Roberto Gonçalves
Roberto Gonçalves

Professores da rede municipal estão há dois dias de campana, no Centro Administrativo em busca de um dialogo com Luciano Barbosa

Sete segundos |

Pelo segundo dia consecutivo, os trabalhadores da rede municipal de Educação aguardam um encontro com o prefeito Luciano Barbosa (MDB), no Centro Administrativo. A reunião que estava agendada com o Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal) para a quarta-feira (24), não aconteceu. 

 

Os trabalhadores passaram todo o dia no corredor em frente o gabinete do prefeito, aguardando serem chamados para a reunião. Eles chegaram a almoçar quentinhas sentados no chão durante a espera. Nesta quinta, pela manhã, eles voltaram a ocupar o corredor.

 

De acordo com o diretor do Sinteal (Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Alagoas), Célio Sampaio, técnicos da prefeitura informaram que há uma sofra para ser distribuída aos trabalhadores da Educação no valor de cerca de R$ 16 milhões e à categoria acha justo que a prefeitura faça uma recomposição salarial da tabela da classe, para beneficiar a todos.

 

“A categoria entende que o alinhamento salarial é a melhor opção para a categoria, uma vez que irá beneficiar todos os trabalhadores da Educação, uma vez que o rateio da verba do Fundeb beneficiará apenas os professores e o pessoal do curso técnico do quadro administrativo e ficam de fora o pessoal de apoio e os aposentados da Educação”, explicou Célio Sampaio.

O diretor do Sinteal informou ao Portal 7 Segundos que os servidores da Educação de Arapiraca recebem abaixo do piso nacional, que é de R$ 4.397,91, e a categoria está lutando para que a Prefeitura de Arapiraca volta a pagar o mesmo valor salarial do piso nacional.

Em entrevista ao Portal 7 Segundos, a diretora em Assuntos Educacionais do Sinteal, Josi Pereira afirmou que a prefeitura pode repassar o percentual do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), que mede a inflação, no valor de 10,67%, mas a categoria reivindica um repasse de 13%, uma vez que há sobra de recursos na prefeitura que garante o realinhamento da folha salarial.

Assembleia geral

Os trabalhadores da Educação já agendaram uma assembleia geral que será realizada na tarde desta quinta-feira (25), a partir das 14 horas, na Praça Luiz Pereira Lima, conhecida como antiga Praça da Prefeitura, para decidir os caminhos do movimento da categoria.

 


Enquanto isso, os professores paralisaram as atividades hoje e não está havendo aula nas escolas da rede municipal de ensino. O Portal 7 Segundos solicitou nota à assessoria de comunicação da Prefeitura de Arapiraca sobre a reunião com o prefeito Luciano Barbosa, porém até a publicação desta matéria não recebeu nenhuma informação e aguarda retorno para atualizar os dados da matéria.


 

SOBRE O AUTOR

Blog Roberto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados