, com três mil entrevistados em Maceió e na grande Maceió, mostra um panorama da avaliação dos governos federal e estadual e das intenções de votos para as eleições de 2022, para todos os cargos eletivos. 

O levantamento, que tem margem de erro de 3,5% para mais ou para menos, ouviu moradores de Maceió, Messias, Rio Largo, Satuba, Pilar, Santa Luzia do Norte, Coqueiro Seco, Barra de Santo Antônio, Paripueira, Marechal Deodoro e Barra de São Miguel, entre os dias 7 e 16 deste mês.

O diretor do Instituto Falpe, Francisco Nunes, informou que a pesquisa foi encomendada para consumo interno.

Governos federal e estadual

Para a pergunta “Você aprova ou desaprova a administração do presidente Jair Bolsonaro?”, 41% responderam que aprovam; 42% que não aprovam e 17% não opinaram. 

O resultado da mesma pergunta em relação à administração do governador Renan Filho à frente do Governo de Alagoas foi: 58% aprovam; 24% desaprovam; e 18% não opinaram. 

Presidência da República

Na pergunta estimulada “Desses nomes citados, em quem você votaria para presidente?”, o ex-presidente Lula liderou com 28% das intenções, seguido do presidente Jair Bolsonaro, com 24,5%. A porcentagem dos demais nomes foi a seguinte: Fernando Haddad (5,5%); Ciro Gomes (2,75%); João Doria (1%); Guilherme Boulos (0,25%); Flávio Dino (0%); Nenhum (19,25%); e Não opinaram (18,75%).

Quando o questionamento foi “Desses nomes citados, em quem você não votaria para presidente?”, Bolsonaro aparece na frente no índice de rejeição, com 20,5%; em seguida, Lula, com 6,5%; Haddad (6%); Ciro Gomes (3,5%); João Doria (3%); Guilherme Boulos (1%); Flávio Dino (1%); Nenhum (19,25%); e Não opinaram (39,25%).

Governo de Alagoas

Perguntados sobre, dos nomes citados, em quem votariam para governador, o deputado Davi Davino Filho aparece com 32%; o ex-prefeito de Maceió, Rui Palmeira, vem em seguida, com 15,5%; o senador Rodrigo Cunha obteve 12%. Os números prosseguem com o deputado estadual Antônio Albuquerque (3%); Ricardo Barbosa (0,75%); o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Victor (0,5%); Josan Leite (0,5%); Nenhum (18%); e Não opinaram (17,75%).

No índice de rejeição (dos nomes citados, em quem você não votaria para governador), Rui Palmeira teve 15%; Antônio Albuquerque (12%); Davi Davino Filho (5%); Rodrigo Cunha (4,5%); Marcelo Victor e Ricardo Barbosa (3% cada); Josan Leite (1,75%); Nenhum (18%); e Não opinaram, 37,75%.

Senado

Para a pergunta “Desses nomes citados, em quem você votaria para senador?”, Renan Filho obteve 24,5% das intenções de votos; o senador Fernando Collor ficou com 24%; e o deputado federal Arthur Lira, com 7,5%. Nenhum (23%); e Não opinaram (21%).

Quando o questionamento foi em quem você não votaria para senador, Arthur Lira aparece com 14%; Fernando Collor (8,5%); Renan Filho (7%); Nenhum (23%) e Não opinaram (47,5%).

Câmara e Assembleia

A pesquisa também analisou as intenções de votos dos eleitores de Maceió e da grande Maceió para deputado estadual e deputado federal, mas 78,5% dos entrevistados não responderam à pergunta espontânea “Se as eleições fossem hoje, em quem você votaria para deputado federal?”.

Entre os que responderam, 4,5% apontaram o deputado federal Sérgio Toledo; Marx Beltrão (4%); João Caldas (3%); o prefeito de Pilar, Renato Rezende (2,5%); o deputado federal Nivaldo Albuquerque (2,5%); o deputado federal Isnaldo Bulhões (1,5%); a ex-prefeita Santana Mariano (0,5%); o prefeito de Marechal Deodoro,  Cacau (0,25%); a ex-deputada federal Rosinha da Adefal (0,25%); a vereadora por Maceió, Olívia Tenório (0,25%); Alay Paranhos (0,25%); Renan Filho (0,25%); o ex-vereador Lobão (0,25%); o vereador Kelmann Vieira (0,25%); o deputado federal Paulão (0,25%); a deputada federal Tereza Nelma (0,25%); André Janones (0,25%); Maurício Quintella (0,25%) e Givaldo Carimbão (0,25%).

Para deputado estadual, o número de pessoas que não opinaram em relação à pergunta espontânea sobre em quem votariam se as eleições fossem hoje, também foi alto (74,75%). Os nomes citados foram os das deputadas estaduais Fátima Canuto (5%); Cibele Moura (2,75%) e Flávia Cavalcante (2,5%); seguidas de Jarbinhas (2,5%); Cícero Filho (2%); Dudu Ronalsa (1,5%); Luiz Pedro (1,5%); Francisco Tenório (1%); Léo Loureiro (0,75%); Ângela Garrote (0,5%); Antônio Albuquerque (0,5%) e Gilberto Gonçalves (0,5%).

Os demais citados aparecem com 0,25% cada: Cabo Bebeto; Cacau; Ricardo Nezinho; Paulo Dantas; Marcos Madeira; Carimbão; Davi Davino (vereador); Marcos Barbosa; Thales Diniz; Henrique Vilela; Aparecida do Luiz Pedro; Lobão; Francisco Sales; Kelmann Vieira; Fernando Holanda; Hugo Wanderley e Márcia Vilela.

 

SOBRE O AUTOR

Jornalista formada pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e autora de quatro livros, Vanessa Alencar desenvolve suas atividades como assessora de imprensa e repórter do Cada Minuto, principalmente na área de política. Instagram e Twitter: vanessa_alencar E-mail: [email protected]

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados