Voney Malta
Voney Malta

Com ex-marqueteiro do PT, Ciro que ser outro Ciro para superar Lula e Bolsonaro

Ciro Gomes
Ciro Gomes / Arquivo:internet

Tem quem ainda acredite que na eleição presidencial de 2022 há espaço para um candidato que não seja Lula ou Bolsonaro, esquerda e extrema-direita. Ou seja, que existe espaço para uma terceira via, de centro.

Esse crente é Ciro Gomes (PDT), que já está se apresentando transformado para disputar a sua quarta campanha presidencial. O responsável pela metamorfose é o famoso publicitário João Santana, fundamental nas eleições vitoriosas dos petistas Lula e Dilma.

Em vídeos na internet (veja aqui), o novo Ciro é apresentado mais alegre, sorridente, segurando rosas, símbolo do PDT, com uma nova comunicação para mudar a imagem de político esquentado, e algumas vezes até agressivo e intolerante.

Esse Ciro Gomes repaginado tenta aparecer como um político de centro, busca cativar o eleitor de direita e é crítico duro do que ele chama de "lulopetismo", e acusa o ex-presidente Lula - de quem foi ministro da Integração Nacional de 2003 a 2006 - de ''Maior corruptor da história moderna brasileira'', em entrevista ao Valor.

A nova identidade visual será a última tentativa dele para se eleger presidente, dizem os mais próximos.

A estratégia política também é ocupar o espaço com os eleitores antipetistas que se decepcionaram com Jair Bolsonaro.

Será que vai funcionar?  

 

 

SOBRE O AUTOR

Blogueiro do Cadaminuto

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

Todos os direitos reservados