Covid: Média de mortes fica abaixo de 1.100 pela 1ª vez desde 23/2

UOL|
Covid-19
Covid-19 / Foto: Reprodução/ Internet

Um dia após bater a marca de 550 mil mortes de covid-19, o Brasil registrou mais 1.320 óbitos, elevando o total para 551.906. Ainda assim, a média móvel de mortes ficou abaixo de 1.100 pela primeira vez desde 23 de fevereiro.

Já o número de casos subiu para 19.748.960, com 42.256 novos diagnósticos positivos confirmados de ontem para hoje. Os dados são do consórcio de veículos de imprensa, e foram obtidos junto às secretarias estaduais de saúde

Em média, 1.086 pessoas morreram nos últimos sete dias, indicando uma tendência de estabilidade de -14% na comparação com 14 dias atrás. A última vez que este indicador ficou abaixo de 1.100 foi em 23 de fevereiro, quando registrou média móvel de 1.095. No entanto, este índice está acima de mil há 188 dias, indicando que ainda segue em patamares elevados. Durante a chamada primeira onda, a média ficou acima de mil durante 31 dias.

A média móvel é o melhor indicador para analisar a pandemia, porque corrige as flutuações nos dados das secretarias de saúde que ocorre aos fins de semana e feriados. A média dos últimos sete dias é comparada com o mesmo índice de 14 dias atrás. Se ficar abaixo de -15%, indica tendência de queda; acima de 15%, aceleração; entre esses dois valores, estabilidade. 

Treze estados apresentaram tendência de queda e outros dez mais o Distrito Federal se mantiveram estáveis. Rio de Janeiro, Acre e Pernambuco apresentaram aceleração. 

Das regiões, apenas Nordeste e Sul tiveram queda, com -28% e 32%, respectivamente. As demais tiveram estabilidade: Centro-Oeste (-9%), Norte (-13%) e Sudeste .

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados