Reprodução
Renan Filho e Alexandre Ayres

Maceió segue na fase Azul e o restante do estado também avança para a mesma fase do Plano de Distanciamento Social Controlado com base na Matriz de Riscos. O anúncio foi feito em coletiva à imprensa realizada nesta quarta-feira, dia 23, pelo governador Renan Filho. Ele lembrou que Alagoas está na 38ª semana epidemiológica e 25ª semana com casos de Covid-19.

Renan Filho disse que todo o estado vai para a fase azul e até sexta-feira vai avançar a discussão. As novas medidas serão válidas a partir de segunda-feira (28), quando ocorrerá também a retomada de eventos com menor impacto, como festas de casamento e aniversários com aglomeração controlada. 

Em relação ao retorno das aulas presenciais, o governador pontuou que é preciso seguir com segurança: “Até o final de setembro vamos apresentar a retomada da educação, iniciando com adultos, cursos de formação profissionalizante, cursinhos pré-vestibulares, ensino superior e cursos específicos, de matérias pontuais”.

Segundo Renan Filho, o estado está estudando um plano apresentado pelos estabelecimentos de ensino privado e também observando a rede estadual para avaliar a retomada. Ele reforçou que a tendência é que até o final de setembro os municípios também possam avaliar a retomada e tomar suas próprias decisões.

O chefe do gabinete civil, Fábio Farias, pontuou a reunião com os representantes dos estabelecimentos particulares de ensino de Alagoas e disse que, com base em protocolos adotados em outras cidades e países, será apresentada ao governador a possibilidade de flexibilização, porém, como se trata de um segmento amplo, tal flexibilização deve ser avaliada com cuidado.

Quanto às demandas dos representantes do setor de eventos, Farias destacou que elas também serão avaliadas para estabelecer as medidas para a retomada segura.

Desmobilização de leitos

O secretário de Planejamento, Gestão e Patrimônio, Fabrício Marques apresentou a Matriz de Riscos e os indicadores com os critérios de cortes. Sobre a taxa de ocupação de leitos com respiradores, o estado fechou com cerca de 38% e, na ocupação geral, o número é de menos de 20%.

O secretário de estado da Saúde, Alexandre Ayres destacou o enfrentamento à pandemia e comentou que neste momento será iniciada a desmobilização de leitos contratualizados para o tratamento exclusivo a casos da Covid-19. Ele disse ainda que o Hospital Regional da Mata, que será entregue no dia 5 de outubro, irá atender a todas as demandas da saúde e não apenas pacientes com o novo coronavírus.

Perguntas

Ao responder as perguntas da imprensa a respeito da fiscalização de bares e praias, aonde vêm sendo observadas aglomerações de pessoas, o governador afirmou que, “apesar do comportamento indisciplinado de algumas pessoas, não há aumento de casos”.

Quanto à aquisição de vacinas, Renan Filho disse que essa medida cabe ao governo federal, ao Ministério da Saúde: “Para nós cabe nos preservamos e esperar que ela chegue”.

Ele reforçou que cinemas, museus e tetros seguem sem previsão para abrir, uma vez que esses equipamentos “possuem refrigeração e sistemas fechados, e como não são essenciais, nesse momento é melhor aguardar”.

O governador anunciou também que o hospital de campanha Celso Tavares será desativado na segunda-feira e destacou a importância do equipamento durante a pandemia.

Fase Verde

Havia uma expectativa sobre Maceió passar para a fase Verde, que permite o funcionamento de todos os setores autorizados nas fases Vermelha, Laranja, Amarela e Azul de forma integral; aulas presenciais na rede pública e privada de ensino; serviços públicos do Poder Executivo Estadual de forma presencial; e abertura de cinemas, teatros, museus e eventos sociais.

Apesar dessa mudança ainda não ter ocorrido, o governador deve permitir novas flexibilizações na capital, ainda dentro da fase Azul.