Legislativo de Arapiraca: nova sede velho problema

2a2b4ab3 c65a 4d32 adfd f716ea19914b

A Câmara Municipal de Arapiraca descartou o velho prédio da Avenida Rio Branco onde ocupou por mais de 80 anos e “ganhou” de presente do prefeito Rogério Teófilo (PSDB) o prédio da Escola de Governo implantada na gestão da ex-prefeita Célia Rocha. A instituição que ostentava o nome da ex-prefeita foi apagada, agora passa a funcionar a sede do Poder Legislativo no bairro de Santa Edwvirgem. O Legislativo passa a funcionar em nova Casa, no entanto, com velhos problemas.O mais grave, uma dívida de R$ 1,4 milhão junto a Caixa Econômica Federal do FGTS dos servidores há décadas.

Legislativo de Arapiraca 02

Em razão desse débito, a Câmara da cidade mais importante do interior do Estado permanece com o “nome sujo” junto ao Tesouro Nacional. Na esperança de uma solução os servidores acionaram o Poder Legislativo na Justiça e buscam um consenso no objetivo do pagamento seja efetivado. A presidente da Mesa Diretora, Graça Lisboa (PDT) garantiu em janeiro desde ano quando assumiu o comando da Casa a solução do problema. Decorrido um ano da sua gestão, tudo na estaca zero.

Legislativo de Arapiraca 03

A dívida em questão acumulada da gestão de várias mesas diretoras ao longo do tempo, é referente a falta de repasse dos valores após a mudança do regime dos servidores com a Constituição Federal de 1988. O caso resultou em ação movida pela Justiça do Trabalho que deu ganho de causa aos servidores e vem resultando no pagamento mensal por parte do Legislativo, pe pesadas multas. Nada foi cumprido mesmo a Casa recebendo este ano, do duodécimo repassado pela prefeitura R$11 milhões e 510 mil.

Legislativo de Arapiraca 04

Ansiosos e angustiados, na esperança do cumprimento da Justiça os servidores agurdam uma posição da presidente Graça Lisboa. Caso não cumpra com a decisão do Ministério Público do Trabalho, a Câmara Municipal de Arapiraca poderá ser duramente penelizada.

Clima tenso em Batalha: prefeita suspende Feira de Animais

O clima na cidade de Batalha é tenso após o crime, na noite dessa sexta-feira, 15, que teve como vítima o vereador Tony Pretinho (PR) 34 anos, a prefeita de Batalha, Marina Dantas (PMDB) anunciou a suspensão da primeira feira de animais que seria realizada neste sábado, 16, no Parque de Exposições Mair Amaral. Outra medida da prefeita foi a suspenção das comemorações da emancipação política da cidade, que estavam previstas para o próximo dia 22 deste mês de dezembro.

Clima tenso 02

“Não existe clima para festas. As pessoas da cidade estão com medo até de sair nas ruas”, justificou a prefeita. Tony Pretinho era aliado da prefeita Marina Dantas e tinha ligações políticas com o esposo dela, Paulo Dantas, que já foi prefeito do município e é filho do presidente da Assembleia Legislativa de Alagoas, deputado estadual Luiz Dantas (PMDB)

 

PT descarta aliança com Renan Filho

Após reunião na última quinta-feira(14) mo Palácio República dos Palmares entre o secretário de Estado do Gabinete Civil, Fábio Farias e Joaquim Brito, o  Partido dos Trabalhadores ( PT) deu por encerradas as negociações com vistas ao retorno do partido à gestão do governo de Alagoas. O diretório estadual entendeu que, apesar do esforço feito pelo governador Renan Filho, não houve condições de atender às premissas – que era a de ocupação de um espaço do tamanho e da importância do partido no Estdo. A pretensão era a pasta da educação.

PT descarta aliança 02

Em nota assinada pelo presidente do diretório estadual, ex-vereador Ricardo Barbosa, o Partido dos Trabalhadores, comunica que decidiu se retirar “das discussões com o Governo do Estado acerca de seu retorno nesta atual gestão que se finda... após várias e insistentes discussões, concluímos, e reconhecemos sua impossibilidade dentro do que fora estabelecido pela Resolução aprovada em sua Executiva Estadual e referendada por seu Diretório Regional”, explica a nota.

PT descarta aliança 03

Fora do governo, mas não da aliança política: “O PT Alagoas reafirma que seguirá discutindo de forma ampla, democrática e responsável, e sob expressa orientação de sua Direção Nacional, suas alianças visando o pleito de 2018 e a vitória de nosso projeto estratégico de eleger Lula Presidente e uma ampla bancada de deputados federais”, diz a nota assinada por Barbosa.

Isenção de IPTU para aposentados

Os vereadores Fábio Henrique (PCdoB) e Léo Saturnino  (PMDB)apresentaram requerimento, que foi aprovado, solicitando ao prefeito Rogério Teófilo (PSDB) e ao coordenador de Comunicação da Prefeitura Arapiraca jornalista Guilherme Lamenha a realização de uma campanha informativa sobre a isenção do pagamento do IPTU para os aposentados e pensionistas. A lei existe, no entanto sem a devida informação por parte da gestão municipal.

Isenção do iPTU 02

Sem conhecimento da causa e atribuições de cada órgão, o vereador Willmaks da Saúde (PRP) cobrou da assessoria da imprensa do Legislativo a divulgação.  O néo vereador foi mais além no seu pronunciamento,cobrou dos demais jornalistas e radialistas a realização da divulgação da isenção do IPTU para os pensionistas e aposentados no município de Arapiraca. Tem direito ao benefícicio os aposentados com idade superior a 60 anos e que possuam apenas um imóvel.

Isenção do IPTU 03

E por falar em cobrança do IPTU, a campanha de uma agencia de publicidade que ganhou a concorrência para a divulgação da cobrança do IPTU 2017 em Arapiraca fez os contratos com os orgãos de comunicação com destaque para os partais de três meses. Mesmo com a divulgação pagou apenas um mês, o restante o pessoal pode entregar a Deus. Por outro lado, a Prefeitura de Arapiraca está nadando em dinheiro, segundo foi divulgado pelo vereador Moisés Machado (PMDB) na última sessão ordinária, a prefeitura está com R$ 52 milhões em caixa. É muita grana.

. Conselho Tutelar Arapiraca

O conselheiro tutelar, área 2, de Arapiraca,Lázaro Lopes em entrevista ao comunicador Ailton Avlis na Pajuçara FM, que mesmo diante da falta de apoio do executivo atendeu durante este ano 700 famílias. O conselheiro falou das dificuldades para atuar no universo de Arapiraca onde os problemas relacionados a violência sexual contra crianças e adolescentes aumentam a cada dia.

Conselho tutelar 02

De acordo com o conselheiro, o orgão não dispunha nem ao memos de um aparelho celutar com maior recursos para o trabalho. Após o desabafo do servidor, um empresário do ramo imobiliário fez a doação de um aparelho para o orgão. De acordo com o conselheiro, os problemas do orgão vem desde a administração da ex-pefeita Célia Rocha  e prosseguem na gestão da “mudança” do prefeito Rogério Teófilo (PSDB).

Ex-prefeito de Lagoa da Canoa é denunciado

O pleno do Tribunal Regional Federal (TRF) da 5ª Região decidiu, por unanimidade de votos, receber denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF) contra Jair Lira Soares – o Jairzinho Lira, ex-prefeito de Lagoa da Canoa, que atualmente ocupa uma das cadeiras na Assembleia Legislativa Estadual. O deputado estadual e ex-gestor do município, localizado na Região Metropolitana do Agreste alagoano, é investigado de integrar suposto esquema de desvio de verbas para merenda escolar, conforme consta na decisão publicada em 29 de novembro pelo desembargador federal Vladimir Souza Carvalho.

Orçamento 2018 Arapiraca está sendo analizado

Está sendo analisado nas comissões da Câmara Municipal de Arapiraca a Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício financeiro 2018 da Prefeitura de Arapiraca. Um grupo de cinco vereadores que integram o grupo de oposição estão muito atentos nos valores programados especialmente para a verba de Gabinete do Prefeito que teve um aumento acelerado em relação a gestão anterior da prefeita Célia Rocha. Os cinco vereadores estão de olhos bem abertos, afinal, 2018 é ano eleitoral.

 

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Servidores de Palmeira decidem pela paralisação

6d36fd55 983a 4797 83d1 a15e17d3c2f3

Servidores da prefeitura de Palmeira dos Índios, município localizado na região Agreste de Alagoas, anunciam paralisação para a próxima terça-feira (19), O protesto foi decidido durante assembleia organizada pela representação regional do SINDPREV realizada nessa quinta-feira (14).

A manifestação visa cobrar a aplicação e atualização do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos do funcionalismo municipal. As reivindicações dos servidores são discutidas com representantes da prefeitura de forma regular, debate que realizou estudos sobre o plano que não é respeitado desde 2010, segundo informa o escritório regional do SINDPREV.

A mesa permanente de negociação resultou em acordo que deveria ser efetivado a partir de janeiro de 2018, mas a proposta esbarra na falta de recursos para o pagamento dos salários, conforme alega o secretário adjunto da pasta da saúde, Diógenes Costa.

“Somente a equiparação de salário entre profissionais da área de saúde gera um impacto de R$ 280 mil na folha”, disse o representante do governo, referindo-se a servidores que ainda recebem salário abaixo de outros colegas que exercem a mesma função.

Diógenes Costa disse ainda que a prefeitura aplica mais do que os 15% exigidos por lei na área de saúde, chegando a quase 20%.

Diante desse impasse, o prefeito Júlio Cezar se comprometeu em buscar recursos no Ministério da Saúde para atender a reivindicação. Apesar disso, os trabalhadores do setor decidiram pela paralisação.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Alegria e descontração marcam confraternização do Complexo Tarcizo Freire

2842b5df a12d 404d 9bd0 16f109209c8d

A alegria a harmonia e o espírito do Natal marcaram a festa de confraternização de final de ano do Complexo de Equoterapia Tarcizo Freire durante todo o dia desta sexta-feira (14) na sede da instituição no bairro Nova Esperança. Logo pela manhã milhares de famílias de pacientes asssistidos pela instituição, pacientes e funcionários lotaram todas as dependências do complexo.

Uma vasta programação foi organizada pela instituição com a apresentação do pastoril São Vicente, formada por integrantes da terceira idade do Bairro de Canafístula, apresentação do Coral Mães Unidas e apresentação da pela O Nascimento de Jesús apresentada por funcionários da equoterapia.

O deputado Estadual Tarcizo Freire cumprimentou e agradeceu a presença de todos os prersentes e falou da importância dessa união entre pacientes, famílias e servidores da Instituição numa festa de confraternização. “O complexo de Equoterapia tem uma importante missão em Arapiraca e toda a região do Agreste e Sertão  servindo e prestar assistência com muito amor” afirmou Tarcizo Freire que anunciou a ampliação do complexo com uma unidade em Olho D’água das Flores no Sertão e mais uma unidade no bairro Primavera em Arapiraca ampliando sua ação social no Estado.

A festa de confraternização contou com a presença do senador Benedito de Lira (PP) do deputado federal Arthur Lira (PP) do ex-prefeito de Limoeiro de Anadia, Marlan Ferreira do chefe de gabinete do deputado Tarcizo Freire, advogado Carlos Lúcio além de jornalistas e radialistas que integram os orgãos de comunicação e portais de Arapiraca.

O deputado estadual Tarcizo Freire, agradeceu as empresas parceiras da instituição que contribuiram para o sucesso e a realização desse evento a exemplo da Radar, Merconplas, Comercial Lopes, Grupo Coringa, Distribuidora S. Pessoa, Líder Distribuidora, Asa Branca, Júnior Contador e Posto Divan, Supermercado 15 de Novembroe Raniere Construtor.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Arapiraca poderá sofrer nova paralisação na educação

24a1b65c 44b7 42d1 9fa6 678f2313ccc6

Professores e demais servidores da educação do município de Arapiraca podem deflagrar nos próximos dias uma paralisação de 24 horas. A decisão pode ser tomada na próxima terça-feira (19), caso os representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Alagoas (Sinteal) não sejam recebidos pelo prefeito Rogério Teófilo (PSDB).

Segundo André Luiz, presidente do Sinteal em Arapiraca, na última terça-feira (13) ocorreu uma assembleia com a categoria. Apesar da solicitação, ninguém teria sido atendido pelo gestor municipal, o que teria motivado a insatisfação do grupo, que cogitou a possibilidade da realização de um ato público no Centro Administrativo seguido da paralisação com possibilidade de mais uma greve.

Em entrevista ao programa Show de Notícias, da rádio 96 FM, André Luiz disse que a categoria precisa de uma resposta de Teófilo sobre a pauta que foi colocada no período em que a Educação esteve em greve durante 93 dias.

“Precisamos saber do prefeito Rogério Teófilo sobre o retorno dos 5% do salário de 2017 que discutimos durante o período de greve e até o momento ele não se pronunciou. Esta discussão estava prevista para o mês de novembro, enviamos ofício ao prefeito solicitando a audiência e até o momento não tivemos este encontro, então os trabalhadores decidiram que esperam até segunda-feira. Caso ele [Teófilo] não atenda a categoria, na terça-feira iremos paralisar as atividades por 24 horas”, afirmou.

O sindicalista disse ainda que o movimento deve acontecer no Centro Administrativo para provocar o encontro com o prefeito. Em relação a mais uma possibilidade de greve da rede municipal de educação, André Luiz expôs que os servidores não pretendem parar as atividades, no entanto, não depende só deles.

“Nós não pretendemos fazer isso, mas cabe ao gestor e aos técnicos que arrumem meios para que nós não tenhamos mais uma greve da educação aqui em Arapiraca porque não é bom para os trabalhadores, para a prefeitura e muito menos para os filhos dos trabalhadores que estudam na rede municipal”, provocou.

“Não seria interessante hoje abrirmos uma nova greve aqui, mesmo sabendo que a última que nós fizemos saímos vitoriosos porque o Tribunal de Justiça declarou que a greve era legal. Já tivemos um prejuízo grande e tenho certeza que a prefeitura não vai querer deixar 30 mil alunos prejudicados”, emendou o sindicalista.

Devido à última greve que durou 93 dias, o calendário escolar da rede municipal de educação ficou prejudicado. Conforme o Sinteal, algumas escolas só vão poder concluir o ano letivo de 2017 em fevereiro ou abril de 2018.

Sobre o assunto, a assessoria de comunicação da Prefeitura de Arapiraca informou que o prefeito Rogério Teófilo iria manter contato ainda nesta quinta-feira (14) com o presidente do Sinteal para viabilizar o encontro para a próxima segunda-feira (18).

 

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Dupla armada assalta banco e leva armas de vigilantes em Teotônio Vilela

Ea46f252 90b6 4ea4 8678 1f9ad2536627

 Uma dupla fortemente armada invadiu uma agencia bancária em Teotônio Vilela no final da manhã desta quarta-feira (13). Clientes e funcionários da agencia viveram momentos de tensão e medo dirante a ação criminosa. De acordo com as primeiras informações da policia, a dupla levou todo o dinheiro que estava nos caixas e as armas dos vigilantes. Militares do 3º Batalhão da Polícia Militar sediado em Arapiraca foram acionados  e fizeram diligências na região para identificar e localizar os criminosos

De acordo com a polícia, a agência não possui detector de metais nem câmeras de vigilância, o que pode ter facilitado a ação dos criminosos. Mas imagens flagradas por equipamentos instalados em estabelecimentos vizinhos podem ajudar a identificar os suspeitos, que ao entrarem no banco teriam dito aos populares que queriam apenas o dinheiro dos caixas.

De acordo com a polícia, testemunhas relataram que a dupla chegou em um veículo de cor prata e, enquanto um deles invadiu o banco, outro ficou no carro cuja placa não foi identificada, dando suporte à ação criminosa. Após o roubo, os dois tomaram destino ignorado. A gerência do banco informou aos policiais que ainda está apurando a quantia exata do dinheiro que foi levado pelos criminosos.

 

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Desabastecimento de UBS e Postos de Saúde é criticado por vereadores em Arapiraca

937d18d1 e33c 45eb 9fff 0d0f811f4bf2

Aprovação do convênio pelo Legislativo de Arapiraca foi há cinco meses, denuncia vereador Moisés Machado

O Vereador Moisés Machado (PDT) usou a tribuna da Câmara Municipal na sessão dessa terça-feira (12) para tecer severas criticas a lentidão da atual gestão. Ele lembrou que a Câmara Municipal aprovou por unanimidade o projeto do Executivo que oficializou convênio para Adquirir os medicamentos de forma compartilhada com o objetivo de adquirir bens de forma compartilhada com o Consórcio Intermunicipal do Sul do Estado de Alagoas, o Conisul.

De acordo com o vereador, decorridos cinco meses os postos de saúde e unidades básicas continuam desabastecidas, prejudicando a população carente. O programa de saúde bucal também está paralizsado em todo o município desde o inicio da gestão do prefeito Rogério  Teófilo (PSDB)

O projeto aprovado autorizou o Município fazer a aquisição através de compras de insumos nas áreas médica, odontológica, especializada, ambulatorial e de assistência farmacêutica, de forma direta ou indireta, suplementares ou complementares ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Uma equipe de vereadores formada por Moisés Machado, Léo Saturnino, Sergio do Sindicato, Fábio Henrique e Ricardo Nezinho realizaram mais uma visita de inspeção a quatro unidades básicas de saúde e comprovaram o total descaso da gestão municipal com a área de saúde.

Os postos desde a aprovação do convênio não receberam nenhuma remessa de medicamento. De acordo com Mjoisés Machado os dentistas estão cumprindo o horário nas UBS apenas para garantir o  emprego, no entando sem realizar nenhum atendimento odotológico a população.

Moisés Machado citou o caso da odontologa do posto de Bananeiras que reside em Maceió e vem todos os dias para seu posto de trabalho apenas para marcar presença. “Isso é uma falta de respeito do prefeito Rogério Teófilo com a população de Arapiraca” desabafou Moisés Machado.

Cobrança do IPTU assunto não é debatido

Moisés Machado teceu criticas a falta de uma discussão ampla no Legislativo sobre o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Explicou que fez um Requerimento em abril deste ano objetivando uma discussão sobre valores cobrados até exorbitantes e até o presente momento o prefeito não autorizou ou mesmo mandou sua equipe de finanças para discutir o assunto de forma democrática e transparente.

Para Moisés Machado, o prefeito Rogério Teófilo não está sendo trasparente na sua gestão, citando como exemplo o requerimento de autoria do vereador Sérgio do Sindicato que pediu número de servidores contratados, valores das conbtratações e locais onde estão prestando os serviços e até o momento nuca foi enviado ao Legislativo.

Assistência social com muito dinheiro

O vereador Fábio Henrique (PCdoB) usou a tribuna para tecer criticas a secretaria municipal de Ação Social que recebe um valor alto de recursos federais e não realiza nenhum projeto social. De acordo com o vereador, a pasta vai ter que devolver recursos simplesmente por que não foram aplicados. Fábio Henrique criticou a não realização do pograma do governo federal Criança Feliz em Arapiraca na atual gestão. O programa tem o objetivo de assistir crianças de 0 a seis anos de idade.

O vereador Léo Saturnino falou de sua viagem em Brasília onde manteve contatos com o deputado federal Paulo Fernandes dos Santos (Paulão) que anunciou recursos através de mendas para Arapiraca para revitalização da Praça Afranio Leges (Rodoviária). Recursos para a Vila de São José e outras comunidades rurais de Arapiraca. De Autoria do senador Fernando Collor recursos para a revitalização do bairro Manoel Teles. Léo Saturnino também destacou a liberação de recursos para Arapiraca pelo senador Renan Calheiros.

Descaso com a iluminação pública

Leo Saturnino voltou  a criticar o descaso com a iluminação pública de Arapiraca, irregularidades na coleta de lixo e o desabastecimento das unidades básicas de saúde. Léo Saturnino criticou a costrução da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com recursos do governo federal e a contrapartida da Prefeitura ao lado do Cemitério Pioo XII no bairro Baixa Grande.

Para o vereador, é inconcebível a manutenção e o funcionamento de uma UPA ao lado de um cemitério onde existe o perigo iminente de contaminação através do ar e da poeira. Léo Saturnino explicou que solicitou da secretaria Municipal de Obras e da secretaria muniicipal do Meio Ambiente um laudo sobe o impacto ambiental e até o momento não foi atendido. “Esta obra pode está condenada a se transformar em um “elefante branco” lamentou.

O vereador Rogério Nezinho (PMDB) em seu pronunciamento criticou a falta de ações da Prefeitura de Arapiraca nas áreas da saúde, educação, limpeza pública e assegurou que o único responsável por esse cáos na cidade mais importante do interior do Estado é o prefeito Rogério Teófilo. “Não culpo os secretários municipais, de eles não correspondem o prefeito tem a obrigação de substitui-los” desabafou.

No entender de Rogério Nezinho, o prefeito Rogério Teófilo parece que não mora em Arapiraca, não ouve as emissoras de rádios locais e nem ler os jornais.

O vereador Sergio do Sindicato em seu discurso, que teceu criticas ao setor de iluminação pública que há quase um ano não realiza licitação para a compra de equipamentos. O prefeito Rogério Teófilo precisa respeitar o povo de Arapiraca que ele em campanha garantiu que estava preparado administrar. Sergio do Sindicato criticou a total falta de iluminação em toda a cidade de Arapiraca. “O prefeito gastou R$ 700 mil para a iluminação do Natal no Bosque das Arapiracas e deixou toda a cidade em pleno Natal as escuras, criticou.

 

 

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Tarcizo Freire faz contatos em Brasília na busca de recursos para Hospital da PM-Al

81792514 414c 4a16 ade4 f9d2fb28c625

O deputado estadual Tarcizo Freire (PP) manteve uma audiência na manhã desta terça-feira (12) com o senador Benedito de Lira (PP) em seu gabinete em Brasília. Na pauta, do encontro o parlamentar solicitou o empenho do senador junto ao Ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP) na busca de recursos para reforma e modernização do Centro Hospitalar da Polícia Militar de Alagoas (CHPM-AL).

Em novembro deste ano, o parlamentar que ocupa a vice-presidência da Comissão de Educação, Saúde, Cultura e Turismo da Assembleia Legislativa de Alagoas, visitou as instalações do CHPM-Al, ao lado do subcomandante da PM, Tenente Coronel Wilson, e tomou conhecimento da real situação da unidade de saúde.

Em Brasília, Tarcizo fez uma relato detalhado da situação do projeto de reforma e revitalização do hospital, além da aquisição de novos equipamentos para o CHPM, entre outros pleitos para a melhoria da qualidade de vida da saúde em Alagoas, em especial Agreste e Sertão.

“Na essência, a grande preocupação é que o CHPM,em outros períodos já funcionou como um hospital de referencia no atendimento aos membros da corporação PMAL, inclusive com laboratório de analises clínicas e outros exames de imagem. No entanto, atualmente se tornou um limitado posto de saúde com atendimento a população em geral pelo Serviço Único de Saúde (SUS)”, explicou.

Na audiência com o senador Benedito de Lira, o deputado demonstrou otimismo com a reforma e a volta do hospital para os integrantes da Polícia Militar de Alagoas.

“Agradeço ao senador Benedito de Lira a recepção calorosa e todo apoio que tem dado ao povo de Alagoas. O encontro que estivemos em Brasília foi certamente muito produtivo para a nossa população, em especial os membros da Polícia Militar de Alagoas”, finalizou Tarcizo Freire.

 

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Ação da policia impede falsários de sacarem hum milhão em agencia de Arapiraca

D62ca54a eb1c 4c4f 99b5 d792a7a53c75

Em uma ação coordenada pelo delegado da Policia Civil, Vinicius Ferrari, titular da Seção de Roubo a Banco (Serb), a Polícia Civil prendeu nessa segunda-feira (11), duas pessoas em flagrante, no momento em que tentavam sacar fraudulentamente o valor de R$ hum milhão em uma agência bancária de Arapiraca

De acordo com informações da policia, Edvanio Angelino de Souza, 45 anos, e Carlos Eduardo Souza da Silva, 54 anos, estavam em uma agência bancária na cidade de Arapiraca tentando sacar a quantia de R$ hum milhão, referente a um precatório, portando uma procuração falsa em nome de uma pessoa já falecida.

A dupla foi presa em flagrante por uma equipe da Serb, evitando o prejuízo milionário à agência. A ação contou com o apoio do Núcleo de Inteligência (NI) e da Seção de Antissequestro (SAS), da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), e Delegacia Geral de Polícia Civil (DGPC). Os presos irão responder pelo crime de estelionato.

 

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

MP decreta indisponibilidade de bens do prefeito de Campo Grande

B84b2885 0392 4fe8 810c b3eb79ba6038 Juíza Renata Malafaia Vianna

A juíza de Direito da Vara de Único Oficio de Girau do Ponciano, Renata Malafaia Vianna, decidiu nesta segunda-feira (11), pelo pedido cautelarmente a decretação de indisponibilidade dos bens do prefeito de Campo Grande, Arnaldo Higino Lessa . O objetivo da ação é, assegurar eventual ressarcimento ao erário e garantir a efetividade da demanda, evitando que os requeridos dissipem o patrimônio no transcorrerda presente ação e o afastamento do cargo público para propiciar que o feito transcorra sem prejuizos ocasionados pela intervenção do referido agente público.

De acordo com a decisão da magistrada, trata-se de ação civil por ato de improbidade com pedido de indisponibilidade dos bens e afastamento do cargo público proposto pelo Ministério Público do Estado em fase de Arnaldo Higino Lessa. A magistrada, na ação alega que Arnaldo Higino fora detido em sua residência no exato momento em que recebia parte do valor desviado dos cofres públicos em face da atuação de esquema criminoso do qual o prefeito fazia parte.

Dinheiro retirado dos cofres públicos

Além do mais a magistrada relata que o dinheiro desviado era retirado dos cofres públicos do municipio de Campo Grande. Através da contratação da empresa MCSR Ferreira EIRELI ME para emissosa de notas fiscais fraudulentas (notas frias). As notas eram direcionadas à Prefeitura de Campo Grande cujo serviço, o material nela descrito jamais prestado ou fornecido, apenas servia para emprestar a aparencia de legalidade ao desvio total dos valores nelas descritas, os quais eram destinados ao prefeito e seus comparsas, relatou a magistrada na ação.

Dentre outros documentos, o Ministério Público, juntou aos autos as declarações de Rubens José da Silva, prestadas perante a Policia Federal no momento da lavradura do ato de prisão em flagrante de Arnaldo Higino, segundo o qual, o requerido contatou o empresário propondo-lhe que utilizizasse a empresa MCSR Ferreira EIRELI ME para emissão das notas fiscais frias no valor total de R$ 13.190,00 o qual seria repartido entre o referido empresário e o prefeito Arnaldo Higino, que ficaria com 90% (R$ 11.871,00) e o restante seria destinado ao empresário.  De acordo com o Ministério Público, a conduta do prefeito consiste em enriquecimento ilicito e prejuízo ao erário público.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

PC desmente falta de vaga em cela para liberação de suspeito

Ff13fd3f f46b 4f26 86c2 3a0e1147bb08

A liberação de Juarez Medeiros Filho, 54 anos, da Central de Polícia Civil de Arapiraca aconteceu porque o delegado plantonista, Carlos Umberto, avaliou que não caberia flagrante no momento da apresentação do suspeito de violência doméstica.

Juarez Medeiros foi denunciado por agressão contra a esposa e filhos na noite desse domingo (10) em Arapiraca, Agreste alagoano. 

A versão do delegado plantonista aparece em nota distribuída pela Polícia Civil para a imprensa e desmente a informação que consta no relatório de ocorrências do 3º Batalhão de Polícia Militar, boletim de ocorrência transcrito abaixo, na íntegra:

BO Nº 131203 - VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER A GUARNIÇÃO FORÇA TAREFA 12, PERTENCENTE AO 3º BPM, ESTEVE NO LOCAL E CONSTATOU O FATO. A VÍTIMA C. R. C. DA S., 31 ANOS, RESIDENTE NO BAIRRO CAITITUS, INFORMOU QUE ELA E OS FILHOS FORAM AGREDIDOS PELO AUTOR, JUAREZ MEDEIROS FILHO, 54 ANOS, MOMENTO QUE POPULARES IMPEDIRAM QUE CONTINUASSE A AGRESSÃO. AS PARTES FORAM CONDUZIDAS PARA A DELEGACIA DE POLÍCIA CIVIL, ONDE FOI FEITO APENAS UM BOLETIM DE OCORRÊNCIA E AS PARTES FORAM LIBERADAS POR FALTA DE VAGA NAS CELAS. FEITO A COP Nº 131203. O FATO FOI REGISTRADO ÀS 20:50 DO DIA 10/12/2017, - CAITITUS - NO MUNICÍPIO DE ARAPIRACA. A OCORRÊNCIA FOI CONCLUÍDA PELO DESPACHANTE ÀS 01:44 E FOI CONCLUÍDA PELO CORDENADOR ÀS 06:01.

Além de apresentar uma nova fundamentação para a liberação de Juarez Medeiros, a nota da Polícia Civil - cujo teor é atribuído ao delegado regional Gustavo Xavier - acrescenta que o suspeito será investigado em inquérito policial.

Deixe seu comentário Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.
Comercial (82) 3313.6040 (82) 99812.2189 comercial@cadaminuto.com.br
Redação (82) 3313.2162 (82) 99664.2221 cadaminutoalagoas@hotmail.com