Foto: Edvan Ferreira/Arquivo
Vacinação em Maceió

A vacinação contra a Covid-19 acontecerá normalmente neste domingo (09), feriado de Dia das Mães, nos oito pontos de vacinação de Maceió. 

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o horário de funcionamento segue o mesmo, das 9h às 16h, nos oito pontos de vacinação da capital.

A imunização na capital acontecerá nos oito pontos de vacinação: drive-thru do Estacionamento do Jaraguá, drive-thru da Justiça Federal (Serraria), Papódromo (Vergel do Lago), Shopping Maceió (Mangabeiras), Shopping Pátio (Cidade Universitária), Praça Padre Cícero (Benedito Bentes), terminal do Osman Loureiro e área externa do Ginásio Arivaldo Maia (Jacintinho).

Hoje (07) e amanhã (08), funcionará o Corujão da Vacina nos drive-thrus da Serraria e do Jaraguá, com horário estendido das 9h às 21h. 

Nesta sexta-feira, começou a vacinação de trabalhadores da saúde acima dos 25 anos e pessoas com comorbidades acima dos 35 anos. No sábado, será a vez dos trabalhadores da saúde acima dos 18 anos e pessoas com comorbidades acima dos 25 anos.

De acordo com nota técnica da Secretaria Estadual de Saúde, é obrigatória a apresentação de comprovante de residência e cópia (que ficará retida no ponto de vacinação) com endereço que comprove residência no Município.

Comprovação

Para comprovar a existência de comorbidades, a Prefeitura pede que o cidadão leve, além do documento de identificação com foto, CPF e original e cópia do comprovante de residência. É exigida ainda original e cópia da comprovação relacionada à comorbidade, que pode ser a prescrição médica para a vacina contendo a condição que justifique a imunização; exames específicos que tenham estabelecido o diagnóstico; relatório médico; ou cadastros específicos no Sistema Único de Saúde (SUS).

Segundo nota do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Alagoas (Cosems/AL), estão definidas como elegíveis à priorização para a vacinação contra a covid-19, conforme o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a covid, os seguintes grupos de comorbidades: diabetes mellitus, pneumopatias crônicas graves, hipertensão arterial em diferentes condições, doenças cardiovasculares, doenças cerebrovasculares, doença renal crônica, imunossupprimidos, anemia falciforme, obesidade mórbida, síndrome de Down e cirrose hepática.

A nota técnica pode ser conferida neste link.

Já o trabalhador da saúde deve apresentar, além de documento com foto e CPF, Declaração de Vínculo Empregatício emitida pelo diretor-geral ou diretor médico, atestando a condição do trabalhador; contracheque atualizado (mês anterior) ou carteira de trabalho comprovando vínculo ativo.

No caso dos autônomos, é necessário apresentar certidão de regularidade do respectivo conselho de classe e um dos seguintes documentos: Documentação comprobatória da condição de Microempreendedor Individual (MEI); Conta de energia de imóvel comercial em seu nome ou em nome de sua empresa; autodeclaração de efetivo exercício da atividade profissional na área da Saúde, acompanhada de três contratos de prestação de serviço ou de três declarações de pacientes, notas fiscais ou contratos de vinculação a planos de saúde privados.

Os cuidadores e assistentes domiciliares e trabalhadores de serviços funerários precisam apresentar Carteira de Trabalho que comprove o vínculo ativo ou contracheque atualizado (mês anterior). No caso dos residentes ou estudantes em estágio é necessária a apresentação da declaração emitida pelo serviço onde o estudante está cumprindo o referido estágio ou residência.

 

*Estagiária sob supervisão da editoria