Coluna Labafero

Os objetivos de cada candidato após a pesquisa do Ibope

Ilustração Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Rui Palmeira, JHC e Cícero Almeida

Os números do Ibope que deram 35 para Rui Palmeira, 28 para Cicero Almeida e 18 para JHC podem mudar as estratégias de campanha de cada um dos candidatos  faltando pouco mais de 15 dias para as eleições.

Embora timidamente os correligionários de Rui já começam a almejar uma vitória no primeiro turno, fazem o cálculo que precisam de mais 10 pontos para conseguir isso e sabem que é uma meta difícil, por isso que oficialmente sustentam o discurso de ir para o segundo turno com uma vantagem grande.

Já Cicero Almeida tenta rever sua campanha, ele precisa continuar atacando Rui Palmeira, mas precisa se preocupar agora com o crescimento de JHC e seus problemas internos. A tendência é que os Calheiros tomem conta de vez da campanha.

JHC agora vislumbra  a passagem para o segundo turno, e pode ser que mire suas armas em Almeida. O candidato do PSB acredita que este crescimento na reta final possa se transformar em um importante acréscimo financeiro e de apoio político em sua campanha.

TJ-AL suspende afastamento de Celso Luiz; mas prefeito não assume cargo

Foto: Vanessa Alencar/CadaMinuto/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Celso Luiz

O Tribunal de Justiça de Alagoas, por meio do desembargador Tutmes Ayran, suspendeu a decisão do juiz de Mata Grande que afastava o prefeito Celso Luiz.

Mesmo podendo assumir a prefeitura, Celso Luiz , que já estava com problema de saúde, vai retirar 30 dias de licença e não vai assumir a prefeitura nesse prazo.

O voto do silêncio pode reverter eleições em Alagoas

Foto: CadaMinuto Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Eleições 2018

Em vários municípios alagoanos, onde a população transita em torno do Poder Público, é grande a percepção que várias pessoas não podem se declarar contra os candidatos do prefeito, ou do chefe político, mas na hora da urna as coisas podem ser bem diferentes.

Especialistas acreditam que o chamado “voto do silêncio” pode modificar as eleições em vários municípios

O Troco de Almeida em Rui Palmeira

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Após a representação da coligação de Rui Palmeira sobre uso de comissionados e das peças oficiais do Governo do Estado nos programas eleitorais por parte da campanha de Almeida, o staff do governo de Renan e de Almeida se preparam para o troco.

O grupo de Almeida diz que vários comissionados de Rui também estão participando da campanha, e começam a fazer um levantamento com este tema. Estas duas últimas semanas prometem

Cunha responde com provocação às declarações de Renan

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Eduardo Cunha e Renan Calheiros

O presidente do senador federal, Renan Calheiros (PMDB) falou, mas também escutou a resposta do deputado cassado e companheiro de partido, Eduardo Cunha.

Renan teria dito que “quem cultiva vento colhe tempestade” e que “afastasse dele esse cálice”, se referindo aos posicionamentos de Eduardo Cunha, que levaram a sua cassação.

Através de nota divulgada nesta terça, Cunha respondeu e criticou a ação do senado, que teria deixado de lado, ao contrário da câmara federal, de apreciar matérias de caráter relevante.

Além disso, “Com relação à diferença de tratamento entre mim e o presidente do Senado, destacado no meu discuros ontem, ressalto que na ação penal número 982 do Supremo Tribunal Federal, decorrente da denúncia baseada apenas na palavra de delatores sobre sondas da Petrobras, os mesmos delatores, nas suas delações, acusam como beneficiários das supostas vantagens indevidas montando a US$ 6 milhões os senadores Renan Calheiros, Jader Barbalho, Delcídio Amaral e Silas Rondeau. Entretanto, a ação penal que deveria ser indivisível, segundo o código penal, foi aberta apenas contra mim”, disse.

Por fim, Cunha deu um claro recado às declarações de Renan Filho, sobre ventos, tempestades e o cálice. “No mais, com todo desejo de sucesso ao Presidente do Senado no comando da Casa, e acreditando na sua inocência, espero que os ventos que nele cheguem através de mais de uma dezena de delatores e inquéritos no STF, incluindo Sérgio Machado, não se transforme em tempestade. E que ele consiga manter o cálice afastado dele”, concluiu.

A carta!

"1 - Ao contrário do que foi dito pelo Presidente do Senado, durante o meu período à frente da Presidência da Câmara, não houve matérias de caráter relevante oriunda do Senado que deixássemos de apreciar em plenário. Ao contrário do Senado, que deixou de apreciar vários temas importantes aprovados na Câmara, dentre outros, projetos de terceirização, redução da maioridade penal, correção do FGTS dos trabalhadores e PEC da reforma política...

2 - Com relação à diferença de tratamento entre mim e o presidente do Senado, destacado no meu discuros ontem, ressalto que na ação penal número 982 do Supremo Tribunal Federal, decorrente da denúncia baseada apenas na palavra de delatores sobre sondas da Petrobras, os mesmos delatores, nas suas delações, acusam como beneficiários das supostas vantagens indevidas montando a US$ 6 milhões os senadores Renan Calheiros, Jader Barbalho, Delcídio Amaral e Silas Rondeau. Entretanto, a ação penal que deveria ser indivisível, segundo o código penal, foi aberta apenas contra mim.

3 - No mais, com todo desejo de sucesso ao Presidente do Senado no comando da Casa, e acreditando na sua inocência, espero que os ventos que nele cheguem através de mais de uma dezena de delatores e inquéritos no STF, incluindo Sérgio Machado, não se transforme em tempestade. E que ele consiga manter o cálice afastado dele.

Eduardo Cunha, 13 de setembro."

 

Comitê de Rui pode anunciar “bomba” amanhã

Foto: CadaMinuto Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Rui Palmeira e Cícero Almeida

Integrantes do comitê de campanha do prefeito Rui Palmeira (PSDB), candidato a reeleição, concedem uma entrevista coletiva à imprensa amanhã, 14, às 9h, em um hotel na orla da capital.

Comenta-se que o motivo da coletiva é o anúncio de uma ação contra o governador Renan Filho (PMDB), assessores do governo do Estado e o candidato do Palácio: Cícero Almeida (PMDB).

Vem bomba por aí... Quem viver, verá.

Heloisa Helena junta Cunha a Dilma e mostra apoio a Lava Jato

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A ex-senadora Heloisa helena foi rápida em suas redes sociais ao comentar a cassação de Eduardo Cunha, ela colocou ele ao lado de Dilma Roussef e disse que não daria na foto todos os chefões da quadrilha, incluindo os de Alagoas.

Ainda postagem Heloisa criou a hastag “#AvanteLavaJato e completou. “Tomara que já complete o resto da máfia... dia chega lá, incluindo os chefões da grande quadrilha - à direita e à "esquerda" no propinódromo comum” disse ela.

Lira na tropa de choque pró-Cunha?

Foto: Agência Câmara Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Arthur Lira

O portal Política Real, de Brasília, coloca o deputado federal Arthur Lira (PP) como integrante da tropa de choque pró-Eduardo Cunha e um dos parlamentares que visitaram Cunha neste domingo, 11.

Segundo o site, o grupo pretende apresentar um Projeto de Resolução para substituir o parecer do Conselho de Ética, que prede a perda de mandato do deputado federal afastado.

A ideia da tropa de choque é conseguir o fatiamento ou o adiamento da votação.

A exemplo de Cunha, Arthur Lira também foi denunciado ao STF na Operação Lava-Jato.

 

Ex-prefeito espalha mensagem falsa atribuída a atual prefeita

Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O ex-prefeito de Traipu , Marcos Santos, compartilhou uma imagem falsa que relatava uma suposta mensagem feita pela atual prefeita na rede social de mensagens Whats app

Ao compartilhar a mensagem, Marcos Santos atribui ao candidato a prefeito , Eduardo Tavares, a responsabilidade pela mensagem. O problema é que a imagem, ou peça publicitária, é notadamente falsa, e produzida por alguém que teve o intuito de atribuir ao candidato e a atual prefeita uma mensagem que não foi feita.

A situação foi denunciada na Justiça Eleitoral e não é a única que chegou a este foro. Em várias cidades alagoanas peças publicitárias com mensagens e postagens falsas atribuídas a adversários vem sendo distribuídas como se fossem verdadeiras.

Prefeito e vereador “saem no tapa” em Palmeira dos Indios e clima é tenso

Facebook Oficial da Prefeitura Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Prefeito James Ribeiro (PSDB), de Palmeira dos Índios

Um triste episódio marcou a campanha eleitoral na cidade de Palmeira dos Indios, durante este fim de semana, o prefeito da cidade, James Ribeiro e o vereador Agenor Leôncio saíram literalmente “no tapa” após a passagem da carreata da candidata do prefeito, a médica Verônica Medeiros pelo comício do vereador que é candidato a reeleição.

Após a briga teve início a guerra de versões, com os correligionários do prefeito tentando defender sua esposa e o vereador dizendo que o prefeito desceu do carro e deu um murro na cara dele.

Tanto o prefeito, como o vereador fizeram Boletim de Ocorrência, e espalharam notas na imprensa com as suas versões,  mas o clima na cidade é de muita tensão, com os grupos políticos se ameaçando em redes sociais.

Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com