Coluna Labafero

Revista Veja diz que JHC, da comissão contra corrupção, é acusado de nepotismo

Foto: Assessoria Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Deputado JHC

A Revista Veja traz em seu site, nota na coluna Radar On Line, onde diz que o candidato a prefeito por Maceió, João Henrique Caldas (JHC) e que faz parte como deputado federal da Comissão da Câmara dos Deputados dedicada a debater as “Dez Medidas de Combate à Corrupção”, é acusado de nepotismo em seu estado de origem.

A revista diz que Caldas empregou a mãe, Eudócia Caldas, em seu gabinete na Assembléia Legislativa do Estado. Ela trabalhou lá quando ele era deputado estadual, entre 2011 e 2014.

 

Candidato diz que está preocupado com volta do crime de mando nas eleições em Alagoas

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O candidato a prefeito em Palmeira dos Indios, Julio Cezar (PSB) fez um apelo hoje contra o crescimento dos casos de violência política ocorridos nos últimos dias em Alagoas.

Julio Cezar lembrou os casos nas cidades de Teotonio Vilela, Tanque D’Arca e Pilar e afirmou que a violência pode chegar a Palmeira e Maceió. “Vejo com muita preocupação a escalada destes casos, portanto não podemos, nem queremos voltar ao passado. O crime de mando é uma ameaça à democracia” comentou.

 

 

Coronéis, cabo, tenente e sargentos vão a luta em Maceió. Veja a lista de candidatos militares

Divulgação Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Quartel Geral da PM

Maceió terá um numero recorde de candidatos militares para uma vaga na Câmara de vereadores a partir de 2017. Nada menos que sete candidatos já registraram suas candidaturas.

São dois coronéis, Luciano Silva (PT) e Pinheiro (PEN), dois sargentos, Batista (PHS) e Ramalho (PC do B), um tenente, Jambo (PL), um cabo, Bebeto (PTN) e um bombeiro, Marcos Rodriges (PHS). Quem destes terá chance de representar os militares na Câmara?

O ASA e o abandono do Estádio Coaracy da Mata Fonseca

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Os alagoanos, e principalmente arapiraquenses que assistiram pela TV Brasil o jogo entre ASA x América-RN pela Série C do Brasileiro de Futebol foram testemunhas das severas críticas da equipe de Tv ao estado de abandono do Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca

A equipe mostrou as péssimas condições do gramado, das arquibancadas e até do placar eletrônico. Uma pena para todos os arapiraquenses o que acontece no Estádio. O ASA  continua levando o nome da cidade para todo o Brasil e merecia uma casa mais arrumada, uma boa pauta para os candidatos a cargos eletivos em Arapiraca

Ibope acende luz amarela no Governo Renan Filho

Foto: Paulo Chancey JuniorA/rquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Renan Filho, governador

A divulgação da pesquisa Ibope/TV Gazeta ontem trouxe preocupações para o governo Renan Filho, nem tanto pelos números de seu candidato a prefeito , Cicero Almeida, mas principalmente pelos números sobre a aprovação do Governo Estadual, bem abaixo dos que eram apresentado pelo próprio governo.

O governo Renan Filho é avaliado como regular por 38%, ruim por 8% e péssimo por 17%. A avaliação boa , 24 % e ótima 8% ficou abaixo do esperado e o governo já detectou o principal vilão destes números. A área de Saúde. Resta saber se algumas mudanças podem ser feitas na gestão por conta deste resultado.

Um homem baleado no Pilar . Uma casa crivada de balas em Tanque D’arca. Começou a eleição

Foto: Divulgação Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

No primeiro fim de semana efetivo de campanhas políticas em Alagoas , dois episódios deixam claro o trabalho que as polícias terão nos embates eleitorais no Estado. Em uma caminhada de um candidato a prefeito no Pilar, um homem foi atingido por dois tiros no abdômen e em Tanque D´parca um presidente de um partido denunciou que sua casa foi crivada de balas.

Os dois casos precisam de investigação, mas independente da apuração dos casos específicos, várias eleições no interior alagoano, e mesmo em alguns bairros da capital, merece muito cuidado. Mas muito mesmo

Sem bens e com “apenas” 43 mil na conta Cicero Ferro tenta voltar a prefeitura

Foto: Arlindo Tavares Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Cicero Ferro

O ex-deputado estadual Cicero Ferro tenta voltar a suas origens políticas e é candidato a prefeitura de Minador do Negrão. Ferro disputa a eleição contra Gleysson Cardoso, sobrinho da atual prefeita do município, Socorro Cardoso, e que conta com o apoio do governador Renan Filho.

De acordo com a sua declaração de renda no TSE, Cicero Ferro vai para disputa sem nenhum bem nenhum declarado e com “apenas” 43 mil reais em sua conta. Mais uma vez a eleição em Minador preocupa a Policia Federal.

Ex-adversários se reencontram quatro anos depois em entrevista

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A TV Pajucara iniciou hoje uma série de entrevistas com candidatos a prefeito em Maceió, o mais curioso é que a emissora escolheu como entrevistador o ex-candidato ao mesmo cargo na eleição passada, o também ex-deputado Jefferson Moraes.

E hoje , curiosamente, o entrevistado foi justamente o atual prefeito Rui Palmeira, proporcionando um reencontro quatro anos depois de adversários que tiveram relações nada cordiais na eleição passada

JHC quer velocidade de Bolt e coragem de Zumbi para ser prefeito

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O deputado federal JHC aproveitou o clima olímpico para postar uma foto fazendo o sinal de raio que simbolizou o atleta jamaicano Usain Bolt, nove vezes campeão olímpico. E JHC não ficou por ai nas referências, ele disse na postagem que “Assim como Zumbi lutou pelos seus, estou preparado e com coragem para ir com tudo nessa corrida”

JHC já tirou fotos com Mark Zuckerberg, criador do Facebook e cogitou tentar trazer o presidente americano Barack Obama para Alagoas, quando era deputado estadual. Então devemos aguardar mais surpresas até o fim da campanha.

Senado pagou quase R$ 480 mil de segurança para Collor

Foto: Assessoria/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Senador Fernando Collor

No que depender do investimento em sua segurança, o senador alagoano e ex-presidente da república, Fernando Collor de Mello, está muito bem obrigado. De acordo com informações do “Congresso em Foco”, foram entre janeiro de 2015 e julho deste ano, uma quantia em torno de R$ 480 mil.

Só no ano passado foram pagos R$300 mil. O curioso é que Fernando Collor, como ex-presidente da república, tem direito, por lei, a quatro seguranças todo tempo e mesmo assim, foi necessário um investimento maior.

Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com