Roberto Gonçalves
Roberto Gonçalves

Arapiraca e Santana do Ipanema estão com UTIs lotadas de pacientes com Covid-19

Sete segundos |

Conforme boletim, rede hospitalar de Santana está completamente lotada e em Arapiraca restam 10 leitos clínicos

Com a disparada de internações hospitalares de pacientes com Covid-19, os municípios de Arapiraca e Santana do Ipanema iniciam a semana com a ocupação total dos leitos de UTIs exclusivos para pacientes infectados pelo coronavírus. Isso significa que caso um dos pacientes que ocupam leitos clínicos em um dos dois municípios tiver agravamento do estado de saúde, não poderão ser intubados na unidade hospitalar em que estão internados.

De acordo com o boletim de ocupação diária dos leitos Covid divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) divulgado na tarde de domingo (30), no Hospital de Emergência do Agreste e no Hospital Regional Nossa Senhora do Bom Conselho, a ocupação de leitos-Covid é de 100% tanto para a UTI quanto para enfermaria. No município, a única unidade hospitalar que tem vagas para pacientes infectados no Chama. Há três leitos clínicos e outros sete leitos clínicos pediátricos disponíveis, mas nenhum de UTI.

Somente durante o fim de semana, 28 pessoas com problemas respiratórios graves deram entrada no Hospital de Emergência do Agreste.

Em Santana do Ipanema, todos os 30 leitos clínicos e 15 leitos intensivos do Hospital dr. Clodolfo Rodrigues estão ocupados no momento.

A taxa de ocupação hospitalar também está alta nos municípios de de Palmeira dos Índios e em Penedo. No município do Baixo São Francisco, há duas vagas em leitos de UTI, outras duas em leitos intermediários e cinco em enfermaria. Já em Palmeira dos Índios resta apenas uma vaga de UTI, mas há também três leitos clínicos e outros quatro intermediários.

Apesar disso, até o momento não há informação a respeito de pacientes a espera de leitos nessas duas cidades. A taxa de ocupação geral de leitos intensivos é de 92%. A maioria dos leitos disponíveis estão em Maceió. Somadas as vagas de todas as unidades hospitalares da Capital, há 23 disponíveis, enquanto em todo o interior restam apenas dez.


 

 

SOBRE O AUTOR

Blog Roberto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados