Coluna Labafero

Juíza bate o martelo e PT não pode concorrer em Santa Luzia do Norte

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Em Santa Luzia do Norte, a juíza Juliana Batistela Guimarães de Alencar, da 41ª Zona Eleitoral, sentenciou: os vereadores coligados pelo Partido dos Trabalhadores, Partido Democrático Trabalhista e Partido Popular Socialista, não podem concorrer às eleições de outubro pela coligação Somos 10. Ela julgou procedente o pedido de impugnação dos registros dos candidatos desses partidos por irregularidades no DRAP.

Almeida fica fora do guia eleitoral por dois dias

Crédito: Vanessa Siqueira/CM/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Cícero Almeida

O candidato à reeleição, Cícero Almeida (PMDB), cumpre a pena imposta pela Justiça Eleitoral. O órgão suspendeu a propaganda eleitoral da coligação de Almeida por quatro programas, sendo dois dias.

O motivo? O vereador e candidato a reeleição, Silvanio Barbosa (PMDB), teceu duras críticas ao adversário de Almeida, Rui Palmeira (PSDB). Chegou a chamar o tucano de mafioso... 

Vamos ver se com esse posicionamento da Justiça Eleitoral baixaria no guia eleitoral vai acabar.

Renan Filho deve exonerar petistas do governo até próxima terça-feira

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O governador Renan Filho não só decidiu exonerar os comissionados ligados ao Partido dos Trabalhadores como mandou fazer um estudo para saber quantos são e quais cargos eles ocupam no governo.

O que não falta é “parceiro” político na fila por estas vagas, mas o governador deve privilegiar aqueles que estão engajados na campanha de Cicero Almeida.

Apesar de Joaquim Brito sinalizar que gostaria de ficar como secretário ele não vai fugir do facão, até a próxima semana Renan deve indicar o novo secretário da área. Já o caso de Judson Cabral é bem diferente, o governador quer sua continuidade, diz que ele é de sua cota pessoal, mas Judson estuda até mesmo sair do governo para não causar desconforto entre seus colegas de partido.

Renan volta atrás e tira emergência sobre aumento de ministros do STF

Foto: Agência Senado Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Renan Calheiros e Ricardo Lewandowski

A pressão da opinião pública, dos senadores tucanos e de parlamentares que não são da base de Temer funcionou. Renan “congelou” projetos de lei que elevam os vencimentos dos ministros do Supremo Tribunal Federal e do procurador-geral da República de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil.

Recuou depois de receber a visita da ministra Cármen Lucia, que assumirá o comando da Corte na segunda-feira (12). A sucessora de Lewandowski não é entusiasta do aumento e parece ter percebido que elevar os vencimentos dos ministros do STF enquanto 12 milhões de brasileiros estão desempregados, seria um “tapa na cara” da população brasileira.

Aeroporto de Arapiraca por enquanto é “promessa de político”

Foto: Assessoria Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Arapiraca

Enquanto o ministro Mauricio Quintella, o governador Renan Filho e os candidatos a prefeito de Arapiraca vendem o aeroporto de Arapiraca como uma prioridade ou como uma obra importante, a real situação do projeto é bem diferente e destrói o discurso de que os políticos estejam se “esforçando” para realizar alguma coisa nesse sentido.

Quintella falou em um comício do seu candidato Tarcisio Freire que iria inaugurar o aeroporto, mas Arapiraca perdeu uma janela importante ao ser preterido em uma relação de novos aeroportos por, segundo o ministro, não ter projeto.

O governador Renan Filho, que participou de uma peça de marketing dirigindo um veículo com o seu candidato a prefeito, Ricardo Nezinho, onde diz que o aeroporto é prioridade e que já mandou o estudo com as seis áreas que ele pode ser feito, dando a entender que falta o esforço do ministro.

Já o terceiro candidato a prefeito, Rogério Teófilo, se disse indignado com Arapiraca ter sido preterido , mas tem como cabo eleitoral o ex-governador Teotônio Vilela, que passou oito anos prometendo o aeroporto e segundo Renan Filho, sequer fez o projeto.

Então, para Arapiraca seria bom que Renan Filho e Mauricio Quintella se unissem, esquecessem por um momento a campanha e juntassem as forças para agilizar o aeroporto. Temos um governador forte, filho do presidente do Senado, e um ministro alagoano a frente da pasta que resolve estas questões sobre o aeroporto. Talvez esta seja a melhor e a única chance para Arapiraca ter este aeroporto. Senão na próxima campanha, e na próxima, e na próxima.

Cadê o Ciço? Almeida desmarca entrevista na Ufal

Foto: Divulgação Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Cartazes no COS

A “recepção” já estava pronta no bloco de Comunicação Social (COS) da Ufal para o candidato a prefeito, Cícero Almeida (PMDB), mas, como diz no popular, o ex-prefeito “abriu do pau”.

Almeida seria entrevistado na segunda-feira, 5, pela Rádio Livre N’ativa, mas, desmarcou, alegando um imprevisto.

No COS, já havia cartazes com menções a Máfia do Lixo e perguntas do tipo: Cadé o Ciço?

A ausência de Almeida será efeito JHC? Lembrando: ao chegar para entrevista no local, há alguns dias, o candidato foi recepcionado com gritos de "golpista". 

Corinthianos não conseguem registro eleitoral em Alagoas

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Foi negado de forma unânime, no último dia 06/09, pelo pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas o registro do Partido Nacional Corinthiano no Estado. Conforme o julgamento, o partido não cumpriu os requisitos exigidos na legislação eleitoral em relação à documentação necessária.

Entre outras exigências, o PNC teria que comprovar, por meio de listas válidas, 0,1% dos votos válidos para a Câmara dos Deputados no último pleito.

Lembrando que o Corinthians não apoia o partido. Em nota, o clube repudiou o "uso oportunista do sentimento corintiano" e disse que não haverá apoio.

Heloisa Helena volta a pedir votos em ônibus e esquinas

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A vereadora Heloisa Helena, que não é candidata a reeleição, voltou hoje a realizar uma estratégia que a consagrou nas duas ultimas eleições para a Câmara Municipal, ir para as ruas e pedir votos em ônibus e esquinas.

Ao contrário das outras eleições Heloisa tenta pedir voto não para ela, mas para os candidatos a vereador de seu partido, a Rede. Cinco candidatos do partido seguiram Heloisa em sua jornada.

Lula participa de programa e pede voto para Paulão

Foto: FolhaPress/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Lula

O ex-presidente Lula estreou nos programas eleitorais dos candidatos a prefeitos do PT em todo o Brasil, e Maceió entrou nas primeiras gravações. Ontem Lula pediu voto para seu candidato na cidade, o deputado federal Paulão.

Paulão iniciou também as inserções que tentam fomentar o voto de legenda em todo Brasil. Independente dos candidatos o PT luta para manter a liderança entre os votos no partido.

Como assim? JHC quer implantar educação integral à distância

Crédito: Joyce Marina Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true JHC

Candidato JHC (PSB) tem entre suas propostas caso seja eleito Prefeito de Maceió uma, no mínimo, curiosa. O candidato tem prometido “Implantar o sistema de ensino integral via EAD”. Como isso se daria? Da seguinte maneira:

"Os alunos deverão cumprir carga horária mínima de aulas extraordinárias disponibilizadas em plataforma digital, que poderão ser acessadas de casa ou em espaços disponibilizados nas próprias escolas. As aulas serão protagonizadas por professores-destaque da rede de ensino pública, mediante gratificação".

A proposta tem sido vista com espanto por especialistas em educação. Porque, como é de amplo conhecimento, a educação integral requer acompanhamento pedagógico completo do aluno, em várias competências, preservando-o no ambiente escolar. Como JHC fará isso por computador e com os alunos e casa é que ninguém ainda entendeu.

Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com