Roberto Gonçalves
Roberto Gonçalves

Conselho Deliberativo do Asa se reúne com jogadores para atender reivindicações

Sete segundos|

Mudança do fornacedor da alimentação já foi alterado

Após o goleiro Deola expor as dificuldades enfrentadas pelo time do ASa no último sábado (26), após o empate contra o CSA, o Conselho Deliberativo do clube se reuniu na noite desta terça-feira (01) para ouvir os jogadores e buscar uma solução para que essa situação não se agrave mais.

O atraso na folha salarial foi um dos motivos de desabafo do goleiro. A qualidade na alimentação oferecida ao time e o local de treinamento também foram reivindicações apresentadas pela equipe do alvinegro arapiraquense.

O defensor público André Chalub, que integra o Conselho Deliberativo e também é comentarista de futebol na rádio Líder Fm, intermediou a reunião e garantiu que a partir desta quarta-feira (02), os jogadores vão fazer as três refeições em um novo restaurante.

Com relação as reivindicações a respeito do atraso no pagamento de salário e o local de treinamento, o Conselho Deliberativo vai discutir com a diretoria e apresentar uma solução aos jogadores.

Locais de treinamento 

Atualmente o time do Asa está treinando em um campo localizado no bairro Planalto que não tem estrutura adequada para um time profissional de futebol de campo. O campo é de futebol society, ou seja, área reduzida para todo o time com 11 jogadores.  Além desse campo no bairro Planalto, o time também realiza treinamentos no campo society da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB). 

Mas o município tem outras alternativa de área de treino para um time de futebol de campo, inclusive o campo do Clube do Servidor, onde em outras temporadas o time alvinegro realizava os treinos oficiais.  Por que o ASA não pode voltar a treinar no Clube do Servidor ? 

O Clube da Casal, no bairro Guaribas, também é um local onde o Asa já realizou treinamentos. 

 

 

SOBRE O AUTOR

Blog Roberto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados