Foto: Adrianu Santos/Agenda Alagoas
Palmeira dos Índios

A Prefeitura de Palmeira dos Índios anunciou um novo Protocolo de Boas Práticas para fins de prevenção e de enfrentamento à pandemia provocada pela Covid-19, o novo coronavírus. O Protocolo, que será publicado nesta segunda-feira (3), no Diário Oficial do Município, no portal da prefeitura, traz algumas mudanças com relação à publicação passada e entra em vigor a partir desta segunda (3).

O comércio volta a funcionar de segunda a sábado, mas com horários diferenciados: de segunda a sexta das 8h às 17h, e,  aos sábados, das 8h às 16h. Os bares e restaurantes funcionarão com 50% da capacidade total, de segunda a sexta, das 5h às 20h e, sábado e domingo das 5h às 16h. Após esse horário, os estabelecimentos devem permanecer com os serviços de delivery e pegue e leve. As feiras livres ocorrerão às quartas e aos sábados até às 16h.

Academias, centros de ginásticas e clubes funcionam com capacidade reduzida de 30%. Os campos de futebol e quadras de Society também podem exercer as atividades com 30% de capacidade, das 5h às 21h, mas não é permitido o consumo de bebida alcoólica ou qualquer tipo de aglomeração após as partidas, das 5h às 21h, de segunda a sábado, e vedado o funcionamento aos domingos.

Também fica restringido o horário de circulação das pessoas nas ruas e logradouros públicos das 21h às 5h, para evitar aglomerações. Nesse sentido, devem ser interrompidas todas as  reuniões de qualquer atividade social, esportiva ou cultural. “Mas ressalvando o direito de ir e vir das pessoas para o deslocamento de suas residências ou locais de trabalho, assim como os serviços essenciais. Pedimos à população que continue fazendo a sua parte, use álcool gel, máscaras de proteção, faça o distanciamento social e proteja a sua família. Vamos aguardar as etapas da vacinação, até que todo o município esteja vacinado. O vírus continua a fazer vítimas e perdemos muitas pessoas queridas. Lares foram destruídos por causa desta doença e todo cuidado é pouco. Vamos nos proteger e proteger a quem amamos”, alertou o prefeito Júlio Cezar.