Roberto Gonçalves
Roberto Gonçalves

Sinteal cobra do prefeito Luciano Barbosa a valorização dos professores

NN1|

Professores da rede municipal de Arapiraca estão indignados com o descaso da gestão municipal; eles se sentem desprezados e desvalorizados

Os professores da rede pública municipal de Arapiraca estão em constante mobilização em busca de um diálogo com o prefeito de Arapiraca, Luciano Barbosa (MDB) Em entrevista concedida ao NN1,  o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal), professor Paulo Henrique, que fala da indignação dos servidores diante do descaso da atual gestão municipal em relação às reivindicações da categoria.

De acordo com o professor Paulo Henrique, este ano, não existe diálogo entre os servidores da Educação e a gestão municipal. “O prefeito Luciano Babosa se recusa a sentar com a nossa categoria para conversar. Nós acreditamos que essa recusa é por conta da falta de argumentos por parte dele, porque os nossos argumentos são bem fundamentados no nosso direito à equiparação salarial com o piso nacional. Nós sabemos que o Município dispõe de recursos para fazer essa reposição salarial, então, a gestão não atende a nossa reivindicação simplesmente porque não quer. Nem sequer se senta para conversar porque não tem a intensão de valorizar os servidores da educação de Arapiraca”, reclama.

Segundo o professor, em termos de valores financeiros, a sobra deste ano de recursos para pagamento de folha provavelmente deve alcançar a cifra de 17 a 17,5 milhões de reais. “Esse incremento nos salários dos professores giraria em torno de 600 a 700 mil reais por mês. Se fizermos a conta, essa sobra de recursos para pagamento da folha do Município daria para equiparar o salário dos professores ao piso nacional e ainda sobrariam recursos”, ressalta.

O professor Paulo Henrique destaca que a insatisfação da categoria é imensa. “A nossa categoria se sente desprezada e desvalorizada. Nós também nos sentimos desrespeitados, porque mesmo que a gestão não atenda determinada pauta, o mínimo que o prefeito deveria fazer seria sentar para nos ouvir. Nós estamos esperando que o prefeito Luciano Barbosa se lembre da sua promessa de campanha que era a valorização do professor como prioridade na sua gestão”, frisa.

O NN1 entrou com contato com a assessoria da Prefeitura de Arapiraca e perguntou se existe uma previsão de quando uma reunião entre o prefeito Luciano Barbosa e o Sinteal poderá acontecer. A assessoria respondeu o seguinte: “O prefeito disse que vai sentar com os representantes do Sindicato no momento oportuno”.

SOBRE O AUTOR

Blog Roberto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados