Coluna Labafero

Prefeito ou técnico de futebol?

Foto: Cada Minuto Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Prefeito de Palmeira dos Índios, Julio Cezar

O prefeito Julio Cesar, de Palmeira dos Indios, resolveu dar sua opinião sobre o time da cidade, o CSE, logo após a derrota do time para o Sete de Setembro por 1x2.

"Amanhã a metade destes jogadores devem ir embora, eles não são dignos de vestirem a camisa do CSE" disse o prefeito em entrevista a Rádio Sampaio.

Após a declaração o prefeito foi mais elogiado do que criticado.

Acabou a lua de mel em Arapiraca

Definitivamente acabou a lua de mel entre a população e a nova gestão em Arapiraca. Além do não pagamento do salário de dezembro dos servidores públicos a atual administração vem sendo apontada como “devagar” na resolução dos problemas que o município passa.

Até mesmo colaboradores e empresários que lutaram para a eleição de Rogério, estão desanimados ou mesmo irritados com o ritmo da gestão.

O substituto de Dudu Holanda na noite alagoana

Foto: Arquivo/Cada Minuto Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Assembleia Legislativa de Alagoas

Um jovem deputado estadual, com forte atuação nos “bastidores”, apesar de quase nunca apresentar projetos ou falar durante as sessões da Assembleia, vem se destacando em outra área.

O parlamentar tem usufruído bastante da noite alagoana, e para desespero de sua esposa, tem sido apelidado de “new Dudu Holanda” pelos próprios colegas. Em tempo, o Dudu Holanda original, parece ter dado um “tempo” nas atividades noturnas.

Tentativa de paz entre JHC e Kátia Born passa por governador

Assessoria Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true João Henrique Caldas, o JHC (SDD)

Não será fácil, mas tem gente no Palácio tentando juntar na mesma mesa o deputado federal JHC e a ex-prefeita de Maceió, Kátia Born, que vivem as turras pela disputa do PSB em Alagoas.

O objetivo do Palácio é levar o PSB para a base, e contar também com JHC. Para o deputado federal a briga no partido é ruim para seus planos. Por enquanto, publicamente os dois negam qualquer aproximação..Mas na política...

Renan Calheiros vai percorrer os 102 municípios

Foto: TNH1 Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Senador Renan Calheiros

O Senador Renan Calheiros iniciou no começo do mês um trabalho que deve se prolongar até a eleição do ano que vem. Renan vai tentar percorrer todos os municípios alagoanos.

Além disso, vai ajudar na recomposição política de seu filho e vai trabalhar firme para definir a sua eleição no interior do Estado.

Para fazer este trabalho, Renan começa a reforçar sua equipe e deve criar um núcleo de campanha até o fim de março.

Marx Beltrão diz que “não abre de jeito nenhum” de candidatura ao Senado

foto: Cortesia Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Ministro do Turismo, Marx Beltrão

Depois que começou a circular a notícia, que o atual ministro do Turismo Marx Beltrão poderia compor a chapa de Renan Filho ao governo do Estado em 2018, a coluna resolveu ouvir o ministro, e ele foi contundente.

“Sou candidato a senador, não abro por nada, e tem mais, depois do Senado, se tudo der certo, pendo em me candidatar ao governo”. Simples e direto.

Zona Azul, aumento de passagem e radar...Tudo de uma vez

Foto: Ascom/SMTT/ Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Agentes da SMTT

Não é por acaso que no espaço de um mês a prefeitura de Maceió compre uma briga por causa de três temas polêmicos. A Zona azul, o radar de trânsito e o aumento de passagem de ônibus.

O objetivo da prefeitura, é que todo o desgaste proveniente destas ações aconteça de uma só vez, e já no início da gestão, se utilizando do saldo político positivo da eleição passada. O objetivo é ainda trazer, de forma rápida, alguns resultados provenientes destas receitas. Se a estratégia vai dar certo? Bom..Só o tempo dirá.

Cicero Almeida vai indicar superintendente do BNB em Alagoas

Foto: Arquivo/Cada Minuto Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Deputado Cícero Almeida

O deputado federal Cicero Almeida, que deve assumir a secretaria estadual de Esportes de Alagoas, a partir de março, se prepara para seu último ato como deputado federal.

O ex-prefeito de Maceió deverá indicar quem será o novo superintendente do Banco do Nordeste aqui no Estado. Na divisão das indicações da bancada, ficou com Almeida este “fardo”

O silêncio do TJ-AL após a resolução do CNJ

Cada Minuto Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Tribunal de Justiça de Alagoas

Todos acompanharam que o Plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) determinou, na última terça-feira, que o Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas (TJAL) apure se houve má-fé por parte de magistrados que receberam indevidamente valores pagos pela corte alagoana. O processo teve origem em 2009, quando inspeção do CNJ descobriu que alguns magistrados do estado receberam para ocupar o mesmo cargo, na mesma época. Em alguns casos, dois juízes foram remunerados para exercer a mesma função.

O problema é, que o Tribunal de Justiça resolveu não se manifestar a respeito da decisão do CNJ. Desde terça jornalistas de todos os veículos do Estado tentam um posicionamento oficial do TJ-AL sobre o fato, mas do outro lado apenas o silêncio...

Renan conhece lobista, mas não o vê há 25 anos

Foto: Agência Senado/Arquivo Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Senador Renan Calheiros, líder do PMDB

O senador alagoano e ex-presidente do senado federal, Renan Calheiros, divulgou uma nota em que fala sobre o “lobista” Jorge Luz, apontado como operador do PMDB no esquema de corrupção da Petrobrás.

Na nota, Calheiros afirmou que “Embora conheça a pessoa mencionada no noticiário, não o vê há 25 anos”.

Renan Calheiros é alvo da “Operação Lava Jato”, mas o tema voltou á tona porque a justiça decretou a prisão de Jorge Luz e seu filho, Bruno Luz.

As prisões foram decretadas para garantia de ordem pública e para assegurar a aplicação da lei penal, tendo em conta a notícia que os investigados se evadiram recentemente para o exterior, possuindo inclusive dupla nacionalidade”, disse o procurador Diogo Castor de Mattos.

O senador é apontado como participante do esquema, tendo em vista o depoimento do ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró, que afirmou ao juiz Sérgio Moro, que Jorge Luz deu US$ 6 milhões em propina a Renan em troca de contrato de navio-sonda com a Petrobras.

Diante das informações, Renan deixou claro que a possibilidade de serem encontradas irregularidades em sua conta, seria “igual a zero”.

Confira a nota:

O senador Renan Calheiros (PMDB-AL) reafirma que a chance de se encontrar qualquer irregularidade em suas contas pessoais ou eleitorais é igual a zero. O senador reitera ainda que todas as suas relações com empresas, diretores ou outros investigados não ultrapassaram os limites institucionais. Embora conheça a pessoa mencionada no noticiário, não o vê há 25 anos”.

Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 [email protected]
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 [email protected]