Roberto Gonçalves
Roberto Gonçalves

Em 2022 Arapiraca disputara quem terá o melhor sorriso pedindo votos

Roberto Gonçalves |

Por enquanto, figuras importantes da política não estão marcando presença nos eventos 

Com a chegada dos meses com final de “bro”, setembro, outubro novembro e dezembro o final do ano está batendo na porta e teremos 2022 com eleições para presidente da República, governador, deputados estaduais e federais. 

Em 2022 o ano poderá ser bom é um ano “par” e o eleitorado da cidade mais importante do interior de Alagoas, terá o privilégio de presenciar os melhores sorrisos pedindo votos. 

No cenário político atual de Arapiraca, não se vê a presença da vice-prefeita Ruth Nezinho, da ex-prefeita Célia Rocha do garoto de Liverpool, Daniel Rocha, possível postulante a uma das nove vagas na Câmara dos Deputados pelo MDB. 

Só Deus sabe o destino dessas pessoas. Essas figuras importantes e rotuladas da política da terra de Manoel André não estão marcando presenças nos eventos e encontros políticos comandados pelo prefeito Luciano Barbosa.  

No momento, o grupo político do prefeito Luciano Barbosa parece deslocado, mas em 2022 a presença dessas pessoas será marcante no ano eleitoral pedido votos para eles ou alguém do grupo político. Enquanto isso, Arapiraca vai enfrentando sérios e graves problemas, taxa de iluminação pública custando os olhos da cara. Os recursos dessa receita seriam R$50 milhões por ano. 

Arapiraca tem ruas sem pavimentação, acumulo de lixo e entulhos nos bairros periféricos, além do grave problema dos ambulantes que foi manchete e alvo dos noticiários em nível local e estadual com a participação “especial” como convidado do deputado estadual Tarcizo Freire. 

O parlamentar, imprimiu o seu característico tom agressivo que sempre marcou a vida pública e chegou ao ápice do absurdo durante uma audiência pública realizada na Câmara Municipal quando agrediu verbalmente, bem ao seu estilo, a secretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rosa Lira, e a servidora pública Lidiane Paes.

 

 

No plenário da Casa Herbene Melo o parlamentar, deu um “show de truculência” durante a audiência pública que buscava uma solução sensata, humana, para relocação dos ambulantes do Bosque das Arapiracas, local criado com a finalidade de proporcionar lazer, entretenimento e a tradicional caminhada pelas manhãs e final das tardes. 

O Executivo deve, em tempo hábil, buscar junto a sua equipe de trabalho uma solução para essas pessoas que sobrevivem do comércio informal e precisam tramalhar para ter condições dignas de colocarem comida na mesa para suas famílias. O problema merece uma solução, afinal estamos na véspera do ano eleitoral.  

 

 

SOBRE O AUTOR

Blog Roberto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados