Luciano Barbosa entrega chave da cidade para a bebê-prefeita em Arapiraca

Assessoria|

Em seu primeiro dia de vida, a pequena Meyves Maria Lima da Silva e sua mãe, a dona de casa Jaqueline Lima Barbosa, de 27 anos, receberam das mãos do prefeito Luciano Barbosa, na manhã desta quarta-feira (18), a chave da cidade de Arapiraca.

O ato simbólico, ocorrido na maternidade do Hospital Chama, faz parte da “Semana do Bebê”, que segue até este mês com uma série de ações de apoio à saúde materno-infantil.

Como ocorre anualmente, a Semana tem como objetivo contribuir para a diminuição do índice de mortalidade infantil, reduzir as situações de exclusão social decorrente da gravidez precoce e garantir o Registro Civil do Bebê.

A iniciativa também representa o compromisso de Arapiraca com a garantia dos direitos da Primeira Infância e a mobilização da sociedade, por meio de promoções de políticas públicas voltadas para mães e bebês.

Durante a entrega da chave da cidade à sua filha, que nasceu de perto normal, na tarde de ontem (17), na maternidade do Hospital Chama, Jaqueline Lima Barbosa disse que estava muito feliz e emocionada.

Casada com o mecânico Alex Souza da Silva, Jaqueline Lima contou que também é mãe do pequeno Miguel, de cinco anos de idade.

Além do prefeito Luciano Barbosa, o secretário-adjunto de Saúde, Sérgio Newton, a superintendente municipal de Atenção à Saúde, enfermeira Jakeline Barbosa, a coordenadora municipal da Rede Cegonha, enfermeira Vilma Caetano de França, a coordenadora municipal da Saúde da Criança, enfermeira Irly Marcela Valeriano, e a coordenadora municipal da Saúde da Mulher, enfermeira Laysa André de Oliveira.

Pré-natal

O diretor-geral do Hospital Chama, Emanuel Barreto, a diretora-administrativa Sônia Magalhães, e a coordenadora da maternidade, enfermeira Nayara Venâncio.

Segundo revela a coordenadora municipal da Rede Cegonha, enfermeira Vilma Caetano de França, a dona de casa Jaqueline Lima Barbosa recebeu total atenção da equipe da Secretaria Municipal de Saúde, com a realização de 11 consultas de pré-natal, entre outros atendimentos médicos com o apoio do enfermeiro Diego, da Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Boa Vista, onde o casal vive com os filhos no Residencial Alfavile.

Para fazer parte do programa, a mãe deve ser maior de 20 anos, ter realizado, no mínimo sete consultas, ter parto normal, aleitamento materno exclusivo, ser residente em Arapiraca e registro de nascimento civil no município.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados