Foto: Assessoria
Empresário Sergio Feitosa

Depois que o governador anunciou que todo o estado vai para a fase azul e autorizou a retomada de eventos com menor impacto, como festas de casamento e aniversários com aglomeração controlada, o empresário Sergio Feitosa disse ao CadaMinuto, no final da manhã desta quinta-feira (24), que os empresários do ramo de eventos estão “prontos e seguros para voltar”. 

Leia Mais: Maceió segue na fase Azul e interior avança, anuncia Renan Filho

De acordo com a avaliação de Sergio, que é responsável pela Celebration Entretenimento, é um passo para que o retorno da normalidade dos eventos venha se firmar. “Geralmente não é o que a gente espera, nossa expectativa sempre é algo maior por conta que hoje nós temos protocolos o suficiente para atender toda a demanda do setor de eventos. Então, eu ainda imagino que poderia ter um planejamento maior, mas é já um primeiro passo importante a ser dado”, disse. 

Leia Mais: Casamentos adiados e shows cancelados: mercado de eventos congela e acumula prejuízos

Questionado sobre como se deu a construção dessa decisão, o empresário frisou que a categoria foi ouvida pelos gestores. “Nós discutimos com a vigilância sanitária, com os secretários e expomos alguns pontos para eles, para que realmente tenham esse entendimento que queremos retornar de forma segura, com protocolos que vem sendo seguidos em vários países, não só no Brasil. Realmente estamos prontos pra voltar, então esse retorno nos eventos é algo que já tem total segurança a população já compreende dessa forma, então o momento agora é de voltar ao novo normal”. 

Feitosa salientou que entende que ainda não é momento para eventos com um público de dez ou quinze mil pessoas se aglomerando, mas que os empresários já estão preparados e já se reinventam para que novos formatos de eventos ganhem espaço no mercado, ofertando segurança e comodidade aos clientes.

“Nós já temos formato de eventos com público considerável onde consegue ter todo isolamento, onde consegue manter todas as normas de segurança”, finalizou. 

*Sob supervisão da editoria