Roberto Gonçalves
Roberto Gonçalves

Pai e filho suspeitos da pratica de 14 homicídios são presos em Canapi

Sete segundos|

Em uma operação conjunta deflagrada no Alto Sertão, as polícias Civil e Militar prenderam pai e filho, que são apontados como responsáveis por dar início da uma “matança” que deixou 14 pessoas mortas ao longo de 2020, em Canapi. O cumprimento dos mandados de prisão contra os acusados aconteceu na quarta (21), mas foi divulgada apenas nesta quinta-feira.

Pai e filho são acusados de dar início a uma rixa entre famílias pelo comando do tráfico de drogas em Canapi. Eles seriam os autores dos primeiros das série de 14 assassinatos ocorridos em 2020 no município sertanejo.

Os assassinatos, envolvendo membros das duas famílias, tiveram muita repercussão na região, pela brutalidade como foram cometidos, envolvendo emboscadas, sequestros, execuções em que a vítima não teve a chance de se defender, e utilizando armas de grosso calibre.

Maior parte dos crimes aconteceu ainda no primeiro semestre de 2020.

A partir das informações, o delegado de Canapi Rodrigo Cavalcanti e o tenente-coronel Anaximandro Tenório articularam a operação. O acusado mais velho responde como “Senir” e é muito conhecido no município de Canapi. Ele e o filho são considerados perigosos e eram procurados pela polícia desde o ano passado. 

Na última semana, eles teriam voltado à região, deixando a população aterrorizada. A polícia recebeu várias denúncias a respeito do paradeiro deles, devido o medo da população de eles cometerem reiniciarem a série de homicídios.

 

SOBRE O AUTOR

Blog Roberto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados