Adrualdo Catão
Adrualdo Catão

Existe a tal “Esquerda Caviar”?

Adrualdo Catão|

A expressão estampa o título do livro de Rodrigo Constantino, novo liberal (ou seria conservador?) mais odiado pelos progressistas das redes sociais. “Esquerda caviar” significa a incoerência ou hipocrisia daqueles que defendem um mundo em que riquezas são divididas, mas aproveitam como ninguém as benesses do capitalismo. São os membros da “esquerda caviar”.

Não gosto de usar esse tipo de expressão no debate, nem aquele argumento "olha lá o comunista/socialista comendo Mc Donalds"... São argumentos, todavia, que fazem parte da guerra ideológica e ninguém deve chorar por causa disso. Mas eu acho que mesmo o comunista, que aprova a ética do "a cada um de acordo com suas necessidades, de cada um segundo suas capacidades", vive num mundo capitalista e precisa comer, afinal.

Tudo, porém, tem limite. O limite é a coerência. Se você é daqueles que vive fazendo reclamações genéricas contra o capitalismo. Se você despreza o lucro e acha que os "meios de produção" deveriam ser de propriedade coletiva, você NÃO PODE se utilizar das conquistas do capitalismo assim, sem o ônus da incoerência.

Todo mundo precisa de comida para viver, até um comunista. Mas não precisa ser no melhor restaurante da cidade, não é? Precisa ser no mais caro? Cansei de encontrar socialistas conhecidos nos restaurantes mais caros de Maceió. Os reis do camarote social. Vamos com calma! Que tal um lanche no mercado informal? Ou comprar comida na feira dos assentados?

No mundo da informação, até um comunista precisa de um celular e um computador, certo? Mas precisa ser logo um Iphone? Precisa ser um Macbook? Cara, se você odeia o capitalismo e acha o empreendedor um explorador, você NÃO PODE usar o produto de mentes criativas movidas pelo lucro. Você não pode achar normal pregar a “ética das necessidades” numa rede social bilionária! É incoerente. Não tem jeito.

Então, a tal "esquerda caviar" existe sim. E é justamente aquilo que o termo designa. Pessoas que desprezam o empreendedor e o consideram um explorador, um criminoso e ao mesmo tempo, estão se servindo da produção dele são sim pessoas incoerentes. Quem acha que o egoísmo é errado e a solidariedade deve ser forçada, NÃO PODE querer dar uma de besta e aproveitar a festa enquanto tenta arruiná-la.

Entenda uma coisa, amigo. Não se "reduz desigualdades" punindo as mentes criativas e os empreendedores. Não se reduz a pobreza atacando a produção. Saia da sua incoerência entendendo que só existem bens para ser distribuídos se alguém os produzir! Compre seu Iphone em paz e gaste o fruto do seu trabalho como lhe aprouver, mas não queira dizer como os outros devem gastar o fruto do trabalho deles.

Porém, se você se recusa a entender isso, eu respeito. Só não venha me dar lições de moral comunista por meio do seu Iphone.  

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados